Resenha: As Mais Belas Histórias – Volume 1, @autentica_ed

12 fevereiro 2017
Sinopse: Reunindo textos de Andersen, Grimm e Perrault – como A bela adormecida, O gato de botas, A pequena sereia – muito conhecidos do público e outros não tão conhecidos, os volumes 1 e 2 de As mais belas histórias são antologias de uma das formas literárias mais importantes de todos os tempos: os contos de fadas. Nesta edição, oferecemos aos leitores a tradução das versões originais de histórias que nos ajudam a crescer, a superar nossos medos e aflições: o frio que sentimos na barriga, os sustos e a descoberta de saídas que vivenciamos durante a leitura são importantes para nossa formação e compreensão da vida. Talvez seja por isso que, há vários séculos, essas histórias encantem geração após geração no mundo inteiro e tenham recebido tantas versões.
Neste livro você vai encontrar: O gato de botas; A bela adormecida; Pele de asno; João e Maria; A pequena vendedora de fósforos; O ganso de ouro; Sapatinhos vermelhos; O soldadinho de chumbo; A mesa, o burro e o porrete; O Pequeno Polegar; O Barba Azul; O patinho feio; Os músicos de Bremen; Rapunzel.

Olá pessoal, hoje vamos conversar sobre essa coletânea muito legal, pensada para a garotada de 08 a 10 anos, então a resenha hoje é para ser conferida em família!

As Mais Belas Histórias reúne 14 contos de grandes autores Andersen, Grimm, Perrault que todos nós conhecemos e que toda criança também precisa conhecer. Aqui nos são apresentadas as versões originais sem adaptação, o que significa que você pode ver uma ou outra coisa diferente daquilo que ouvimos durante nossa infância.

Os contos escritos por esses grandes nomes são como as histórias que adaptam para os cinemas, a história é a mesma mas a forma de contar pode ser diferente, por isso a editora esclarece na capa que estes não tem adaptação. Eu escolhi dos meus preferidos para falar para vocês: João e Maria, O Soldadinho de Chumbo e o Barba Azul, vamos lá!



João e Maria = Escrito pelos irmãos Jacob e Wilhelm Grimm essa era uma história que eu ouvia muito quando criança e sempre me fascinou, primeiro porque sou filha única e vivia me imaginando com um irmão para fazer várias aventuras e segundo que medo eu tinha da bruxa, mas eu sempre ouvi que os irmãos se perdiam, que tinham sido desobedientes e no entanto não foi isso que aconteceu. A verdade é mais cruel, bem no estilo dos Grimms e nos deixa um pouco surpresos.

O Soldadinho de Chumbo = Sempre me encantou a história do soldadinho que não era perfeito como seus irmãos de quartel, ou melhor de caixa, mas que ainda assim vislumbrava um futuro com uma bela moça, mas foi avisado a ele para não amar a quem não estava ao seu alcance. Apesar dessa eu sempre conhecer a versão original, ainda assim eu acho que ele foi muito valente em não deixar seu amor pela bela bailarina esmorecer. E no final mesmo com tudo dando errado, os dois se amavam e acabaram fundidos para sempre.

O Barba Azul = Barba Azul era um viúvo muito rico e muito misterioso, quando ele quis casar novamente com uma das filhas da sua vizinha nenhuma delas estava interessada, até ele as levar para um passeio onde as impressionou. Quando uma das irmãs concordou logo realizou-se o casamento. Quando ele precisou se ausentar ele a deixou de posse de várias chaves e avisou que somente uma não poderia ser usada e o que vocês acham que ela fez??? Obviamente usou a chave que não deveria. Em resumo essa história era sobre obediência né, se a gente não fizesse o que era pedido o Barba azul viria nos pegar. Contos que, nada tem de fada, mas que ainda nos entretém e são referências em nossa vida adulta.

Essas são as histórias que me remeteram a minha infância, apesar da coincidência de ser um conto de cada autor, a intenção foi apenas demonstrar quais delas foram as que mais me marcaram. Recebemos o exemplar em parceria com a Aliança de Blogueiros – RJ e adorei. A edição está belíssima e com certeza vale a pena vocês comprarem para suas crianças.

Livro super aprovado, e é aquele exemplar que vale a pena ter na estante! Quatro notas musicais para ele.
Ficha Técnica:
Autor: Andersen, Grimm, Perrault
Páginas: 160
Editora: Autêntica
Ano: 2016

Até mais


16 comentários

  1. Oi Anastacia
    Acho essa coleção linda demais, quase comprei na Pollyana na última Primavera dos Livros. As cores usadas, e esses clássicos sempre chamam minha atenção.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ahhhhh que amor de livro, fiquei encantada. Amo contos de fadas e esse livro me deixou muito afim de lê-lo, parece muito bonito <3

    MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

    ResponderExcluir
  3. Oi tudo bem!
    que livro maravilhoso,coleção linda,adoro joão e maria,é uma historia muito boa,super legal seu post,um beijo grande.

    https://alzineterodrigues.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Essa coleção é uma graça, muito bonita. Eu que adoro contos de fada já fiquei doida pra ter todos os volumes na minha estante.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá Ana!!!
    Adorei a resenha...Amo histórias infantis,mas algumas q vc mencionou, não conheço...Contos de fadas são meus favoritos (pq sou muito romântica kkkkkkk)...então do livro, meus preferidos seriam: A Bela Adormecida e Rapunzel ;-)
    Bjs :-*

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Acho lindas essas edições e estou doida para conferir essas. Gosto de histórias infantis e sinto falta desse gênero atualmente. Ótima resenha <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi!!
    Que legal esse livro, mesmo ele sendo indicado para crianças eu adoraria ler e conferir cada uma das histórias.
    Todos nós na infância ouvíamos essas histórias e é tão legal poder relembrar elas.
    Vou procurar esse livro na livraria fiquei mega empolgada em reviver a infância.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Olá! Amei sua resenha! Essas histórias lembraram minha infância. Gostava muito de João e Maria e o Soldadinho de Chumbo, deu uma nostalgia forte! Vou ver se encontro esse livro e vou dar de presente para minha filhota, beijos!

    ResponderExcluir
  9. Nossa, Anastacia... EU não conhecia o livro e até então, não sabia para qual faixa etária era indicado. Meus sobrinhos amam ler, acho que eles iriam adorar conferir a obra (e eu também, porque né... <3)

    Ps.: bateu uma nostalgia das grandes aqui, rs!!!

    Thati Machado;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  10. Essa coleção é bem bacana!
    Adorei sua resenha! Me despertou ainda mais interesse na leitura.
    Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  11. Oiii Anastacia, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro e achei uma fofura essa capa, com toda certeza adoraria ter a oportunidade de realizar a leitura, soube realmente me convencer a querer ler o quanto antes.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia esse livro mas com certeza conheço os contos existentes nele. Fiquei curiosa para saber o que acontece nos contos originais, principalmente no de João e Maria. Dica anotada.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  13. Oie Anastacia, tudo bem? Gostei muito da sua resenha e conhecer esse livro! Eu não sou a maior fã de contos de fadas, mas João e Maria é um dos que mais me instigam, e adoraria conferir no original. Já anotei sua dica <3
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?

    Confesso que não sou muito de ler histórias infantis, mas gosto de pegar dicas de boas leituras, porque quero incentivar o meu afilhado a começar a ler. Ele vai fazer 8 anos e é malandrinho na questão leitura e estudos. rs

    Anotando a dica!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  15. Olá,

    Eu amo essas historinhas, mesmo não sendo fã de contos. Acho que irei comprar um exemplar para mim e consequentemente irei passar para minha irmã, quero muito apresentar o mundo literário para ela, mas está um pouco complicado kkkkk, obrigado pela dica!

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  16. Gente, eu amo livros assim, principalmente que contam histórias da nossa infância. Por mais que seja indicado para crianças de 8 a 10 anos, eu compraria fácil. Tanto pelo que ela contém, quanto pela capa que está divina!

    ResponderExcluir