Resenha: Deep, @univdoslivros

03 março 2017
Sinopse: A série mais sexy dos últimos tempos chega ao final... Positivo. Com aquelas duas linhas do teste de gravidez, tudo na vida de Lizzy Rollins, uma simples estudante de Psicologia, estava prestes a mudar para sempre. E tudo por causa de um grande erro em Las Vegas, cometido com Ben Nicholson, o irresistível baixista da banda Stage Dive. E daí que Ben é o único homem que fez Lizzy se sentir completamente segura, adorada e descontrolada de desejo ao mesmo tempo? A universitária sabe que o lindo astro do rock não quer nada além de um pouco de diversão, ainda que ela mesma busque justamente o contrário. Por outro lado, Ben sabe que Lizzy está em zona proibida. Totalmente. Ela é a nova cunhadinha do seu melhor amigo, e pouco importa o quanto a química entre ambos seja fenomenal, não importa o quão sexy e doce ela seja: o baixista não vai tomar nenhuma atitude. No entanto, quando Ben precisa mantê-la longe de problemas na Cidade dos Pecados, ele rapidamente descobre que o que acontece em Vegas nem sempre fica em Vegas. A partir daquele momento, Ben e Lizzy estarão ligados do modo mais profundo que existe... mas será que isso os fará ligar seus corações?

Olá pessoal, hoje vamos conversar sobre o último livro da série que está cheio de elementos que me fazem amá-lo profundamente. Todo mundo sabe que tenho uma queda imensa por guitarristas, mas aqui na Stage Dive, eu sempre tive uma queda pelo misterioso baixista, Ben Nicholson, e jamais pude imaginar que o destino dele seria selado assim, como o primeiro papai da banda.

Sim o maior spoiler da vida vem na sinopse do livro, se pensarmos que esse é o único elemento surpresa desanima, mas não é bem assim. A relação deles começa muito antes, lá no livro do Mal Erickson, também conhecido como o baterista da banda. Anne sua esposa é irmã da Lizzy, e por esse motivo a confusão está armada. Ele avisou a Bem fique longe de minha cunhada e o que aconteceu??? Ela acabou grávida.
- Porra. Eu, mãe de alguém. Não. Que diabos eu faria agora?
O livro tem elementos muito divertidos tais como as trocas de mensagens entre eles antes do dia derradeiro, a química entre eles, mesmo que não seja sexual, pelo menos até aquele momento é magnífica. Mas Ben é uma alma livre, ele nunca se aquietou, ele gosta de poder ir e vir de onde e quando ele quiser e com um filho chegando definitivamente isso fica mais difícil. Tenho que confessar que meu personagem preferido foi bem cretino no início do livro.


Lizzy por sua vez é mais consciente de que a criança não pediu para vir ao mundo e está disposta abrir mão da sua faculdade e da sua vida para cuidar do neném, mas os planos de dele não são os mesmos, ele quer que ela os acompanhe na turnê, mas como amigos nada mais sério, oi?!? Pois é, pobre menina apaixonada que achou que estava sendo convidada a ter um relacionamento... muito cretino Ben.
Um calor indesejável preencheu meu peito ante a lembrança. Fazia tanto tempo que eu não pensava nele com qualquer outro sentimento que não fosse um tremendo eca.
Apesar de não querer estar em uma relação ele morre de ciúmes dela, de todas as interações que ela tem com quaisquer caras, inclusive, quem sabe principalmente, Vaughan! Baixista da banda que está fazendo abertura para a turnê da Stage Dive, ele é o personagem principal de outra série da autora, chamada Dive Bar. Será que a Universo também vai publicar essa série por aqui?!?!? Eu bem que gostaria!!
Ben, eu não quero tolher a sua liberdade. Só quero um lugar no seu mundo. Um lugar importante.
Com direito a muita confusão, muitas idas e vindas e alguns corações partidos, Deep encerra a série muito bem, apesar do Ben me irritar em boa parte do livro, as ações dele são totalmente coerentes com a vida que ele sempre levou, então com certeza não dava para esperar uma atitude diferente. Temos também a oportunidade de rever todos os demais personagens da série, inclusive Jimmy mais apaixonado do que nunca por Lenna.
De toda forma, eu não precisava ser o centro do mundo do Ben. Mas eu me conhecia. Eu precisava estar lá no alto, competindo pelo primeiro lugar com a música dele, tendo a sua confiança. Um dia Ben e eu chegaríamos lá. Sem dúvida nenhuma.
Gostei bastante do livro, atendeu sim minhas expectativas e me deixou totalmente curiosa para explorar mais Vaughan. Cinco notas para meu baixista preferido.
Ficha Técnica:
Autor: Kylie Scott
Páginas: 320
Editora: Universo dos Livros
Ano: 2017
Skoob: Deep

Até mais


16 comentários

  1. Olá, Anastacia!
    Eu não sou muito fã de séries. Mas a sua resenha me chamou atenção por eu ter uma ligação muito estreita com a música! Gostei da história e já anoto o livro para ler, logo que puder! Espero gostar também!
    Abraços,
    Drica.

    ResponderExcluir
  2. olá o/

    essa serie esta na minha lista deis do ano passado se não me engano eu acabei lendo o primeiro apesar de achar clichê e bem gostosinho de se ler adorei a resenha.

    Bjss
    https://estantedasara.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie! Eu vi outros comentários sobre esta série e fiquei muito interessada. Irei procurar por ela quando o orçamento permitir. Seu texto indicou muitas coisas das quais irei gostar na história. Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Oxi, que eu vou roubar esse da casa da resenhista agoraaaaa, menina que resenha maravilhosa, estigou minha curiosidade.
    Beijos
    Anne Karolyne

    ResponderExcluir
  5. Olá ♥
    Estou louca para ler essa série de livros. A premissa é maravilhosa e vamos combinar que essas capas me seduzem. A pegada parece ser um pouco clichê, mas quem não ama um bom e velho clichê?! Quero muito poder fazer a leitura de todos os livros da série e conhecer um pouco mais sobre cada protagonista. Parabéns pela resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Apesar de ter visto excelentes comentários para esse livro, não tenho vontade de ler, pela pegada hot, na qual não estou na vibe para ler, sem falar nessa capa, que não me anima.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Anastacia
    Ainda não tive oportunidade de ler essa série. Gosto de personagens guitarristas, mas não que seja tanto quanto você rs
    Gosto do gênero e leria, ainda mais sabendo que é tao bom.


    Blog Livros, vamos devorá-los?

    ResponderExcluir
  8. Olá! Já li diversas resenhas sobre esse livro, mas a premissa não me chamou muito atenção. É o tipo de história que não curto ler, beijos!

    ResponderExcluir
  9. Acho as capas dessa série muito lindas!
    Não sei se leria, curto muito esses altos e baixo, mas... sabe quando tem aquela coisinhas que te diz que talvez eu não vá curtir tanto? Pois é... to sentindo isso, mas acho que darei uma chance para conhecer esses boys complicados e perfeitinhos... rs

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  10. Olá,


    Eu fiquei mega interessada nessa série por causa das capas super sexy e os enredos que fui lendo nas resenhas de outro blog que me convenceu a adquirir as obras.

    Espero gostar muito.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Anastacia.
    Já faz um tempo que tenho vontade de ler essa série, mas nunca encontro tempo para isso! Sua resenha me deixou mais empolgada por saber que esse livro também é bom! Como uma boa fã de rock, gosto de histórias sobre músicos!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  12. Anastacia mulher que resenha, você me fez fechar minha decisão em ler esta série. Nossa que mocinho trabalhoso hein!? Adorooo, amei sua resenha e quero conhecer melhor essa turma de roqueiros deliciosos, e esse Deep minha amiga mais ainda!! Bjs

    Marcinha, blog: Eu Pratico Livroterapia

    ResponderExcluir
  13. Aí já vi tantas resenhas sobre esse livro que fico cada vez mais curiosa. Adorei a suam mas quero ler na ordem certinha. Então esse irá demorar um pouco mas gostei muito.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oiii Anastacia, tudo bem?
    Eu fiquei meio assim se leria esse livro, gosto de algumas pegadas com livros de romances e hot, mas esse parece que faltou uma química, mas não irei desperdiçar, quem sabe futuramente eu leia.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  15. Nana lindona eu não resisto a uma banda de rock rss, li o primeiro livro da série e pretendo ler todos, menina que proposta de amigos foi essa. Gosto muito de como flui bem a escrita da autora. agregada a doses de humor se torna uma leitura maravilhosa. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  16. Oi Anastacia...
    Pensa numa pessoa que é completamente apaixonada por essa série? EU!
    To aqui me remoendo por ainda nao ter lido nem o segundo e nem o terceiro, mas eu vou corrigir isso esse ano, pode apostar.!
    Amei a sua resenha...

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir