5 semanas de música, @editoraangel

28 setembro 2016
Sinopse:
“Desde que o viu pela primeira vez, Camila não conseguiu parar de pensar no cara frio e insensível de lindos olhos azuis que era vocalista na banda de seu irmão gêmeo. Essa paixão se tornou um problema quando Mila tirou férias do trabalho e foi passar um tempo com o irmão e a banda. Cinco semanas era o tempo que ela tinha para desvendar os mistérios de Bernardo. Seria ele capaz de derrubar seus muros e deixar Camila entrar, ou se manteria envolto em sua casca de rancor e culpa, deixando que o passado ditasse seu futuro?”

Quando peguei o livro da Karen nas mãos aconteceu que eu não consegui mais largar até que li a palavra fim, a história dos integrantes da banda Wild Boy e da Camila nos prende e não nos deixa largar até sabermos o final dessa trama que é recheada de amizade, companheirismo, amor, família.

Caio e Camila são irmãos, os dois perderam seus pais muito cedo, e isso os tornou mais próximos do que já eram por serem irmãos, um elo que perpetuou o tempo, Caio com muita dedicação e na companhia de seus amigos Lyon, Greg e Bernardo formaram o grupo musical Wild Boy que aos poucos foi ganhando notoriedade é hoje estava fazendo um sucesso tremendo.

Camila se dedicou aos estudos de enfermagem e morava em seu apartamento, seu coração apertava de saudades do irmão a única família que ela ainda tinha, mas que por força dos compromissos acabava por ver menos do que gostaria.

Mas quando Mila sai de férias a primeira coisa que ela faz é correr para falar com o irmão e passar essas 5 semanas que tem em sua companhia, ele é claro fica eufórico em saber que vai poder ficar com a sua maninha e logo a convida para passar essa temporada com ele e os meninos da banda, pois eles estão em momento de gravações.

E aí está um grande dilema para Mila, ela vê Lyon e Greg como se também fizessem parte de sua família, porém Bernardo, este sempre foi o seu grande amor. Desde o início da amizade dele com seu irmão ela nutriu essa paixão, que infelizmente nunca foi correspondida, ao contrário ele tinha um jeito brusco de trata-la, como se não deseja se que ela fizesse parte de sua vida mesmo que indiretamente.

“Respirei fundo, tentando controlar minha ansiedade. Eu ainda forçava minha mente a acreditar que, dentro de poucas horas, eu estaria em Hilton Head. Na casa do Bernardo. Eu sinceramente não achava aquilo uma boa ideia, mas era isso ou passar as férias sozinha e sabia lá Deus quando veria meu irmão. A banda estava indo de vento em popa, o que me deixava orgulhosa e feliz, mas ao mesmo tempo triste pela falta que meu irmão fazia em minha vida.”


E como ela esperava ao rever seu irmão foi a melhor sentimento que ela poderia sentir em meses, foi recebida de braços abertos pelos integrantes da banda, mas a única pessoa de quem Mila gostaria de receber toda a atenção foi a única que não se deu o trabalho nem de direcionar um olhar a ela. A rejeição de Bernardo machucava Mila, e ela não conseguia entender de forma alguma do por que ele se tornava aquela pessoa fechada diante dela.

“...resolvi escorregar escondida para a praia, ainda sentindo suas palavras rudes. Eu só podia pensar em uma coisa: que aquelas seriam as férias mais difíceis da minha vida! ”

Bernardo jamais negaria algo ao seu amigo Caio, aqueles meninos eram tudo o que ele tinha na vida, seu passado era algo que estava enterrado assim como sua família, Lyon era o único que sabia de seus conflitos internos, então quando Caio disse que Mila viria passar essa temporada com eles, ele disse que tudo ok, mas ele não imaginava a tortura por que teria que passar.

Ele era apaixonado por aquela menina desde sempre, e as merdas do passado o impediam de seguir, o impediam de tentar fazer aquela menina feliz ao invés de trazer lágrimas aos olhos dela a cada momento em que ele a rejeitava, era difícil demais viver com tantos conflitos dentro de si mesmo e ele estava perdido, completamente perdido por aquela garota.

“Camila era tudo aquilo que eu não merecia, mas, desde a primeira vez em que a vi, senti-me conectado a ela de uma forma estranha e eu sempre me forçava a barrar tudo aquilo, a mantê-la longe de mim. Eu não podia sentir nada que fosse positivo. Eu não merecia nada que fosse positivo. ”

Mila não pode desistir de seu amor, então entre as gravações de músicas, os momentos partilhados com os meninos ela tenta aos poucos ir se aproximando de Bernardo, tenta se conectar com ele, e uma ou outra barreira ela consegue baixar, mas não o suficiente para que ela possa entrar.

Mas quando duas almas se pertencem o universo simplesmente conspira a favor, e Bernardo precisa dos "serviços" de enfermagem de Mila quando o mesmo fica com pneumonia, as coisas que antes eram insuportáveis entre os dois, começam a parecer mais tolerável, até que todos têm uma grande surpresa com a chegada de uma pequena pessoa para dentro de suas vidas.

Bernardo não acreditava no que estava vendo, ele não podia acreditar na realidade da carta que acabara de ler, nem que aquela garotinha com grandes olhos que o observavam era sua filha, Alice. Ele que sempre fora um cara sem se relacionar com mulheres, as merdas do seu passado não permitiam que ele conseguisse, uma única vez, tinha tido este fruto, e ele estava perdido.

Com um milhão de sentimentos conflitantes, e com todos eufóricos com a chegada dessa pequena integrante a rotina de todos é alterada e Mila toma Alice como se fosse uma causa sua, o que aproxima mais o casal que há anos viam lutando contra aquilo que sentiam.

Mas existirá um amor tão poderoso que assim que todas as partes obscuras de um passado forem postas em mesa poderá resistir? Poderão finalmente trilharem um caminho juntos? Ou a vida fará o que sempre fez de melhor com eles e lhes dar uma grande rasteira?

 “Quando eu entrara em férias do hospital havia quase um ano, eu viera para cá com medo de ser mal recepcionada e sair com o coração quebrado. Entretanto, eu só fora presenteada com o amor da minha vida”

Sabe o amor? O livro simplesmente transborda amor, estou acostumada com histórias cheias de dramas que nos leva numa montanha russa que chega a assustar, mas Bernardo e Camila, eles são tão reais, e mesmo sendo tão difícil para o amor alcançar eles, eles nos fazem sorrir o tempo inteiro.

Karen querida, você simplesmente escreveu uma história deslumbrante que me fez sentir abraçada por amor de todos os lados, Parabéns, e por favor me dê história dos outros lindos meninos....

Para 5 semanas de música dou 5 notas musicais.



Um grande beijo e até loguinho.

Ficha Técnica:
Autor: Karen Dorothy
Editora: Angel
Páginas: 186
Ano: 2016

Um comentário

  1. Que resenha maravilhosa!!!
    Fico imensamente feliz que tenha gostado tanto da história. Em breve pretendo trazer a história de mais um dos meninos, sim hehe ♥

    ResponderExcluir