Resenha: A Garota no Gelo, @gutenberg_ed

08 fevereiro 2017
Sinopse: Seus olhos estão arregalados... Seus lábios estão entreabertos... Seu corpo está congelado... Mas ela não é a única. Quando um jovem rapaz encontra o corpo de uma mulher debaixo de uma grossa placa de gelo em um parque ao sul de Londres, a detetive Erika Foster é chamada para liderar a investigação de assassinato. A vítima, uma jovem e bela socialite, parecia ter a vida perfeita. Mas quando Erika começa a cavar mais fundo, vai ligando os pontos entre esse crime e a morte de três prostitutas, todas encontradas estranguladas, com as mãos amarradas, em águas geladas nos arredores de Londres. Que segredos obscuros a garota no gelo esconde? Quanto mais Erika está perto de descobrir a verdade, mais o assassino se aproxima dela. Com a carreira pendurada por um fio depois da morte de seu marido em sua última investigação, Erika deve agora confrontar seus próprios demônios, bem como um assassino mais letal do que qualquer outro que já enfrentou antes.

Olá pessoal hoje vamos conversar sobre esse livro, que desde o prólogo tem ação e suspense e nos deixa enlouquecidos.
Ela sentiu uma nova dor e estrelas irromperam em frente de sua cabeça. O braço levantou-se novamente, desceu esmagador e, em seguida, tudo ficou preto.
O livro começa com a bela socialite Andrea sendo seguida e posteriormente morta por alguém misterioso. O corpo é achado na manhã seguinte por um rapaz, congelado numa espécie de lago numa área não tão nobre de Londres. A detetive Erika Foster é chamada para comandar as investigações depois de um longo período de licença.

Erika é uma personagem extremamente marcante. Ela é forte, inteligente e muito perspicaz, mas tudo isso é alternado com momentos de extremo desequilíbrio emocional. Ela ficava irritadiça com coisas muito simples, totalmente sem nexo com a personalidade no geral. A família de falecida é muito rica e influente e tenta de todas as fazer com que a investigação siga o ritmo que eles querem.
Quando entraram Simon Douglas-Brown encarou Erika. Seus olhos perfuraram os dela. Em seguida ele entrou no carro, que saiu neve adentro.

Só que a detetive Foster não se dobra, e aí começa uma caçada sensacional pelo assassino, temos momentos de certeza absoluta de quem é o culpado, intercalados com momentos de dúvidas fenomenais. Foster conta com a ajuda de outros detetives para conseguir o intento de sua missão, mas o seu passado também acaba se tornando um mistério que queremos a qualquer custo desvendar.

Quando achamos que a investigação está de fato chegando a um caminho para a conclusão, vemos que o poder realmente pode interferir no bom trabalho que pode ser feito pela polícia e ficamos bobos com a semelhança entre a ficção e a vida real, afinal quantas vezes não vemos esse tipo de ação interferir nos resultados de muitas coisas aqui em terras Brazucas né?!?!

Mas o que importa é que aqui, Érika Foster, mostra que uma mulher mesmo abalada pelos traumas do passado e fatalmente desacreditada por conta de uma conspiração pensada não só para desestabilizá-la, mas também para acobertar o verdadeiro criminoso, é capaz de agir e pensar com razão desde que não haja interferências externas.
A detetive Foster me colocou contra a parede, não me deixou alternativa.Terei que mata-la.
O livro é muito bem pensado, apesar de eu ter achado as ligações entre alguns personagens superficiais demais para justificar algumas ações, até a personalidade do assassino é muito bem construída e totalmente aceitável. O autor de fato construiu bons personagens e uma boa história, como já sei que teremos um próximo livro com a Detetive Erika Foster, já aguardo ansiosamente.

Quatro notas musicais para A Garota no Gelo.
 Ficha Técnica:
Autor: Robert Bryndza
Páginas: 320
Editora: Gutenberg
Ano: 2016

Até mais


10 comentários

  1. Oi Anastacia, tudo bom?
    Nossa, eu tô doida pra ler esse livro e vou fazê-lo ainda esse mês (oremos, rs!). Adoro livros policiais e faz tempo que não me aventuro em um. A personalidade/desequilíbrio da protagonista me deixou intrigada... E já estou ansiosa para conhecê-la.

    Thati Machado;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  2. Oiii Anastacia, tudo bem?
    Menina eu fiquei apaixonada pela sua resenha com toda certeza adoraria ter a oportunidade de ler esse livro, até hoje só li comentários positivos e essa edição parece estar linda, dica super anotada!
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  3. Olá linda,

    Já tinha visto a capa desse livro por aí, mas não sabia que se tratava de um suspense e já fiquei curiosa e louca para desvendar esses mistérios e conhecer o verdadeiro assassino dessa drama.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olha eu confesso que achei essa capa linda por demais. Porém a sinopse apesar de me fazer imaginar não me faria ler. Na verdade eu tentei. Tentei sair da zona de conforto. Mas para mim não rolou esse livro. Quem sabe futuramente.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. oie!
    Oba, terá uma continuação!
    eu ainda não li o livro, mas stou curiosa para conferir. É a primeira rsenha que leio do livro, e fiquei bem interessada nessa história.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Já tinha visto esse livro por aí mas não imaginei que fosse um suspense e fiquei muito animada com essa descoberta pois adoro um bom suspense, como esse parece ser. Você me deixou curiosa pra descobrir os mistérios que envolvem a morte da socialite e o que ela tem haver com as outras mortes. Parece uma boa história.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Eu sempre tive interesse por esse livro só pela capa, pois nunca tinha lido nada a respeito, nem a sinopse. A sua resenha só colaborou para que esse desejo aumentasse. Adicionei o livro na minha lista de desejados e fiquei muito feliz em saber que você conseguiu me apresentar a obra da melhor forma possível.

    http://desencaixados.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Adoro suspense, então é claro que já está na minha lista! Essa é a primeira resenha que leio dele, então agradeço pela dica, pois já está em minha lista! Só não curti um pouco a capa, não sei, achei estranha...

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bem?
    Eu sou apaixonada em livros policias, e pelo que eu li esse livro te pegou de jeito. A escrita do autor parece ser incrível, daquele tipo que não te deixa parar enquanto você não termina a historia. Com certeza está na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  10. OOI!
    Ultimamente tenho me interessado bastantee em tramas policiais, e essa entrou para as desejadas. Amei a premissa do livro, e, realmente, a Érika parece ser uma personagem muito marcante e forte.
    Dica anotada. Ótima resenha!
    Beijoos!

    ResponderExcluir