Resenha: Cinder & Ella, @editorapandorga

10 outubro 2017
Sinopse:“Faz quase um ano que Ella Rodriguez, 18, esteve em um acidente de carro que a deixou aleijada, com cicatrizes e sem a mãe. Após uma recuperação difícil, ela foi obrigada a atravessar o país para viver com o pai que a abandonou quando era uma criança. Se ela quiser escapar de seu pai e de sua horrível família adotiva, ela precisa convencer os doutores de que é capaz, física e emocionalmente, de viver sozinha. O problema é que ela ainda não está pronta. O único modo de se curar é se reconectar com a única pessoa no mundo que ainda significa algo para ela: seu melhor amigo anônimo, Cinder. Brian Oliver é a sensação de Hollywood e tem a fama de sempre causar problemas. Existem muitos rumores sobre sua participação no filme O príncipe druída, mas seus assessores dizem que o único modo de passar de adolescente sedutor para ator da lista A é mostrar que seus dias de selvageria ficaram para trás e que agora ele amadureceu. Para aplacar os comentários sobre a reputação de bad-boy, seu assessor arranja um casamento falso com a coadjuvante Kaylee. Brian não está animado com a noiva falsa ou o casamento, mas ele fará qualquer coisa para conseguir sua nomeação ao oscar. Até que o e-mail de uma antiga amiga da internet muda tudo.”

Quando iniciei a leitura de Cinder e Ella acreditei que iria me deparar com mais um conto de fadas cheio de Clichê, entenda eu amo um bom livro clichê, mas fiquei surpresa de uma forma positiva em ver que o livro é muito mais que isso.

Conhecemos a história de Ellamara Rodriguez, uma garota linda que vive com sua mãe, louca por leituras e tudo que envolva o mundo literário tanto que tem um blog literário onde expressa sua opinião a respeito de livros e filmes. Personalidade forte e uma opinião própria tem sua legião de seguidores em especial Cinder que se tornou seu melhor amigo de toda a vida, talvez seria até mais se conhecessem um ao outro além da web.

Brian Oliver por sua vez é o astro badalado do momento, nos holofotes dos filmes juvenis, vive na sua vida um verdadeiro paraíso e inferno pessoal, rico, bonito, famoso, porém se sente completamente vazio dentro de seu mundo, só consegue sentir sendo ele mesmo quando é Cinder e fala com a sua melhor amiga do mundo inteiro Ella, pena não ser algo mais.

No aniversário de 18 anos de Ella sua mãe decide a levar para fazer uma viagem, as duas vivendo juntas sozinhas, a mãe fazia o que podia para fazer a filha feliz, porém a viagem não sai como o esperado e elas sofrem um acidente que irá mudar o curso de suas vidas.

No acidente sua mãe morre, e Ella tem mais cicatrizes no corpo e na alma do que é possível contar, o acidente trouxe para Ella além de uma depressão e uma tristeza profunda, o fato de que ficou com parte do corpo desconfigurado e com uma dificuldade de locomoção, além de ter que ir viver com seu pai o homem que a abandonou quando ainda era criança.

Com isso ela perde tudo em sua vida e não sabe como poderá se reencontra, morando em uma casa com sua madastra e suas duas filhas, em uma nova escola cheia de pessoas preconceituosas que a tratam e a olham como se fosse uma doente, isso a deprime a cada dia mais o que faz sua terapeuta dizer a ela que ela precisa se reconectar com alguém, isso a leva pensar apenas em CInder, seu melhor amigo com quem ela nunca mais falou.

Brian mudou sua vida, aproveitando a onda de sucesso, virou um bad boy inconsequente, em um papel de um filme que o pode a levar conquistar o Oscar não se importa o que é preciso fazer para que chegue lá e tudo isso por que se viu sem Ella, o que havia acontecido com ela afinal? Eles estavam falando por mensagem e do nada ela não lhe respondeu mais, ela não publicava mais em sua página, não atendia suas ligações, era como se ela não passasse de um sonho, agora que ele estava fazendo o papel principal de sua série de livros favoritas ele queria Ella ali para juntos comentarem sobre essa adaptação, ele tinha certeza de que ela teria muitas ideias a respeito do filme, como ele sentia a falta dela.

Então em meio a pressão, ao ódio de suas irmãs, a escola que era insuportável, com o coração batendo ruidosamente em seu peito ela mandou uma mensagem para Cinder que não podia acreditar que depois de oito meses estava falando com a Ella. 

E com isso a amizade deles se reconectou, e Ella conseguiu se sentir um pouco mais ela, fez uma nova amiga na escola que era tão vítima de preconceito quanto ela, voltou a postar em seu blog, e até ganhou um pouco do carinho de uma de suas irmãs. 

Ela se sentia um pouco mais ela mesma, falar com Cinder era sempre encorajador a continuar vivendo, mas uma vontade de se verem começou a crescer e eles não poderiam imaginar que este encontro ocorreria da maneira mais inusitada e assustadora possível. Ella saberia afinal quem era Cinder ao olhar em seus olhos mesmo não sabendo seu real nome?

Uma reviravolta em sua vida e capaz de a desestruturar e reconstruir, Conseguirá Ella no final de seu conto de fadas ter seu Felizes para sempre?

“O problema dos contos de fadas é que a maioria deles começa com uma tragédia. Eu entendo o que está por trás disso. Ninguém gosta de uma heroína mimada. Uma grande personagem precisa de dificuldades para superar – de experiências que deem a ela profundidade, que a deixem vulnerável, com as quais possamos nos identificar e que sejam agradáveis. Boas personagens precisam de desventuras que as tornem fortes. ”

Um conto de fadas real é a definição para Cinder e Ella, que fala não apenas de um romance entre dois amigos de web, mas retarata o bullying, o preconceito, a depressão e o que seus sintomas podem levar a pessoa a fazer, retrata como o poder da amizade pode ser melhor que uma terapia, que medicamentos. 

Uma história envolvente cheia de detalhes que fazem referências ao conto de fada, e que mistura o mundo real de Ella e Brian com o universo fictício de seus livros favorito, com uma levada divertida mesmo sendo um livro de assuntos tão complexos, com certeza uma leitura que vale a pena conhecer e recomendada para todas as idades.

Deixo aqui 4 notas musicais para Cinder e Ella de Kelly Oram.



Um grande beijo e até mais!
Ficha Técnica:
Autora: Kelly Oram
Editora: Pandorga
Ano: 2016
Páginas: 304
Skoob: Cinder & Ella 

Nenhum comentário

Postar um comentário