Inspiração, @EditoraCharme

03 agosto 2016
Sinopse:
““A música nos envolvia numa sensualidade alucinante.” 
Para Layla Bonatti, não havia pessoa mais importante do que o seu irmão, Lucas. Após sucessivas perdas, tomou a responsabilidade de criá-lo como um filho e teve que deixar de lado seus sonhos, anulando a própria vida para que pudesse educá-lo da melhor maneira. 
De suas paixões perdidas, apenas uma lhe restou: a música. Com ela deixava que seus sentimentos transbordassem em forma de canção. 
Mesmo depois de anos, o medo de perder alguém que amava ainda assombrava seu coração, assim decidiu não se envolver com ninguém. Porém, ela não contava com as surpresas do destino: um amor que abalaria suas convicções, um desejo irresistível capaz de desmoronar suas barreiras. 
Com o fantasma do passado ainda presente, Layla terá que lutar com seus medos para poder viver integralmente esse sentimento. Será que, apesar de toda a dor, poderá finalmente abrir o seu coração para um intenso romance? ”
Layla Bonatti teve muitas perdas na sua vida, a morte prematura de seu pai, quando ela e seu irmão ainda eram crianças abalou todas as estruturas de sua família, a mãe que viveu um grande amor com seu pai não teve forças de prosseguir vivendo com essa grande perda, deixando o peso da criação de Lucas para Layla que não tinha idade nem para cuidar de si mesma. Quando o corpo de sua mãe não resistiu mais e sucumbiu ao cansaço indo de encontro ao marido, Layla e Lucas se veem completamente sozinhos, e ela assume a responsabilidade dele como seu filho não deixando que nada lhe falte, mas abdicando de todas as suas vontades e sonhos.
“Abracei seu corpo gordinho e fiz uma promessa a mim mesma: iria cuidar do meu irmão para sempre. No velório do meu pai, deixei de ser a irmã mais velha para virar a mãe daquele garotinho doce em meus braços. Afoguei minha própria dor e sorri.”
Depois de 15 anos, eles conseguem viver bem, tem o amor um do outro que os fazem suportar os desafios diários, Lucas estudante de medicina, e Layla trabalhando em um escritório de advocacia e cantando em um bar as noites, o Beer, lá ela realiza o que verdadeiramente ama. Desde pequena seu sonho era cantar, com a música Layla consegue se expressar verdadeiramente, colocando em sua voz todos os seus sentimentos, isso é o que restou de seus sonhos e as noites no Beer é onde encontra sua felicidade.

Numa noite Lucas acorda Layla com dores abdominais muito fortes, e logo correm para o hospital lá o primeiro atendimento é realizado e ela se vê desesperada ela não pode se imaginar perdendo a única pessoa que tem em sua vida, contribuindo para seu total desespero Lucas precisa ser operado imediatamente mas seu convênio não cobre as despesas do tratamento, mas antes que ela se veja sem solução, como se fosse um milagre divino, um médico se sensibilizou com o caso de Lucas e assumiu as despesas da cirurgia.
“Deixei meu corpo relaxar, já que meu irmão estava bem. O terror que invadiu meu coração com a ameaça que fosse algo sério quase me sufocou. Se eu o perdesse também desconfiava que não teria forças para prosseguir, pois doía só de imaginar. E era por esse motivo que não poderia me envolver com ninguém, era arriscado demais.”
Layla nunca se sentiu tão grata em sua vida como naquele momento, e seria grata a esse médico pelo resto de seus dias, poderia ela conhecer-lo para demostrar sua gratidão? Talvez o destino estivesse reservando algo bom para ela afinal. Passado meses, Lucas recuperado da cirurgia e Layla seguindo sua vida não esperava que em uma apresentação no Beer um acontecimento promete virar sua vida de cabeça para baixo.


Bruno Petri é um médico dedicado, para ele seus pacientes estão sempre em primeiro lugar, os tratando com humanidade. Mas em sua vida pessoal ele não mantem essa mesma conduta, o médico gato é um galinha de primeira e vive se enroscando com mulheres não levando a sério nenhum relacionamento, ele gosta de não ter nenhuma mulher para lhe atormentar, então ele assim como outros médicos, seu amigo de faculdade Alberto por exemplo, prefere encontros casuais com outras médicas ou enfermeiras, nada que seja necessário dedicar tempo.

Afinal ele já tem mulheres demais em sua vida, com uma família com quatro mulheres, sua mãe e mais três irmãs, ele não podia ter sua vida mais vigiada, mas consegue manter certa distância por morar sozinho e um pouco distante delas, mas a sua paz que ele tanto aprecia está a um passo de chegar ao fim, sua irmã caçula, Sabrina está vindo morar com ele, com um coração partido ela preferiu sair de onde morava com a mãe para passar a atormentar o irmão.

Em uma noite em que o que ele mais precisava era de paz aceitou o convite de seu amigo Alberto para uma noite no bar, o Beer, onde seu amigo gostava de ir, mas o que ele viu quando chegou lá tirou o chão dos seus pés, ele tinha certeza de que havia um anjo no palco cantando, a voz da garota o encantou de uma tal maneira que ele sentiu parte de suas defesas e reservas caírem naquele exato momento, ele estava encantado pela beleza dela, e de uma coisa ele tinha certeza ele precisava daquele mulher.

Acabada a apresentação, Layla foi em direção ao seu camarim afim de arrumar as suas coisas para ir embora, mas a surpresa que teve foi de sentir sendo arrebatada por um homem lindo de olhos azuis que lhe roubou um beijo e seu fôlego, sem saber como agir entre simplesmente socar Bruno que tivera uma atitude audaciosa ou de corresponder ao beijo delicioso ela se vê pela primeira vez perdida em meios a sentimentos conflitantes.
“Fiquei observando Layla se afastar, ela parecia furiosa. Mas era linda até emburradinha. Quando sumiu na esquina, balancei a cabeça com um sorriso no rosto. A mulher era o paraíso. Não resisti, tive que beijar aquela boca vermelhinha. Eu podia me perder naquele corpo. Quando a vi cantando, com aquela voz rouca, parecia um anjo. Fiquei enfeitiçado. Essa insistência de não me querer, sua negação, abanou uma bandeira de desafio na minha frente. Logo eu, um cara que nunca deu as
costas para um desafio.”
A atitude de Layla deixa Bruno mais intrigado e com uma determinação ele decide que vai conquistar a moça e insiste nas investidas para cima dela, que claro, se deixa levar mas mantém todos os muros erguidos em sua volta, ele passa a visitar o Beer com frequência, e consegue olhares dela, em uma noite diz que vai vê la novamente e vem com Sabrina, naquele dia em especial Lucas estaria com ela, os dois que estavam distantes nos últimos dias e resolvem cantar uma música juntos, e depois do show os três passam horas conversando e pela primeira vez em anos Layla se sente como se fosse possível se divertir.

Lucas e Sabrina engatam em uma amizade, enquanto o carinho de Bruno e Layla só tende a crescer, pela primeira vez em suas vidas ela sente que não está mais sozinha, e isso ao mesmo tempo que a enche de felicidade a assusta, Bruno enfim parece ter encontrado seu grande amor, seu anjo, e decide assumir essa relação com Layla. 
“Foi o paraíso estar em seus braços, mas alguma coisa aconteceu comigo. Meu coração estava apertado e senti meus olhos se enchendo de lágrimas. Não conseguia entender por quê. Tinha sido tudo tão bom, ele foi gentil e atencioso. Não havia motivos para tristeza ou arrependimentos.”
Porém as inseguranças de uma mulher que esqueceu de si mesma durante quase toda a sua vida, poderão atrapalhar o lindo amor que nasce ali, mesmo Bruno sendo um cavaleiro, gentil, paciente, amoroso, ela ainda se vê resistente, sentindo se culpada em alguns momentos, e isso poderá por um fim a relação que os dois estavam tentando construir.

Poderá assim como o destino os fez se conhecer, ser capaz de manter os dois unidos, mesmo em meio a tantos percalços nos caminhos? O anjo de Bruno se deixará levar finalmente e se permitir se amar e deixar ser amada?
“Se lembra daquelas paredes que construí? Bem, querido, elas estão desmoronando E elas nem sequer resistiram à queda Elas nem sequer fizeram barulho Encontrei uma maneira de te deixar entrar Mas na verdade nunca tive dúvida De pé em frente da luz da sua auréola Consegui o meu anjo agora
Halo - Beyonce”
Eu tenho uma coisa a dizer, eu simplesmente amei Inspiração, amei não só por causa do casal central da história, Bruno e Layla, que vamos lá é um casal maravilindo, Bruno é o médico que eu pedi aos céus, rs, e Layla tão forte, tão linda, integra, mas amei inspiração ainda mais pela relação de Layla com Lucas, entenda a Gisele criou um laço tão lindo e forte entre os irmãos que eu me encantei ainda mais por todo o enredo, a relação deles me lembra muito minha relação com meu irmão e isso me tocou profundamente, meu coração trasbordou amor por eles.

Layla é uma cantora maravilhosa, ok, nunca escutei ela cantar, mas gente minha imaginação flui que é uma beleza, as escolhas das músicas foram perfeitas, amei amei amei, e confesso que quando terminei coloquei HALO da Beyonce no repeat, escutei sem cansar, que cena linda!!!!!!

Bruno é meu médico preferido, eu querooo pra mim, eu nunca vi um bad boy lindo igual esse, gentil, compreensivo, paciente, ah, acho que estou amando gente, e as cenas HOT  dos dois, ulálá, deu calor agora, perfeitas, detalhadas sem vulgaridade.

O livro é escrito tão fluidamente e cheio de cenas gostosas, que você não quer largar e sente saudades quando vê que já acabou, porque a leitura passa tão deliciosa que você nem vê passar.

Então se você quer ler um livro romântico, se divertir enquanto lê e ainda sentir amor brotar no peito, leia Inspiração da Gisele Souza, você não irá se arrepender, e ah, esse é o primeiro da série, então se prepare para mais amor!

Para Layla e Bruno que teve um amor que nasceu em meio as notas musicais, dou 5 notas.



Um grande beijo e até loguinho!

Ficha Técnica:Autor: Gisele Souza
Editora: Editora Charme
Ano:2016
Paginas: 320
Sbook: Inspiração

Um comentário

  1. Olá, tudo bem?
    Primeiro gostaria de dizer que adorei o seu cantinho! Muito bonito mesmo ♥
    Sobre o livro, parece ser um romance bem envolventes, daqueles que não queremos largar mais!
    O que mais me chamou a atenção foi a relação entre os irmãos, que vc descreveu. Assim como você, tenho uma conexão muito forte com a minha irmã e ver essa relação entre irmãos ser bem trabalhada em uma obra, deve ser muito interessante e bonito.
    Abraço!

    http://bloghistoriasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir