Resenha: O Casal que Mora ao Lado, @editorarecord

19 junho 2017
Sinopse: É o aniversário de Graham, e sua esposa, Cynthia, convida os vizinhos, Anne e Marco Conti, para um jantar. Marco acha que isso será bom para a esposa; afinal, ela quase nunca sai de casa desde o nascimento de Cora e da depressão pós-parto. Porém, Cynthia pediu que não levassem a filha. Ela simplesmente não suporta crianças chorando. Marco garante que a bebê vai ficar bem dormindo em seu berço. Afinal, eles moram na casa ao lado. Podem levar a babá eletrônica e se revezar para dar uma olhada na filha. Tudo vai dar certo. Porém, ao voltarem para a casa, a porta da frente está aberta; Cora desapareceu. Logo o rapto da filha faz Anne e Marco se envolverem em uma teia de mentiras, que traz à tona segredos aterradores.

Olá pessoal, tudo certinho?! Hoje a resenha será desse livro que sem dúvidas foi uma das melhores leituras desse ano. Já vi que até dezembro terei muitos livros nessa categoria, mas esse aqui, realmente veio para mostrar que quando uma história é bem pensada e bem escrita, o resultado só pode ser esse, leitores enlouquecidos. Deixando claro que não tem spoiler na resenha.

Quando li a sinopse recordei de um caso real conhecido nosso e achei que o livro poderia ser algo relacionado ao sumiço da menina inglesa lá me Portugal, mas não tem nada a ver. Outra coisa, achei que essa sinopse fosse uma baita spoiler falando do rapto da menina, mas isso é só um dos acontecimentos do livro. Todos os capítulos, do início da história, ao final, têm alguma coisa importante, ou no mínimo interessante, acontecendo.

Marco e Anne se amam, casaram por amor, mesmo que a todos pareça que não. Depois da maternidade Anne está mais fragilizada e ele tem se esforçado para que ela melhore, e a ideia de irem ao jantar é exatamente para que ela saia da rotina e comece a ter uma perspectiva melhor sobre sua vida e a maternidade. Ele não contava com a babá não aparecendo e tendo que deixar a filha sozinha, já que a vizinha não suporta crianças, mas como estarão ao lado, nada pode dar errado, em sua concepção.
... Quanto mais Anne observa a cena, mais se pergunta se, na verdade, poderia estar acontecendo alguma coisa entre Marco e Cynthia. Nunca desconfiou de nada antes. Talvez o álcool a esteja deixando paranoica.

Anne já estava achando esse jantar má ideia desde o convite, quando o a babá disse que não poderia ficar com a menina, ela teve certeza de que o ideal era não ir. Mas Marco insistiu tanto, e era ao lado, o que poderia dar errado?? Ela se sentir pior do que estava, já que não se sentia bem consigo mesma após a maternidade, e Cinthia era uma mulher extremamente bonita? Sua vizinha, que também era sua amiga passar a noite flertando com seu marido? Ela beber tanto vinho que chegava a estar meio zonza, mesmo que ainda esteja amamentando? Pois bem tudo isso aconteceu. E na volta para casa, quando ela se cansou a surpresa, e digo surpresa porque de fato foram surpreendidos.

Aí vocês já podem imaginar, né? O casal não estava em casa, a criança some, e como tem só seis meses, ela não pode ter saído sozinha do berço. A polícia chega e começa a esmiuçar a noite do casal. O detetive encarregado já viu de tudo um pouco, e sabe que nesses casos, quando os pais estão envolvidos é certo que a criança veio a óbito. Mas será que eles estão envolvidos? O que aconteceu em cada uma das visitas deles até Cora? O que eles não estão contando? O que o álcool está mascarando nas lembranças deles?
Os pais de Anne vão detestá-lo ainda mais. Eles vão perdoar Anne. São Capazes de perdoá-la por quase tudo, até mesmo por abandonar a filha a um predador, até isso. Mas nunca vão perdoá-lo.
Pois é, vocês acham que essas perguntas ficam sendo enroladas para serem respondidas? Não mesmo. A cada capítulo desvendamos uma camada de segredos e de mistérios envolvendo o casal Conti e seus familiares. Seus vizinhos de porta e os demais não sabem como ajudar, como testemunhar. A imprensa não tem sido agradável com pais que deixam uma menininha sozinha em casa. E quem viu alguma coisa, não consegue ajudar cem por cento.

Cada um dos degraus que subimos, ou descemos, dependendo da sua perspectiva para a história, nos surpreendemos e nos assustamos com o quanto somos enganados pelas aparências e pelas manipulações. A autora criou uma história extremamente envolvente que acredito que todas as pessoas devam ler.

Estou até agora completamente impressionada e mortificada com cada desenrolar desse mistério. Cinco notas musicais e definitivamente uma das melhores leitura que fiz em algum tempo.


Ficha Técnica:
Autor: Shari Lapena
Páginas: 294
Editora: Record
Ano: 2017

Até mais

10 comentários

  1. Olá! Li o livro assim que recebi e tive o mesmo sentimento quanto a leitura. Era impossível para de ler. A escrita é instigante e tudo é amarradinho de tal maneira que ficamos criando mil teorias. Adorei me aventurar pelo gênero!

    Beijos Joi
    estantediagonal.com.br

    ResponderExcluir
  2. Estou curiosa para ler esse livro desde que lançou mas tenho medo pois não sou muito acostumada com o gênero e também para saber as respostas que o livro guarda do mistério mas como você disse que não é muito enrolado irei dar uma chance.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá! Nunca ouvi falar deste filme, mas com a sua resenha fiquei curiosa para conhecer!
    Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  4. Oiii Anastacia tudo bem?
    Eu realmente adoraria ter a oportunidade de ler o livro, parece trazer bastante suspense e até mesmo suspense para nós, sua resenha ficou ótima e espero ler em breve, além do mais adorei saber a sua opinião.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. To doida pra ler esse livro. Ele parece ser daqueles que te prende do inicio ao fim.

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana!!!
    Eu tb adorei esse livro! E tu sabe que à medida que os capítulos iam revelando algumas informações importantes, eu fiquei meio apreensiva achando que poderia perder a graça?! Mas não, o ritmo da leitura seguiu firme e forte. Gostei muito! ;)

    ResponderExcluir
  7. Oi, Anastacia
    Adorei a resenha. Também amei esse livro e como todas as revelações foram aparecendo aos poucos. Um ótimo livro do gênero, realmente. COntente que gostou.

    Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  8. Heiii, tudo bem?
    Ahhh gostei mto da leitura tb.
    Achei o final bem chocante e tipo que coragem para tudo isso.
    A capa que eu achei bem feia, mas a historia vale a pena demais.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  9. Esse livro parece conter uma história de suspense muito envolvente mesmo. É como se o leitor ficasse intrigado pelo pais terem deixado a bebê sozinha, e ao mesmo tempo não quisesse largar o livro até descobrir onde ela está e quem a pegou. Eu só vejo comentários positivos sobre esse livro, o que me deixa muito curiosa para conferir essa história. Sua resenha está ótima, bjss!

    ResponderExcluir
  10. Olá.
    Eu estou muito louco para ler essa obra. Desde que começou a sua divulgação eu já fiquei encantado com a sinopse e depois veio as resenhas só para confirmar a minha opinião. Irei ler logo logo. Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir