Resenha: Racer, @authorkatyevans

11 outubro 2017
Sinopse: Um novo romance contemporâneo da autora best seller do New York Times e USA Today, Katy Evans.Um menino malvado com algo a provar. Uma mulher com uma missão. A carreira de suas vidas.O amor de uma vida inteira.Não acho que seus pais esperassem que ele fizesse jus a seu nome - Racer Tate -, mas uma vez que sentiu a adrenalina estando ao volante, ele estava viciado.Ele é o motorista mais rápido e mais feroz ao redor.O novo talento do olheiro me leva à sua porta ... mas o sorriso dele me deixa de joelhos.O sexy, misterioso Racer Tate não é o tipo de homem que uma garota como eu se interessa. Ele é reservado, imprudente, indescritível. Mas sua proximidade me empurra para além da razão, e seu beijo....Esta é a nossa última chance de ganhar, e ele é a nossa única esperança. Eu deveria assisti-lo – me certificar que ele não tenha problemas. Mas é uma tarefa impossível. E agora, quem está com problemas de coração torcido, de náuseas e de crise na alma sou eu. Porque quando seu coração pertence a alguém, suas verdades se tornam suas, e seus segredos tornam-se sua salvação ... ou sua maldição.Ele diz que me quer. Que sou a única. Mas também acha que vai quebrar meu coração, uma peça de cada vez, até que ela tenha desaparecido.
Olá pessoal, tudo certinho? A resenha de hoje é de uma autora que eu gosto muitoooo!! Apesar do meu amor platônico pelo seu personagem Remy Tate, descobri várias pessoas que não gostam dele, e fiquei como? Chocadaaaaa (risos). Mas hoje a história não é dele. Então se você não conhece a série, Real, publicada aqui no Brasil pela Novo Século e, não faz ideia de quem estou falando, esse livro por si só é uma grande spoiler...

Remy e Brooke tiveram um lindo filhinho, Racer <3 e esse livro é a história dele, a história do filho deles, agora adulto e viciado em adrenalina fazendo aquilo a que seu nome se propõe: sendo piloto de automóveis. Apesar da autora usar como exemplo a F1, e aí achei bem confuso porque as regras da F1 são um pouco diferentes, mas não sou especialista no assunto e não é meu objetivo avaliar isso, e sim, a história!

É nesse universo das corridas que Lana e Racer se conhecem ela da equipe do pai, uma equipe que está passando por muitos problemas, inclusive de ordem pessoal, precisa de um grande piloto, e ninguém mais, ninguém menos que o louco Racer Tate é quem, teoricamente vai salvar a todos. Só que ele também precisa de salvação, de alguma forma.
I’m not here for romance. I’m here for work.
Não estou aqui para romance. Estou aqui para trabalhar.

Mais uma vez a autora conseguiu me fisgar em pouquíssimas páginas e me fazer mais uma vez suspirar por um Tate. Os segredos que ambos guardam são o grande cerne da história e obviamente a paixão que um sente pelo outro que é de fazer ferver os motores, literalmente!

Em uma história envolvente, no universo glamoroso das corridas de carro, Katy Evans monta o cenário perfeito para garantir que Racer seja tudo aquilo que esperamos e imaginamos. Com vários personagens cativantes e com algumas situações inusitadas, mais uma vez nos vemos nas garras de algum membro da família Tate!
My dad? He's Fucking grinning ear to ear. The pride in his eyes, the pride basically oozing off him as he looks at me across the screen.
Meu pai? Estava com um puta sorriso de orelha a orelha. O orgulho em seus olhos. Basicamente estava escorrendo dele, enquanto me olhava pela tela.
Eu sou a pessoa mais suspeita do mundo quando se trata de Katy Evans, eu adoro seus livros e suas histórias, então para é sempre muito difícil não me encantar pelas histórias dela. E com Racer não foi diferente. O personagem é encantador, e Lana dá um banho em Brooke, que eu sempre achei bem meia boca, mas aqui a personagem feminina é mulher que briga de igual para igual no padock.
So far, Racer has not only shown he has incredible talent, a lot f guts, and a Strong car, but he’s also shown to be the angel’s golden boy.
Até agora, Racer não só mostrou que tem um talento incrível, muita coragem e um carro forte, mas ele também que é o menino de ouro da Angel’s.
Eu me encantei e cada vez que Remy apareceu meu coração se aqueceu e me deu aquela vontade de reler a série, aí meu coração também se entristeceu porque ainda não saiu por aqui o último livro, Legend. Entrei em contato com a Novo Século e ele me disseram que ainda não tem nenhuma previsão. Então reitero aqui, que quando esse dia chegar, conte conosco Novo Século, pois queremos Legend em nossa estante!

Lana Heyworth. Marry me. Be with me. Be my girl, always. Now. Tomorrow. Forever.
Lana Heyworth. Casa comigo. Fique comigo. Seja minha garota, sempre. Agora. Amanhã. Para sempre.
Cinco notas musicais para Racer e sua vida loka ;)

Ficha Técnica:
Autor: Katy Evans
Páginas: 300
Editora: Amazon
Ano: 2017
Skoob: Racer 

Até mais
*Tradução livre

6 comentários

  1. EU PRECISO DEMAAAAAAAAIS LER ESSE LIVRO!
    SOCORROOO

    ResponderExcluir
  2. Olá Ana!!!
    Ameiii a resenha!!!
    Confesso, q ainda não tenho a Série do Remi em físico, mas não é por falta de amor ao delícia do Remi, mas por falta de "tempo $" kkkkk
    Apoio o pedido de publicação do Legend, pq daí quando conseguir comprar, vou ter completa...
    Preciso Muitoo ter/ler o Race, já vai pra imensa lista tb ;-)
    Bjs :-*

    ResponderExcluir
  3. Jesus amado, mulher! Hahahahah Estou com trocentos livros para ler e ainda fui ver essa sua resenha! Acho que alguém vai ter que furar a fila! hahahhahahah

    ~ Blog Compulsivamente Literária

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Achei bem interessante a parte de bastidores do automobilismo, mas esse estilo mais romântico/sexy não me agrada muito, mas parece ser um livro incrível para as fãs.

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Nunca li uma história com essa pegada de f1, deve ser muito interessante - apesar de ser um estilo de livro que não costumo ler tanto assim. Não conhecia a autora, mas vou pesquisar mais sobre ela. Ah, adorei a sua resenha, deu pra ver que você realmente curte ;)
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Tudo bom?
    Nossa que triste que eu nunca li nada da autora, pois deu para ver realmente que ela é ótima, e por isso você gosta muuitoo.
    Beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir