Resenha: Cordas do Coração, @editorapandorga

23 outubro 2017
Sinopse: Allison Slater, de 21 anos, é apaixonada pelo colega de banda de seu irmão, Rhys McGowan, desde seus treze anos. Mas, para ele, ela sempre será a irmãzinha de Jake e fora do limite. Agora, no segundo ano de faculdade e se recuperando de um relacionamento ruim, Allison tem como objetivo fazer com que Rhys a veja como alguém com quem poderia sair... talvez até se apaixonar. Sua oportunidade surge quando Rhys viaja para a casa dos pais em Savannah, cidade na qual estuda. Mas a noite com a qual sempre sonhou acaba se tornando uma grande decepção, e ela percebe que nunca será a pessoa certa para Rhys. Para Rhys McGowan, o pesadelo começa quando acorda nu e de ressaca ao lado da irmãzinha de seu colega de banda. Incapaz de lembrar qualquer coisa sobre a noite passada, ele piora a situação mentindo para Allison, dizendo que não está interessado nela. A verdade é que ele passou o ano anterior tentando ignorar a reação de seu corpo toda vez que estava muito perto de Allison. Sua decisão é testada quando Allison parte em uma turnê com a Runaway Train, como babá de Jake e Abby, para cumprir seu estágio em design de moda. Quanto mais Rhys fica ao lado de Allison nas pequenas instalações do ônibus, mais difícil é resistir a ela. Rhys irá perceber que um relacionamento com Allison vale a pena, mesmo que isso signifique brigar com seu melhor amigo?

Olá pessoal, tudo certinho?!?! Rolou uma quase maratona de Runaway Train por aqui rsrsrs, então hoje bateremos um papo sobre o terceiro, e último publicado por aqui, até o momento. E aqui conheceremos quem vai arrebatar o coração do baixista, solteiro convicto, Rhys.
E agora, como as cordas de um instrumento perfeitamente afinado que tinham se curvado sob a tensão, estávamos rompidos, se não arruinados.
Allison, irmã de Jake, sempre foi apaixonada por Rhys, mas como ela nunca passou da irmã mais nova do melhor amigo, ela sabia que nunca teria chance com ele. Mesmo depois da jogada mais ousada de sua vida em sua festa de debutante, aos 16 anos. (Sim, meninas americanas debutam aos dezesseis). Como sua investida não resultou naquilo que foi esperado, ela seguiu sua vida, mas ainda amando o baixista da banda de seu irmão.

Rhys, sempre foi uma incógnita para mim em muitos aspectos. Mas não havia dúvidas que seu destino seria selado ao lado de Allie-Bean, apelido carinhoso com o qual é tratada. Mesmo que sua reação ao beijá-la em sua festa de 16 anos tenha sido estranha a ele, jamais cogitou qualquer coisa com a irmãzinha de seu amigo. Até agora. Quando ele resolve ir visitar a família, não toda pelo menos, e acaba por passar um tempo de qualidade com ela. E aí reside todo seu dilema. Porque ela não é mais uma menina. Ela é uma mulher.
Nada funcionaria entre mim e ela. Havia muitos obstáculos para superarmos. Só tenho de continuar dizendo isso a mim mesmo.
E assim passaram três semanas felizes juntos em Savannah até que em uma noite, após uma grande desilusão e uma farta quantidade de tequila, eles acabam se entregando aos desejos. Na manhã seguinte as coisas não acontecem como o esperado, para nenhum deles, principalmente para Allie... E aí começa o tormento dela, de amar e não ser correspondida. E o dele de ter acabado com a melhor coisa de sua vida, a amizade dela.
Ela era meu coração, minha alma, meu mundo, e eu era um filho da mãe sortudo por tê-la.
Pois bem, esse foi um livro que esperei muito para ler porque não queria me decepcionar com Rhys, não que ele fosse meu personagem favorito da série, mas ele sempre foi o cara que eu imaginava que cairia de amor por alguém e que seria épico... até foi, mas as atitudes canalhas dele, e não o fato de ter se apaixonado por Allie.

Até onde devemos colocar as amizades na frente de nossa felicidade? Para Rhys essa sempre foi a questão primal de não assumir seu amor por ela. Mas no final fica muito claro que as questões que o impedem de assumir seus sentimentos são bem mais complexas que isso. Mas ainda assim ele tem seu charme e não consegui desgostar de sua história.
As cordas dos nossos corações estavam irremediavelmente entrelaçadas.
Entretanto a autora, a meu ver, se perdeu tentando organizar a cabeça de dele com as questões para resolver, ela tinha um filão dramático de família que renderia páginas de angústia e “sofrência”, que afinal é o que gostamos, e apostou na coisa errada. Não tirou o brilho da trama, mas não leva cinco estrelas. Adorei conhecer o Rhys caseiro, aquele que ama sua irmã, que ama e reconhece quem o fez feliz e que reconhece que a felicidade nada tem a ver com status social.

Então quatro estrelas para Cordas do Coração!

Ficha Técnica:
Autor: Katie Ashley
Páginas: 352
Editora: Pandorga
Ano: 2016

Até mais

23 comentários

  1. Adoro essa série! E concordo com você sobre a questão de que a autora meio que se perdeu, ela poderia ter explorado muito melhor a questão do background dele... Mas Rhys é muito amorzinho! <3

    ~ Blog Compulsivamente Literária

    ResponderExcluir
  2. Olá
    O livro não é muito o que gosto de ler, que pena que o livro não foi tudo o que você imaginava que poderia ser, mas no final o que importa é que você gosto da história como um todo.

    ResponderExcluir
  3. Meio clichezão essa história não??
    Eu amo um Clichê mas as vezes acho que alguns autores batem constantemente na mesma tecla aí acabo perdendo o tesão na leitura.
    Curti conhecer a obra aqui no seu blog, até porque eu não conhecia nem a obra nem a autora, mas vou passar a dica dessa vez!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, eu já sabia da existência desses livros, mas não tinha vontade de ler, mas a cada resenha dessa série me fez mudar de idéia. Estou curiosa para ler esse livro e os outros. Gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  5. Oie!

    Já vi bastante gente falando sobre essa série de livros, mas eles não despertaram minha curiosidade, amo esse estilo de história mas essas terei que passar a dica!

    BJss

    ResponderExcluir
  6. Oii Anastacia

    O livro tem uma capa linda, mas te confesso que a história não é bem meu estilo, mesmo assim fico feliz em saber que vc curtiu.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Nana lindona o que há com os homens dessa banca sempre com atitudes canalhas hein? As mocinhas precisam de muita passividade caramba. Comprei o restante da série para ler, espero que ele se redima a altura. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  8. Olá, Anastacia! Não conhecia o livro e acredito que não faria parte das minha sleituras preferidas, mas gostei da sua análise e da sua resenha.

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá! A capa está ótima, mas a premissa do livro não me atraiu muito, vi que você estava ansiosa para ler, uma pena você ter curtindo tanto o final, Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Anastacia
    Ainda não li a série, apesar de adorar o gênero. Que bom que gostou, mesmo com sua pequena ressalva. Quando uma história conquista, ou um personagem, é difícil não se apaixonar, mesmo com alguns probleminhas.

    ResponderExcluir
  11. Oi Anastacia.

    Apesar de gostar muito das histórias do gênero, eu ainda não tive oportunidade de começar a essa série. Mas pela informações que você deixou na resenha, eu vou adicionar na minha lista de desejados. Estou bem curiosa pela história.

    Bjos

    ResponderExcluir
  12. Hey, tudo bem?
    Ainda não conhecia esse título, mas confesso que não fiquei muito interessada em fazer essa leitura, pois não é um tipo de livro que chama muito minha atenção e também achei muito ruim a autora ter se perdido tentando organizar a cabeça do personagem.
    Vou passar a dica por enquanto!
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia essa série, mas achei interessante conhecer suas impressões dessa leitura. Sou casada com um guitarrista e estudo contra baixo 🤓😉😘💕🎸🎧💕 mas confesso que não gosto muito de ler livros sobre músicos, mas enfim, anoto a sua dica aqui. Quem sabe bate a curiosidade depois. Uma pena a autora ter se perdido um pouco no desenrolar da mente do personagem =( parabéns pela leitura!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  14. Oi, Anastacia!
    Faz um tempo que li essa série, mas eu adoro todos os livros. Gosto muito de histórias que envolvem música e bandas de rock, as narrativas são sempre muito empolgantes. Leitura deliciosa!

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  15. Olá. O livro tem cara de que arrebata corações mesmo, não conhecia o enredo parece daquelas leituras rápida e legais para não ter ressaca literária. Pena que a autora errou um pouco na mão e você não deu cinco estrelas.

    ResponderExcluir
  16. Olá, ainda nçao conhecia a obra, gostei bastante da premissa mesmo não sendo nada novo, mas acho que é algo que eu leria no momento por ser um romance com um pouco de drama, obrigada pela dica!

    bjs

    ResponderExcluir
  17. Fiquei doida nessa sinopse . Sério, não é meu tipo de livro mas essa resenha me convenceu! Kkk
    Se tratando de romance sempre tem uma escolha narrativa do autor que acaba irritando, pelo menos comigo é assim, sempre tenho a impressão de que estão tentando aumentar a história, mas no geral acaba agradando, senti que foi isso que aconteceu com você e é o que acontece comigo na maioria dos romances que eu leio.

    ResponderExcluir
  18. Oi! Sua resenha está ótima, mas já pela capa não despertou meu interesse. O enredo é clichê, e eu até gosto de clichês, mas depois de suas ressalvas sobre o aproveitamento da história não me senti tentada a ler. Passo a dica dessa vez.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  19. Ola!!
    Nossa que maratona gostosa essa que você fez hein?
    Eu gosto muito de livros que envolvem bandas de rock e tem essa pegada, por isso eu li o primeiro volume dessa série e gamei. Infelizmente não consegui seguir com a leitura, mas meu Deus, quero pra ontemmmmm!!! haha

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  20. Nunca li nada da autora ou nada referente a essa série. Mas admito que a proposta em nada me atrai, não curto enredos com essa pegada, e o fato da autora ter se perdido na construção da personalidade só colaborou pra que eu não aceitasse a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. E eu até hoje não li nenhum dos livros da série... Esse foi o que teve a sinopse que mais me chamou a atenção... E fiquei "triste" em saber que a autora se perdeu em alguns pontos, mas se vc deu 4 estrelas significa que mesmo assim, a leitura ainda vale a pena!

    ResponderExcluir
  22. Ainda não li a série, apesar de adorar o gênero.
    Estou curiosa para ler esse livro e os outros.

    ResponderExcluir
  23. Olá, tudo bem Ana? Não conhecia a série, e confesso que fiquei bem curiosa, ainda mais que curto histórias com bandas. Pena que a autora se perdeu um pouco, mas como você mesma disse, não atrapalhou a história. Irei dar uma conferida na mesma. Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir