Resenha: Sinceramente, Carter @univdoslivros

26 setembro 2017

Sinopse: Depois do sucesso da série Reasonable Doubt, que chegou ao topo da lista dos mais vendidos da Amazon, do The New York Times e do USA Today, Whitney G. Williams nos lança a dúvida: o que acontece quando você se apaixona por seu melhor amigo?
Apenas amigos. Somos apenas amigos. Não, sério. Ela é só minha melhor amiga. Arizona Turner é minha amiga desde a quarta série, mesmo quando a gente “se odiava”. Acompanhamos a vida um do outro desde o primeiro beijo, a primeira vez, e somos uma constante na vida do outro quando os bons relacionamentos ficam ruins. Até nossas faculdades ficavam a minutos de distância uma da outra.
Com o passar dos anos, e apesar do que dizem por aí, nunca ultrapassamos nenhum limite. Nunca sequer pensei a respeito.Nunca quis. Até que, certa noite, tudo mudou. Pelo menos devia ter mudado…
Apenas amigos. Somos apenas amigos. Só estou dizendo isso até descobrir se ela ainda é “apenas” minha melhor amiga.
Fazia dias que eu não pegava um livro que me divertisse, me encantasse e me fizesse devora-lo. Sinceramente, Carter, entrou para a lista de melhores leituras do ano.

Carter e Arizona se conhecem desde a quarta série, mas não se tornaram melhores amigos de imediato. Ambos adoravam se provocar, tanto é que viviam tendo que escrever cartas de desculpas um para o outro a mando de suas mães. Mas, de repente, a relação entre eles mudou e se tornaram melhores amigos. 

A partir daí, Arizona e Carter se tornaram inseparáveis, do tipo que contava tudo um para o outro. Agora estão na faculdade, e muitos não entendem a amizade entre eles – principalmente as namoradas de Carter rs. Os amigos dele não consegue entender como ele nunca desejou Arizona, afinal, ela é linda. Mas Carter nunca a enxergou além de sua melhor amiga, e nem Arizona o enxergava como um possível pretendente, até que um dia tudo muda....

"[...] Eu me perguntava por que não a tinha olhado assim antes. Mesmo na quarta série (com a boca de metal e tudo), sempre a achei graciosa - ou melhor, bonitinha. Mas a mulher que andava em nossa direção era mais do que isso. Muito mais."

E essa mudança aconteceu num piscar de olhos. 


Do nada, eles percebem o quanto se sentem atraídos um pelo o outro. E nunca deixando a amizade de lado, eles acabam embarcando em uma amizade colorida. 

Se antes se davam superbem, agora as coisas estão ainda melhores entre eles. Carter e Arizona são perfeitos juntos, com uma química incrível; o que acaba nos rendendo ótimas cenas. Mas Arizona está prestes a se mudar para cursar culinária e seus dias estão contados ao lado de Carter. Como eles vão reagir quando ela tiver que se mudar? Ou melhor, como eles vão reagir quando os verdadeiros sentimentos que sentem um pelo o outro vierem à tona?

"Eu estava certa de que o amava, e não do mesmo jeito como eu o amava antes." 

Carter e Arizona são personagens tão maduros, daqueles que não tem medo de dizer o que querem e o que sentem. 

Arizona é aquela típica mocinha que gosta de ter controle sobre seus relacionamentos, tanto é que mantém uma tabela de compatibilidade rsrs. Ela há algum tempo está procurando alguém com quem pudesse se envolver, mas sempre na hora h desistia alegando não estar preparada. Carter, como o bom amigo que é, acaba se oferecendo para conseguir um cara pra ela antes que se mude... Mal sabiam eles que o cara seria Carter. 

Carter é lindo, maravilhoso, com um sex appeal incrível, então é claro que ele sempre teve todas as mulheres que queria. Mas seus relacionamentos nunca iam muito longe. E tudo se resumia a Arizona. E apesar de ter me dado vontade de bater nele na cena do aeroporto (quem leu sabe do que estou falando), depois quis me bater por ter duvidado dele. Foi lindo ele ter pensando no sonho de Arizona em primeiro lugar. Estou irremediavelmente apaixonada por ele. 

Foi incrível acompanhar desde o inicio o envolvimento entre Carter e Arizona, já que o livro mescla passado e presente. Narrado em primeira pessoa pelos protagonistas nos vemos cada vez mais envolvidos. E não sei se foi só eu, mas confesso que fiquei com gostinho de quero mais. Achei o final um pouco corrido.

A história apesar do bom e velho clichê, me conquistou. 

Adorei o livro, a começar por essa capa MARAVILHOSA. Amei o título, que é um pouquinho diferente, mas tem tudo a ver já que temos muitas cartas e e-mails no decorrer da história e Carter sempre assina com: Sinceramente, Carter, e veio daí o nome para o livro. Amei os personagens e a escrita da autora, e estou ansiosa para poder ler mais livros dela, já que essa foi a minha primeira experiência com sua escrita. 

Se vocês estão em busca de uma leitura leve, divertida e recheada de cenas quentes, OMG!, fica aqui a minha indicação.

Sinceramente, Taty ;).

Ficha Técnica:
Autor: Whitney G.
Páginas: 400
Editora: Universo dos Livros
Ano: 2017




Nenhum comentário

Postar um comentário