Amores Olímpicos: Contos Para Incentivar Seu Amor Ao Esporte

20 agosto 2016
Olá pessoal, hoje vou falar para vocês sobre a série Amores Olímpicos da M. S. Fayes.

A autora escreveu até o momento quatro pequenos contos inspirados em modalidades olímpicas para nossa alegria, e eu vou falar um pouquinho de cada um para vocês.



Natação: Clark é o Atleta australiano de ponta, ele é a grande esperança de medalhas de ouro para sua equipe, mas ele terá que deixar Anya, sua esposa grávida para trás. Como ela precisa de repouso durante o período final da gestação ela não poderá acompanha-lo e isso realmente o está deixando estressado. Como a equipe a qual você faz parte é de certa forma sua família o técnico prepara uma surpresa para relaxar seu atleta, mas será que ele vai gostar? O que será que ele pensará e como reagirá ao inesperado?



Ginástica: Adam teve uma séria lesão no ombro, mas o técnico da equipe americana não dá folga aos seus atletas nem que isso seja uma recomendação da equipe médica. Então Danika, que originalmente é responsável pela equipe feminina, terá que cuidar dele. O que eles não sabem é que a atração é mútua. E num momento de impulso Adam externa a sua dúvida sobre o comportamento de Danika com ele, e a partir daí eles descobrem que nenhum dos dois passou tão despercebido assim, mas o que fazer quando você faz parte da equipe médica, se desentende com o técnico e é apaixonada pelo atleta?



Volei: Giovanni, ou Gio como ele é chamado, é o atacante da equipe italiana, o epítome da lindeza num pacote de 1,98m de tirar o fôlego. Quando ele conheceu Mari, a levantadora da equipe brasileira há um ano ele se apaixonou perdidamente, correu atrás e eles acabaram ficando juntos. Mas Gio esqueceu de um pequeno detalhe, ele era noivo de uma bela modelo francesa. Agora nas olímpiadas e depois de não a ter encontrado nenhuma vez durante esse ano ele a vê e fica enlouquecido pois ela não olha nem uma vez em sua direção. Será que eles conseguirão resolver as pendências passadas? Será que Mari vai perdoar Gio pelo que ele fez? E será que eles conseguirão enfim se acertar?



Ginástica Rítmica: Aleksandra, aleka como é chamada por todos, é a estrela da equipe da Bulgária. Já ganhou várias medalhas, é uma atleta completa, mas com uma relação familiar um tanto conturbada. Em contrapartida ela tem Damyan em sua vida, que é quem transmite energias positivas, alegria e todo o amor que ela não encontra em sua casa. Apesar de novinha, Aleka sabe que essa será sua última competição, principalmente por conta de uma lesão. Agora sua busca é pelo ouro para provar a si e a sua mãe que ele é sim uma atleta de ponta e que merece o reconhecimento por todo trabalho já realizado. E no que depender de Damyan ela terá o ouro sim, e não será só na medalha.



Esses foram os quatro contos lançados até o momento, e você os encontra no perfil da autora no ISSU, clique AQUI e leia você também! Dizem as más, ops, boas línguas que teremos mais três... 

Assim sendo, teremos mais uma postagem especial sobre eles na próxima semana!


Até mais.

Nenhum comentário

Postar um comentário