Resenha: Lead, @univdoslivros

13 setembro 2016
Sinopse: Embarque em mais uma aventura com os roqueiros sensuais de Stage Dive, a série New Adult de Kylie Scott, autora best-seller do The New York Times.
Como vocalista da banda Stage Dive, Jimmy sempre teve tudo na hora que quis, fosse bebida, drogas ou mulheres, até que a destruição de sua reputação na mídia serviu de alerta e o conduziu à reabilitação. É neste momento que Lena surge em sua vida.
Contratada para ser a assistente que tem como missão mantê-lo longe de problemas, ela não planeja aguentar desaforos do sensual roqueiro, e está determinada a manter a relação em nível estritamente profissional, apesar da química efervescente entre eles, até que Jimmy vai longe demais e Lena vai embora. Isso o faz perceber que talvez tenha perdido a melhor coisa que já lhe aconteceu.
Sobre a autora: Kylie Scott é uma autora best-seller do USA Today e do The New York Times. Foi eleita escritora do ano em 2013 pela Australian Romance Writer’s Association e seus livros já foram traduzidos para vários idiomas. É fã de longa data de romances eróticos, rock and roll e filmes de terror lado B. Ela mora em Queensland, na Austrália, com o marido e seus dois filhos.

Olá pessoal, quem aqui é fã da Stage Dive??? Bom eu aodro livros que tenham bandas, sempre acho sensacional conhecer o ponto de vista de cada autor para esse mesmo universo, sou sim fascinada se tem história e música, é o suficiente para eu gostar de pelo menos metade do conjunto!

Então se você conhece a série (se não conhece fique sabendo) Jimmy Ferris é um grande babaca, sério no primeiro livro, Lick a vontade que eu tinha era de entrar lá e dar umas boas bofetadas nele. O cara tinha problemas sérios com álcool e drogas até que topou ir para a famosa “Rehab”, depois disso ele precisava definitivamente de alguém que ficasse por perto de olho nele, já que seu irmão David e o amigo Mal estavam comprometidos e com suas vidas encaminhadas, Ben não podia por motivos de ser mole demais (risos), então Lena entra em ação.

Lena fugiu de sua família porque não conseguia ficar no mesmo ambiente que sua irmã, exemplo de perfeição, enquanto ela sempre foi meio torta. Mas a cereja do bolo foi descobrir que seu ex namorado estava de caso com sua irmã e agora estavam noivos. Com um longo histórico de relacionamentos ruins e com caras aproveitadores ela decidiu que não precisava de mais drama em sua vida, e resolveu dar um tempo de homens, certo gata isso vai dar super certo, principalmente quando você trabalha para uma banda de Rock onde o vocalista é o sonho molhado mulheres e homens.

Como Jimmy estava precisando de um assistente e nenhum conseguiu sobreviver ao seu terrível temperamento, Mal (sempre ele) tem a ideia de que, Lena, seja a melhor opção já que ela não costuma levar desaforo para casa. De início ela acha que isso não será uma boa ideia, já que aquele homem mexe com ela, mas o dinheiro vale a pena e é uma coisa temporária, então ela topa arriscar.

Realmente lidar com Jimmy não é fácil, ele tem muitos fantasmas e muitos segredos em sua vida, mas Lena aguenta firme, a trancos e barrancos ela vai conseguindo quebrar as paredes de dele e consegue estabelecer uma relação de amizade. Aí ela cai na asneira de dizer que gosta dele e pede demissão. Como ele também não quer ficar longe dela, ele vai ajudá-la a superar o que ele chama de paixonite.

Do outro lado da mesa, Jimmy deu um sorriso malicioso, seguido por um olhar de “o que você esperava?”. Devolvi com minha encarada de “seu babaca, que desnecessário e escroto da sua parte”. Nós tínhamos uma excelente comunicação não verbal. Maravilha.

A partir desse momento se você ainda não deu boas risadas na interação deles dois, se prepare para rir quando ele começar a atrapalhar os encontros dela. Primeiro com Ben, que está achando tudo muito engraçado e depois com Reece, que até vai no encontro com ela, mas obviamente é apaixonado por Anne. Até que chega a vez de Dean, que faz parte da equipe da Stage Dive e Lena acha que pode sim superar a paixonite por Jimmy.

Quando os dois se dão conta que não vai rolar, ele definitivamente encontra a solução para o problema deles, pegação entre eles sem qualquer vínculo... Cara, qual a probabilidade de isso dar certo?? Nenhuma né??? Foi o que eu pensei, mas confesso que estava gostando deles nessa animação toda, até a Lena abrir a boca e falar aquilo que Jimmy não estava preparado para ouvir.

Gente que doloroso o rompimento desses dois, fiquei desolada... Achei que ele foi tão cretino e tão covarde. Ela brigou por ele, lutou por ele (sim, são duas coisas distintas, e se vocês lerem o livro entenderão) se solidarizou com ele e depois recebeu a frieza e o desprezo tão famosos de Jimmy Ferris... Olha nesse momento eu quase desisti, não fiz isso porque obviamente já estava próximo do fim e porque eu sabia que a redenção seria perfeita... Ou quase!!!

Jimmy certamente não tinha perdido tempo. Ele partiu meu coração, me botou pra fora e voltou a ser o bad boy do Rock’n’Roll.

Ele até teve que suar, mas foi pouco. Pela personalidade destrutiva dele eu achei que redenção dele foi muito fácil, em contrapartida a Lena é até o momento uma das melhores personagens da série. Adorei o livro.

E essa é a história de como minha irmã se casou com meu o idiota do meu ex-namorado, enquanto eu fui para casa com o homem mais bonito do planeta, Jimmy Ferris, o vocalista do Stage Dive.

Quatro notas musicais para o vocalista bad boy da Stage Dive!!


Ficha Técnica:
Autor: Kylie Scott
Páginas: 368
Editora: Universo dos Livros
Ano: 2016
Skoob: Lead

Até mais

Nenhum comentário

Postar um comentário