Resenha: O Retrato da Condessa, @QualisEditora

20 julho 2017
Sinopse: Ela não sabia o que o destino lhe reservara. Ele não imaginou o que o futuro lhe traria.Num encontro casual, Laura e Vincent veem suas vidas mudarem drasticamente. Passado e futuro se juntam de maneira espetacular, em um amor atemporal.Quando Laura viajou com suas amigas para um hotel charmoso em Londres, não esperava se deparar com um homem elegante e de porte aristocrático em seu quarto.Se Vincent Kildare, Conde de Lilwith, conseguisse usar apenas uma palavra para descrever os eventos que vivenciou, certamente seria “inacreditável”.Dois mundos diferentes, que colidem e resultam num amor que nem mesmo o tempo pode apagar.

Olá pessoal, hoje vamos bater um papo sobre uma leitura leve e divertida que vai acalentar seu momento tedioso!!! Isso mesmo, aquele livro que você devora numa tardinha porque além de ser curtinho você quer saber o que vem a seguir... e a seguir... e a seguir.

O Conde Lilwith, Vincent Kildare, é o solteiro mais desejado daquelas bandas, mas ele obviamente corre do casamento como o diabo da cruz. Ele quer continuar aproveitando sua vida de solteiro, e assim ele o faz. Até que o destino decide pregar uma peça nele, ao chegar numa festa muito pomposa na casa de seu amigo, após ter bebido um pouquinho mais que o aceitável, quando ele se retira para o aposento de hóspedes para se recuperar, ele não fazia ideia de que ajeitar um quadro meio louco o faria dormir no século XIX e acorda no século XXI.
 – Ahhh... Que século você disse? – Perguntou com a voz sumida. – XXI – Ela fez uma voz risonha. – Por quê? Por acaso está achando que estamos no século XIX só por causa das suas roupas engraçadas? Kildare não perdeu o som do riso cristalino da moça, mas seu cérebro terminantemente havia parado de funcionar.

Resenha: O Duelo dos Imortais, @editoraarqueiro

18 julho 2017

Sinopse: Quem são os deuses que regem os caminhos e descaminhos de Amon e Lily, os corajosos heróis da série Deuses do Egito? Por que esses deuses tramam conquistas e vinganças, envolvendo a humanidade em suas maquinações? E por que deixam nos ombros de alguns jovens mortais a responsabilidade pela salvação do mundo?
Antes que Lily e Amon se encontrassem, antes mesmo que o caos dominasse o cosmos e os deuses precisassem de três irmãos corajosos para combater o mal, muita coisa já estava em jogo. Em O duelo dos imortais, vamos conhecer a história dos quatro irmãos que assistiam, com seus poderes especiais, o grande Amon-Rá no governo da Terra:
Osíris, o generoso deus da agricultura, que ajuda os mortais a crescer e prosperar em seu ambiente natural.
Ísis, a linda deusa da criação, que promove a saúde e o bem-estar.
Néftis, a doce vidente, que mantém o equilíbrio entre os seres vivos e o universo.
E por último Seth, o mais jovem, que cresceu desprovido de poderes e desprezado por todos.
Quando, finalmente, os poderes de Seth se manifestam, que efeito sobre a humanidade terá a perigosa mistura de uma infância marcada pela rejeição, uma intensa paixão não correspondida e o incrível poder de desfazer coisas, pessoas... e até deuses?
Romance, traição e vingança são os fios que tecem esta trama surpreendente, cujos personagens imortais despertam em nós os mais profundos sentimentos.
Olá pessoal, hoje vamos conversar sobre esse que é um livro muito necessário a quem está acompanhando a série Deuses do Egito. A série da Colleen Houck é cheia de ótimas referências e obviamente fantasia, assim como na série A maldição do Tigre. Então se esse é seu primeiro contato com a série, entenda que essa é uma série de ficção com o propósito de entretenimento, então há referência corretíssimas, mas há também a fantasia. O livro é bem pequenino é uma verdadeira introdução.
Agora ele estava pronto. Agora estava completo. Seu poder finalmente tinha chegado. E era maior do que jamais esperara. Nada. Ninguém. Poderia desafiá-lo agora.
Aqui conhecemos os 4 grandes deuses que deram origem ao sacrifício a ser cumprido por Amon e seus irmãos. Conhecemos e descobrimos como tudo começou. E obviamente Colleen não perderia a chance de nos fazer ansiar por um amor impossível! Queria saber o que se passa na cabeça dela pra fazer isso com os leitores. A gente sofre até esses casais conseguirem seu felizes para sempre, e o pior é que gostamos da jornada sofrida por eles e ainda queremos mais!! Vai entender leitor.

Lançamentos: Sinceramente, Carter e Honey pela Universo dos Livros

17 julho 2017
Olha eu de novo por aqui 😀 rsrs.
Notícia boa a gente tem que compartilhar e se tratando da Universo dos Livros é impossível não falar...
A UDL é uma das minhas editoras prediletas, e ela está com cada lançamento, que eu estou desejando vários. E os de hoje já estão na lista de desejados. Além de ter amado as sinopses, o que falar dessas capas?  Estão maravilhosas e vão ficar lindas na minha estante 😜.

Depois do sucesso da série Reasonable Doubt, que chegou ao topo da lista dos mais vendidos do The New York Times e do USA Today, Whitney G. Williams nos lança a dúvida: o que acontece quando você se apaixona por seu melhor amigo? Apenas amigos. Somos apenas amigos. Não, sério. Ela é só minha melhor amiga. Arizona Turner é minha amiga desde a quarta série, mesmo quando a gente “se odiava”. Acompanhamos a vida um do outro desde o primeiro beijo, a primeira vez, e somos uma constante na vida do outro quando os bons relacionamentos ficam ruins. Até nossas faculdades ficavam a minutos de distância uma da outra. Com o passar dos anos, e apesar do que dizem por aí, nunca ultrapassamos nenhum limite. Nunca sequer pensei a respeito. Nunca quis. Até que, certa noite, tudo mudou. Pelo menos devia ter mudado… Apenas amigos. Somos apenas amigos. Só estou dizendo isso até descobrir se ela ainda é “apenas” minha melhor amiga.
Ainda não li nada da autora Whitney G., mas sempre vi comentários positivos quanto a sua escrita que confesso que estou bem animada para conhecê-la. 

Pré-venda Saraiva: https://goo.gl/xdnv24

Lançamento: Louca de Chloé Esposito

Oi pessoal!!!
O lançamento de hoje promete viu... Li a sinopse e fiquei mega curiosa.
Já estou desejando lê-lo para saber o que aconteceu para que Beth morresse 😮. Já passou um "filme" na minha cabeça, espero que eu esteja errada rsrs.
Mas sem mais delongas, bora conhecer a capa e a sinopse?

A vida de Alvie Knightly está um caos: odeia o seu emprego, sua vida amorosa não lhe empolga mais e ela passa a maior parte do dia bêbada. A existência de Alvie parece exatamente o oposto da de sua gêmea idêntica, a perfeita, Beth. Enquanto ela passa a maior parte do tempo stalkeando os outros nas mídias sociais, come kebabs no café da manhã e sua companhia mais constante é o seu vibrador, Beth casou-se com um italiano atraente e podre de rico, tem um belo bebê e sempre foi a favorita da família.
Depois de ser demitida e jogada na rua pelos colegas de apartamento, Alvie viaja à Sicília e, assim que chega, Beth pede para trocar de lugar com ela por apenas algumas horas para que ter algumas horas só para si, sem as cobranças do marido e a responsabilidade com o bebê. Alvie se anima com a chance de assumir a existência magnífica da irmã, mesmo que só por pouco tempo. Mas quando a noite termina com Beth morta no fundo da piscina, Alvie percebe que esta é a chance de mudar sua vida. Ela é louca, má, perigosa — e irresistível.

Resenha: Dormindo Com o Irmão Errado, @amazonBR

16 julho 2017
Sinopse: Depois de um rompimento complicado, Melina pede ao amigo de infância Max para lhe dar aulas na arte da paixão. Mas ela acaba tendo uma surpresa quando o irmão gêmeo de Max aceita o desafio. Ardente e doce, esta história tem classificação CCFF ("Calor, Coração e Final Feliz") e envolve uma troca na cama, gêmeos idênticos e lindos, aulas de sexo, jogos de palavras sacanas, parceiros levemente amarrados, uma deusa do sexo tímida que tem medo de ser entediante e um herói playboy determinado a provar que ela tem tudo o que ele precisa.

Olá pessoal, tudo certinho nesse domingo?!? Hoje venho dar uma dica a vocês para essa tarde de domingo. Livro gostosinho para passar o tempo e se apaixonar com muita mágica.

Rhys e Max são filhos de um casal muito famoso de mágicos, gêmeos idênticos adoram confundir as pessoas e saber o que acham do outro, mas existe alguém que eles nunca conseguiram enganar. Melina! Menina livre e totalmente fora dos padrões, sempre amou aos dois, um como irmão o outro como o verdadeiro amor, mas isso sempre foi seu segredo. Ela sempre sonhou com o dia em que seria recíproco, e quando ela achou que este dia tinha chegado ela teve seu coração partido.

Resenha: A casa do Lago, @editoraarqueiro

14 julho 2017
Sinopse: A asa da família Edevane está pronta para a aguardada festa do solstício de 1933. Alice, uma jovem e promissora escritora, tem ainda mais motivos para comemorar: ela não só criou um desfecho surpreendente para seu primeiro livro como está secretamente apaixonada. Porém, à meia-noite, enquanto os fogos de artifício iluminam o céu, os Edevanes sofrem uma perda devastadora que os leva a deixar a mansão para sempre.
Setenta anos depois, após um caso problemático, a detetive Sadie Sparrow é obrigada a tirar uma licença e se retira para o chalé do avô na Cornualha. Certo dia, ela se depara com uma casa abandonada rodeada por um bosque e descobre a história de um bebê que desapareceu sem deixar rastros.
A investigação fará com que seu caminho se encontre com o de uma famosa escritora policial. Já uma senhora, Alice Edevane trama a vida de forma tão perfeita quanto seus livros, até que a detetive surge para fazer perguntas sobre o seu passado, procurando desencavar uma complexa rede de segredos de que Alice sempre tentou fugir.
Em A Casa do Lago, Kate Morton guia o leitor pelos meandros da memória e da dissimulação, não o deixando entrever nem por um momento o desenlace desta história encantadora e melancólica.
Esta resenha pode conter spoilers

Sadie Sparrow, é uma competente detetive que comete um erro gravíssimo e para não perder a carreira ela é obrigada a se afastar de Londres por um tempo. Contra a sua vontade ela vai para a casa do avô na Cornualha e durante uma corrida pelos bosques encontra uma casa abandonada. 
– A casa dos Edevanes – disse Louise em voz baixa. – Loeanneth.O nome, quando pronunciado, tinha aquela qualidade mágica e sussurrante de tantas palavras córnicas e Sadie não pôde deixar de se lembrar da estranha sensação que os insetos lhe deram, como se a própria casa estivesse viva– Loeanneth – repetiu.– Significa “casa do lago.

Lançamento: Não Me Esqueças De Babi A. Sette

13 julho 2017
Oi pessoal!
Tem mais um romance de época lindo da diva Babi A. Sette chegando... A autora está de casa nova, e Não me Esqueças será publicado pela Verus Editora em agosto 😍.

Em um cenário de contos de fadas, Babi A. Sette convida o leitor a mergulhar em um mundo novo, repleto do encantamento que somente um amor de almas gêmeas pode realizar. Aos vinte e um anos, Lizzie deveria estar empenhada em fisgar um noivo e finalmente se casar. Entretanto, após uma decepção amorosa, o coração da jovem só palpita por sua grande paixão — os estudos sobre o povo e a cultura celtas. Esse interesse faz com que ela troque os concorridos salões de baile de Londres pelas estradas desertas e sinuosas das Highlands escocesas. Ali, ela conhecerá Gareth, o enigmático líder do clã que vive no local mais remoto e bucólico da Escócia. Envolto em uma aura de mistério, ele luta para manter suas tradições, seus segredos e, principalmente, seu povo em segurança.Enquanto o austero Gareth tem a vida toda sob controle e resiste a mudanças, Lizzie está muito entusiasmada com suas explorações e descobertas. Porém a vida de ambos é alterada de maneira inexorável quando uma fatalidade transforma a tão sonhada aventura de Lizzie em pesadelo. Vindos de mundos tão diferentes, mas unidos por uma atração irresistível, Lizzie e Gareth vivem uma paixão proibida e desafiadora, sem saber que finalmente poderão encontrar aquilo que só ousavam buscar em sonhos.