Resenha: Mares Tempestuosos, @amazonBR

09 agosto 2017
Sinopse: Um Corsário obstinado, que nunca se sentiu pertencente às regras impostas pela sociedade do Século XIX.Uma repórter curiosa, disposta a averiguar a verdade por trás do sumiço de sua amiga Laura Jameson.Um encontro mais do que inesperado e surreal, que transcende qualquer sonho que os dois pudessem ter sonhado.Sir Eric Longham e a intempestiva Melissa Rathbone precisarão aprender a enfrentar, juntos, as adversidades que surgirão à frente, mesmo que para isso se vejam diante de mares tempestuosos.
Olá pessoal, tudo certinho??? Vamos falar de um livro que foi muito desejado e ansiado pelas leitoras da Martinha, Mares Tempestuosos é um spin off de O Retrato da Condessa, ou seja, a história se passa naquele universo e o ideal é que você já o tenha lido antes de se aventurar com o pirata, ou melhor, Cosário.
Ele era conhecido como um pirata destemido em qualquer lugar onde fosse seja por mar ou por terra.
Quando Eric salvou Laura, em o retrato da Condessa, eu achei que ainda teria muita treta por lá, mas não foi o caso. Ficamos todas com o coração partido pelo piratão que acabou ficando sem uma linda donzela exportada do XXI, mas aí eis que suas amigas do século atual ficaram muito assustadas e temerosas com seu sumiço, então enviaram a única que poderia descobrir tudo sem correr o risco de se encantar pelo século que não oferecia as comodidades eletrônicas: Melissa.

A jovem e premiada repórter jamais imaginou que pudesse de fato viajar no tempo, muito menos acordar no meio do passado. Mas o que ela realmente não esperava era encontrar aquele homem lindo ali olhando para ela. Após se dar conta de estar realmente no passado com roupas do presente, oi?? E ver que isso será um grande problema, Eric resolve ajudá-la e aí começa a nossa grande aventura.
Aquela viagem seria uma tortura para Eric Longham. Os pecados que ele tinha que pagar cobravam vida ali, naquele instante.
Prepare-se para passeios de carroça sem conforto, sem ar condicionado. Prepare-se para reações alérgicas inusitadas e para acompanhantes não desejados. Mas também esteja preparada para adorar a doce Mel, e adorar o corsário mais lindo que você respeita. Pois apesar de um libertino convicto ele é um doce. Prepare-se para se surpreender com muito mistério, muito drama e com certeza muito amor. Tudo isso recheado pela escrita divertida da Martinha.

Para mim, foi uma deliciosa aventura que só me fez querer outras tantas viagens no tempo e outros tantos condes, viscondes e toda a aristocracia inglesa se vendo as voltas com as mulheres fortes e decididas de nosso tempo, com um toque peculiar de suas línguas afiadas.
 Se acho que aquilo é meu, será meu! [...] Porque eu me aposso das coisas, não importam as circunstâncias onde eu tenha que me enfiar. Eu quero. Eu tomo. É meu.
Cinco notas musicais para o Piratão!

Ficha Técnica:
Autor: M. S. Fayes
Páginas: 242
Editora: Independente
Ano: 2017

Até mais


2 comentários


  1. Ficou linda a resenha, Nana! Fico feliz que vc tenha se divertido ao lado deles!
    Bjuuu lov u!

    MS Fayes

    ResponderExcluir
  2. Apaixonada nesse pirata! Show de resenha! Martinha lacrou muito com esse livro!

    ResponderExcluir