Resenha: Encantada Por Você, @univdoslivros

14 agosto 2016
Sinopse: O que acontece quando você se apaixona pelo guitarrista mais assediado e garanhão do momento? Essa é a história apaixonante e encantadora que fecha a série After Dark com chave de ouro. Nos três primeiros livros da série, conhecemos os fascinantes encontros e desencontros dos casais Daniel e Julie, Zach e Johanna, e Rafe e a doutora Jenny. Mas faltava ainda um par nessa grande família… Alan é um rockstar com um passado que preferia esquecer, e que o fez prometer a si mesmo não mais se envolver profundamente com ninguém além de seu irmão Jude. Livy, uma garota do interior em meio à cidade grande, caiu no charme de Alan uma vez, mas recuou quando percebeu que ele não buscava nada além de diversão. Só há um problema, porém: nenhum dos dois consegue parar de pensar no outro. O que só fica mais forte quando Livy é escalada para uma difícil missão: acompanhar a turnê da The Band para tentar colocar um pouco de juízo na cabeça dos músicos fascinados pela vida boêmia da estrada. Será que Alan conseguirá vencer seu trauma, de maneira a vivenciar um sentimento que jamais nutriu por uma mulher, ou vai preferir continuar sua fuga eterna em noites de prazer infindável e fútil? E Livy, conseguirá superar o desapontamento com a sedução vazia de Alan e cuidar das profundas feridas remanescentes de seu passado?

Hello pessoas, sei que hoje normalmente não é dia de resenha, mas essa precisava sair o quanto antes por dois motivos: Primeiro eu amei o livro, segundo a ansiedade para contas para vocês estava me consumindo. Então falarei do quarto livro da série After Dark, prefiro pensar que não será o último desse universo, mas isso é assunto para depois. Ah lembrete, se você não leu os outros livros da série, essa resenha contém spoilers!

Antes de tudo quero dizer a vocês que se você gosta de referências externas nos livros esse é recheado delas, mas o mais lindo de tudo é a referência a uma das histórias mais lindas que já conheci, passa o tempo e nunca perde sua beleza e sua essência: O Mágico Oz. Só posso dizer que essa é uma resenha extremamente passional sim, minha opinião está completamente entorpecida pelo desfecho MARAVILHOSO de uma das melhores séries nacionais que já li, me acompanhem!

Alan sempre foi um pegador, sempre soubemos que ele assumiu a criação de Jude muito novo, mas não conhecíamos os detalhes dessa situação, o prólogo do livro nos conta isso e aí já começa a nossa tortura... Autoras malvadas, estamos de olho!!

Vou cuidar de você para sempre – Abraço-o mais forte a caminho do quarto e me deito com ele na cama apertada, dividindo o espaço com um coelho de pelúcia sem uma das orelhas.
Livy é a criatura mais doce e inocente dessa trupe, apesar de trabalhar com Jo, que é um furacão humano e dona do coração do Thor, ops, do Zach, não passa nem perto do temperamento “femme fatale” dela. Vinda do interior do Kansas é literalmente a Dorothy moderna. E para confirmar isso é caidinha pelo Alan, mas não faz ideia do que fazer com ele, então se mantém afastada, mesmo que em um momento bem recente ela tenha achado que seu sonho encantado se realizaria.

Mas, também olhe para mim. Um cara como ele nunca iria querer ficar comigo. Ficar comigo de verdade, sabe? Como Danny e Julie, Zach e Jo, Rafe e Jenny... Até você e Bem.
Mas como as coisas não saíram como o planejado para nenhum dos dois, ela ficou em Los Angeles se lamentado e ele em turnê com sua banda, a The Band, e não conseguindo esquecer a ruiva. Para tentar resolver viver na baderna só bebendo e pegando qualquer uma, com isso o futuro da turnê e da banda estão comprometidos, e aí com a Jo grávida quem precisa assumir a função de solucionadora é a doce Livy! Sério?? Isso não vai dar certo.... Aí começam as surpresas...



Livy está muito enrascada com essa atribuição, mas ela saiu do Kansas para conquistar o mundo, nem que seja só o dela, então ela escala o melhor BFF de todos para ajudá-la na missão bagagem para turnê: George!!! Esse é o amigo que todos nós precisamos sério. Se você que está lendo isso ainda não o conhece, pode parar tudo e começar a ler a série só para ter o prazer de conhecer o melhor personagem, apesar de suas aparições espaçadas, George é fundamental em todos os quatro livros!

De mala pronta, ela vai encontrar com os marmanjos da The Band e aí qual não é sua decepção em encontrar Alan enroscado em duas groupies e a casa em estado de miséria. Ela toma uma atitude que eu jamais imaginei e coloca todo mundo em seu devido lugar estabelecendo limites de convivência na casa e regras rígidas às duas bandas. Que orgulho dessa menina! Tudo estava indo muito bem até ela ter um grande desentendimento com Alan por um grande equívoco e o clima volta a ficar estranho... Nada mais normal já que os dois são atraídos um pelo outro e nada fazem a esse respeito.



Quando eles definitivamente decidem ficar juntos, tudo estava caminhando para ser perfeito, um pequeno detalhe, deixa o lambedor apavorado e faz com Livy desista de vez de ficar com ele. Mas obviamente eles conseguem encontrar um equilíbrio e começam a enfim investirem em solidificar a relação “amigável” deles, a turnê vaia para o Kansas e claro que Dorothy, ops, Livy vai visitar sua família e convida Alan a acompanha-la, juro que achei que aí começava a treta, mas nem... Ele foi de boas e tudo estava indo muito bem até o primeiro encontro com os irmãos dela. Lá sentindo-se feliz, mas ao mesmo tempo melancólico e com saudades de Jude, ela acabou desabafando toda a sua luta para cuidar do irmão, as circunstâncias em que isso se deu e ganhou de vez um lugar no coração de toda família.

Minhas costas ficam coladas em seu peito firme e seus braços estão ao meu redor. Seu queixo apoia no alto da minha cabeça e ele suspira. – Obrigada pelo quê? – Pergunto baixinho sem me mover. – Por me permitir conhecer a estrada de tijolos amarelos.
Depois desse longo período de Turnê, Alan e Livy retornam para Los Angeles. Ele morrendo de saudades do irmão, vai direto para a casa de Rafe e Jenny, logo fica bobo de ver o quanto seu irmão cresceu e como está amadurecido. A vida parecia boa, tudo estava indo como Alan jamais imaginou, até que o passado veio cobrar seu preço, e a primeira reação dele é espantar quem mais ele ama nesse momento Livy. Quando ele se dá conta da grande besteira é um pouco tarde. Mas quando o passado vem cobrar um preço que ele não deve, e ameaça a tirar dele a única pessoa que foi sua família o que ele deve fazer? Pedira ajuda ao melhor e único BFF... E aí eu realmente me apaixonei novamente por cada personagem.

A cumplicidade, o amor e a lealdade deles é tocante. É bom lermos coisas tão boas. George e Bem vão dar o tão sonhado passo para oficializar a relação deles e nos contemplam com uma das melhores coisas que podemos fazer por alguém. Temos momentos de muita emoção e é impossível passar incólume por esse desfecho! Não consegui sequer pensar em um desfecho tão lindo.

Você me tem em suas mãos Louco, Apaixonado, Fascinado, Encantado por você.
Cinco notas musicais para a The band e ao seu casal. Esse com certeza é um dos livros favoritos do ano!




Ficha Técnica:
Autor: A. C. Meyer
Páginas: 400
Editora: Universo dos Livros
Ano: 2016
Skoob: Encantada Por Você


Um comentário

  1. Amei a resenha, Anastacia!
    Fico mto feliz em saber que Encantada por você superou suas expectativas e que já é uma das melhores leituras do ano, para você. Obrigada pelo carinho e apoio de sempre! Beijão!

    ResponderExcluir