Resenha: Simplesmente Você, @EditoraCharme

22 novembro 2016
Sinopse: Helena é uma jovem simples, divertida e muito desastrada. É bem sucedida profissionalmente e tem uma vida pessoal tranquila. Mas isso muda completamente quando, de maneira inusitada, o destino coloca Eduardo em sua vida. Alto, moreno e dono dos olhos azuis mais lindos que ela já viu, ele vira sua vida de cabeça para baixo e uma paixão arrebatadora surge entre eles. Helena tenta se afastar e evitar o que sente, mas a atração entre os dois fala mais alto.Eduardo é um homem fantástico, mas também muito misterioso e fechado. Ele não permite que ninguém se aproxime, até que Helena, com seu jeito maluco, começa a quebrar suas barreiras.Mas um segredo entre eles faz com que o sentimento seja testado. E isso pode colocar tudo a perder. Será que esse casal conseguirá superar os obstáculos que surgirem ao longo do caminho e deixará o amor vencer?

Olá pessoal, hoje falaremos desse livro que me chocou... Chocou porque ao invés da mocinha ser a indecisa, a “mimizenta” da história, Eduardo se mostrou o cara mais indeciso que já vi, ops, já li.... Mas obviamente isso não é gratuito, venham conhecer o motivo e desenrolar dessa história.

Helena saiu da sua cidade para se estabelecer profissionalmente o Rio de Janeiro. As custas de muito esforço e muito trabalho, ela tem seu apartamento e um emprego que paga suas contas e que a deixa viver sua vida. Tem uma amiga fiel e muito querida, Cléo, e é indo ao encontro dessa amiga que ela leva um encontrão de um Deus grego que a deixa abalada. Mas a grande surpresa foi descobrir que o cara é seu novo colega de trabalho.
Não consigo disfarçar o encantamento e percebo que ele tem o olhar fixo em mim.[...] Está usando jeans escuro, camisa social preta e é dono de um lindo par de olhos azuis. Sua boca é muito atraente.

Eduardo é lindo e misterioso, veio trabalhar na CET indicado pelo no presidente, já chegou muito bem avaliado. Ele só não esperava dar de cara com Helena no mesmo lugar, após terem se esbarrado ele não conseguiu esquecê-la, mas ele sabe que deve e vai ficar o mais longe possível dela. Até que se veem obrigados a assumir uma conta juntos, e o que estava ruim fica muito pior quando o cliente exige que eles sejam os modelos de sua campanha.

A partir daí é uma sequência de situações constrangedoras entre eles, até que Helena o socorre numa situação inusitada e livra sua cara com chefe, tudo começa a caminhar para a normalidade entre eles, até ela precisar de sua ajuda após sofrer um acidente. Ele obviamente vai meio contrariado mas acaba ajudando e na sequencia indo parar na festa de aniversário de sua vó e passando o final de semana junto com a família dela.

Até aqui esse cara já me tirou do sério tantas vezes, que deixei o livro de lado. Mas minha mente ficava me dizendo vai lá saber o que houve, vai lá ver o que aconteceu, vai saber o que se passa com esse “homi” porque com esse comportamento só pode ter treta. Então tive que voltar para a leitura risos. Gostei de descobrir um lado da Helena que normalmente não vemos nos livros. O lado solidária, o lado musicista, pois ela toca um instrumento e é lindo, mas isso só você lendo para saber. Mas como ficam esses dois?!?!
Continuo encarando a porta de madeira como uma estátua. Balanço a cabeça e respiro fundo. Eu deveria saber que finais felizes não existiam de verdade. Ainda mais com um príncipe mau-caráter.
Pois é gente até aqui a história parece que demora a acontecer porque ficamos sempre suspensos, sempre querendo saber o que vai acontecer com esses dois, mas depois que ele cansa de fugir e se entrega conseguimos dar aquela respirada, mas continuamos não sabendo o que tanto ele esconde, o que ele não quer que ninguém saiba...

Juro que elaborei milhões de teorias, justamente porque aparecem situações que os induzem a julgar e a imaginar coisas, adoro quando a ficção me remete a realidade, porque normalmente nós fazemos isso né? Julgamos sem saber toda a história por trás das atitudes.... Mas em contrapartida não é legal não dividir seus problemas com quem você ama dando margem apara a imaginação né?!?!
-Sempre pensei que histórias de amor com finais felizes não fizessem parte da minha via. Mas me enganei. Estava completamente errado.
Então, se você quer um romance fofo, com um mistério, se bem que aqui temos dois mistérios bem interessantes, e uma história que enaltece as relações de amizade e família, esse é o livro para você. Apesar de não ter gostado tanto do Eduardo, a Helena e a Cléo fazem a história valer a pena.

Quatro notas musicais para esse casal fofinho!
Ficha Técnica:
Autor: Cissa Prado
Páginas: 400
Editora: Charme
Ano: 2016

Até mais

3 comentários

  1. Sempre tem aqueles personagens que não curtimos né? O autor parece ter a obrigação de colocar essas pessoas só pra dar umas tretas nas nossas cabeças.
    Quero muito ler esse livro.
    Parabéns pela resenha Anastacia, está super bonita e muito bem estruturada.

    ResponderExcluir
  2. Oi Anas!
    Este romance bem me parece a minha cara e assim como você perco a paciência co os personagens, acredite mas nunca li nenhum livro da Editora Charme, quem sabe este eu não te peça emprestado.
    Ah! Obs: adorei ver sua forma de escrever resenhas!
    Beijos, Mai.
    Reino Literário Br

    ResponderExcluir
  3. Um clichê daqueles que faz querer tacar o livro na parede, não é? rsrs
    Editora Charme tem uns livros muito bons. Este eu não conhecia, mas fiquei interessada. :D

    ResponderExcluir