Resenha: Minha Rendição, @amazonBR

01 março 2017
Sinopse: Segredos são como fantasmas, nos assombrando e nos fazendo crer que são reais.
Todos têm os seus fantasmas.
Poliana tem os seus e há seis meses ela tenta se convencer que ainda é capaz de viver, mesmo que seu coração diga a ela que não há mais esperanças.
Vinicius é um renomado cardiologista que vê no trabalho voluntario uma forma de se redimir dos seus pecados.
Uma mulher marcada pela dor, um homem que carrega em seu coração a culpa por seus atos.
Duas almas feridas encontrando nos braços um do outro uma nova chance para serem felizes.
Um livro sobre culpa, perdão, rendição e a descoberta sobre o verdadeiro amor

“Estava escuro e eu estava acabada
Até que você beijou meus lábios e me salvou."
(Set Fire to the rain – Adele)

Olá pessoal, hoje a resenha é daquelas que abalam os corações. Pelo menos o meu foi abalado e triturado num moedor até chegar o momento de colar os caquinhos. Se você não leu Meu Erro, primeiro livro da série Segredos, tem resenha AQUI.

Depois do que Vini fez ele não conseguiu se perdoar, mesmo que Carol e Gabriel o tenha feito, ele não consegue. Ele é seu maior algoz. Ele é a pessoa que mais exige tudo dele. Mesmo passado tanto tempo ele ainda não consegue esquecer o pavor que viu nos olhos de Carol e nem o estado em que deixou Gabriel.
Assim que a ouço, meu mundo se desfaz. E o que foi feito, foi feito. Mas agora o passado se torna o meu presente, e o que definirá o meu futuro para sempre.
A culpa realmente é um sentimento destruidor. E o pior ela não destrói só a pessoa, ele destrói todos que o cercam, mas ela também pode ser a motivadora de boas ações, e é assim que o Doutor Vinicius monta sua ONG e ainda recebe ajuda de onde menos espera. E ele nem faz ideia que essa atitude mudará sua vida por completo.


Poliana foi criada em um orfanato, aos dezoito anos saiu e foi viver a vida. Quando isso aconteceu ela era uma menina pura cheia de vida, cheia de amor para dar e receber. E foi assim que ela conheceu Marcio, o homem que amou acima de tudo, seu primeiro amor, seu primeiro namorado. Seu primeiro homem. E também aquele que destruiu muito mais que só seus sonhos. Aquele que destruiu seu coração e sua alma. E hoje ela tem que viver com as consequências de sua escolha.
Aprendi a odiar minha aparência, descobri que ela era na verdade uma maldição... até que me tornei quem eu sou hoje.
Como duas almas partidas em pessoas tão diferentes podem encontrar a semelhança? É isso que a autora vem nos mostrar. Que onde a gente menos espera, uma garçonete com uma história de vida tão triste e sofrida, vai encontrar um médico que já foi arrogante ao ponto de achar que o mundo devia agradecê-lo por sua existência e que mudou tanto, forjado na dor esse homem não existe mais. Hoje ele é só mais um homem querendo ser melhor para si e para as pessoas que definitivamente precisam dele.
A porta se fecha e eu me odeio por isso; me odeio por não se r capaz de permitir que ele me toque, de não conseguir me entregar a esse sentimento que me preenche e me sufoca; me odeio porque sei que na verdade sou quem vou machucá-lo mesmo sem querer.
As abordagens do livro são tão intensas que não conseguimos pensar em como essa história se desenrolará sem que o leitor seja brindado com uma sequência de repetições. Sem uma sequência de questões facilmente montadas, não minha gente, não é isso que encontramos aqui. Aqui encontramos a luta diária de cada pessoa em aceitar-se como é com seus defeitos e com suas alegrias e como lidam com toda essa junção de sentimentos.
Quando um homem agride uma mulher, ele desconecta o plug, desliga as emoções, apaga os sensores, abafa os sons até que tudo se torne sombra e dor.
Apesar das tentativas deles de estarem juntos, ela percebe que a diferença monstruosa entre eles será fator determinante no insucesso da relação. Mas em nenhum momento ela achou que seria o passado que voltaria para cobrar seu preço e destruir não só a ela, mas também a todos que a cercam. Gabriel, personagem principal de Meu Erro, desempenha um papel fundamental aqui, de forma inquestionável ele coloca sua relação, sua vida e o principal, sua luta contra o vício de lado para ajudar Vini a recuperar seu amor. Uma das cenas mais lindas dos últimos tempos eu li aqui.
Descobri que somos iguais, mesmo vindos de realidades tão diferentes. Somos marcados por erros que cometemos e, embora a vida e a sociedade tenham nos absolvido, carregamos dentro de nós uma condenação eterna e em meio a escuridão de nossas vidas encontramos o amor. E por esse sentimento nos rendemos.
Poderia passar horas escrevendo sobre o livro, eu surtei literalmente com a história. Achei que a escrita da autora evoluiu bastante e a crueza das emoções não se limitam aos personagens, passamos por tudo em conjunto. Sofremos. Choramos. Comemoramos. Nada a desejar das grandes séries internacionais de New Adult.

Vini teve sua redenção, apesar de nem toda pena se limitar a uma cela, ele cumpriu a dele, mesmo sendo perdoado ele não se perdoou e o melhor, se tornou uma pessoa digna e respeitável graças ao seu erro. Começou a ver as pessoas como tal, antes de atribuir-lhes um julgamento. Um caso de evolução impressionante.

Se você ainda não teve a oportunidade de conhecer a série segredos, não perca a oportunidade de se apaixonar por personagens reais, tangíveis e acima de tudo dispostos a evoluírem e a melhorarem por eles e por quem eles amam.

Cinco notas musicais e definitivamente um dos melhores livros de 2017.

Ficha Técnica:
Autor: Cinthia Freire
Páginas: 400
Editora: Independente
Ano: 2017

Até mais



21 comentários

  1. Oi, Anastacia!
    A cada resenha que leio de um livro dessa série, só aumenta a minha vontade de ler. Só vejo elogios!
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Literário de Carnaval
    Resenha Premiada Paixão e Crime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiza vou te falar que não se arrependerá. Eu li o primeiro assim, de tanto ver o povo falar fui lá conferir e não me arrependi. Com esse segundo só me surpreendi e foi lindo!!!
      Bjs

      Excluir
  2. Gente, que intenso. Gosto desses! Vou ler!

    ResponderExcluir
  3. Oi Anastacia,
    Ainda não conhecia a série, mas fiquei impressionada com a empolgação da sua resenha! Agora estou mais do que curiosa!!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Sem dúvida a melhor resenha que li desse livro. Ele nunca me interessou tanto quanto agora. Sério mesmo! Já até procurei aqui. Também costumo comprar pela Amazon. Ele está super em conta, né? Gostei! rs

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia a série ou a autora, mas fiquei bastante interessada nesse misto de emoções que você sentiu. Livros que mexem com a gente dessa forma são sempre uma delícia e um incomodo também... tudo que te tira da sua zona de conforto provoca reações diversas. Vou adicionar com certeza no meu kindle!
    bjos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Esse livro é muito perfeito, e eu poderia ficar horas e horas comentando sobre ele.
    A Cinthia tem uma sensibilidade enorme, e isso que fez com que eu ma apaixonasse pela escrita dela.
    A série segredos, já virou a minha queridinha ♥

    #VemAlan ♥ Um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Oiii, tudo bem?
    Menina eu tenho bastante interesse em ler essa obra, tenho mais é curiosidade na verdade, fico feliz que tenha trazido essa resenha aqui em seu blog e pretendo ler futuramente!
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  8. Heiii, tudo bem?
    Gosto mto de conhecer novas obras literárias e ainda nao conhecia o livro Minha Rendição.
    A ideia do livro é interessante, desde a sinopse já me motivou a ler e conhecer mais.
    Muito boa a resenha, gostei do que falou do livro e acho que vou gostar tb como vc.
    Otima dica e a capa está tão linda, adorei a arte.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  9. Oi, Anastacia
    Você ficou de tão forma com esse livro que até fiquei curiosa. Não estou me recordando do primeiro livro. Gostei da premissa, e sua empolgação me fez prestar mais atenção. Muito bom quando amamos um livro assim. Valeu pela dica.

    ResponderExcluir
  10. Nana para tudo amei a resenha, estou doida para ler esse livro e ver a redenção do Dr. Realmente a culpa se torna um enorme enorme para quem a carrega, como sempre a escrita da Cinthia emociona e nos toca o coração, vou ler já com o lencinho no colo. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  11. Ain meu Deus, já vi esse livro por aí mas nunca dei muita bola pra ele! E agora lendo sua resenha eu me arrependo de nunca ter ligado kkk preciso ler esse livro, a história toda me chamou muito a atenção e adorei saber que é uma série ♥️

    MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

    ResponderExcluir
  12. Eu realmente não li o primeiro livro mas estou vendo uma comoção enorme por esse e até fiquei curiosa, lendo suas resenhas aqui fiquei mais curiosa ainda, irei colocar na minha lista de leituras futuras, espero gostar tanto quanto você.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oiee!
    Nossa super me empolguei para ler essa série, parece ser muito boa pela sua resenha, e já estou colocando os dois livros na minha lista de desejados!

    Beijos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  14. Nossa, que bom que gostou tanto da leitura! Eu tenho muita curiosidade com os livros dessa autora, especialmente essa série, que vem sendo tão bem comentada nas redes. Eu tenho o primeiro em e-book e espero conseguir ler esse ano ainda. Sua resenha ficou ótima <3
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    Conheci a Cinthia e seus livros em um evento que fui há alguns meses, mas ainda não tive a oportunidade de ler nada dela, mas com certeza esse vai machucar o coração de quem ler!

    ResponderExcluir
  16. Olá,

    Já terminei a leitura desse livro e fiquei encantada com essa história. Confesso que o primeiro volume, me deixou irritada com tanta enrolação, mas este segundo é perfeito, com uma carga emocional pesada, mas ainda assim lindo e cheio de reflexões.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  17. Achei muito legal essa questão do livro mostrar a luta de cada pessoa para aceitar-se como é, que bom que achou que a escrita da autora evoluiu e que sentiu tantas emoções junto com as personagens. Me parece uma ótima obra.

    ResponderExcluir
  18. Olá! Li a resenha do primeiro livro e fiquei bastante curiosa para conhecer o restante da história. Agora, esse segundo livro me deixou bastante intrigada, fiquei curiosa para saber sobre essa redenção. Amei sua resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  19. Resenha linda! Obrigada por tanto carinho com a série Segredos

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Estou morrendo de vontade de ler essa série, desde que fiquei conhecendo o primeiro livro. Achei muito legal o Gabriel ter um papel principal na história desse livro também, e fico imaginando o que ele faz.
    Beijos.

    ResponderExcluir