Resenha: Estamos Bem, @plataforma21_

27 novembro 2017
Sinopse: Marin deixou tudo para trás. A casa de seu avô, o sol da Califórnia, o corpo de Mabel e o último verão agora são fantasmas que ela não quer revisitar. O retrato de uma história em que já não se reconhece mais. Ninguém nunca soube o motivo de sua partida. Nada se sabe sobre a verdade devastadora que destruiu sua vida.
Agora, ela vive em um alojamento vazio e está sozinha no inverno de Nova York. Marin está à espera da visita de sua melhor amiga e do inevitável confronto com o passado. As palavras que nunca foram ditas finalmente se farão presentes para tirá-la das profundezas de sua solidão.

O desconhecido é um lugar escuro.


Olá pessoal, hoje falaremos desse livro que é lindo e dolorido ao mesmo tempo. Ele trata de perdas, mas também de como elas nos fazem ganhar em aprendizado. É um livro que você lê em poucas horas e se encanta para toda a vida.

Marin vive com seu avô desde que se lembra, sua mãe morreu quando era muito jovem, e a semelhança entre elas sempre a faz se sentir desconfortável, pois todos os amigos surfistas dela, a tratam como se fossem velhos conhecidos sem respeitar seu espaço pessoal. Ao contrário deles, ela e seu avô, respeitam demais a individualidade de cada uma, nunca ultrapassando os limites.
Fiz algumas anotações, peguei Jane Eyre e me deitei no sofá. Eu já o tinha lido mais vezes do que conseguia contar, assim como meu outro livro favorito, Cem Anos de Solidão. Enquanto o segundo me prendia por sua magia e suas imagens, sua complexidade e sua amplitude, o primeiro preenchia meu coração. Jane era tão solitária. Tão forte, sincera e honesta. Eu amava ambos, mas eles satisfaziam desejos diferentes.
Hoje Marin está longe, vivendo uma vida que não era exatamente a que queria e a que tinha esperado e planejado. Longe de tudo e de todos. Longe de sua melhor amiga que por acaso é alguém que ela amou, ou ama, vai saber. O que sabemos é que ela se isolou e está se punindo, se é que podemos dizer assim, pelos segredos e mentiras que foram ditos a ela, e que no final acabou moldando toda a sua vida.
Quando descobrimos que não sabemos nada do que julgamos saber é um choque muito grande, na vida de uma jovem isso tem um efeito muito mais devastador. Mas ela sabe que precisa colocar as coisas e a mente no lugar, e mesmo que tenha se isolado por tantos meses, Mabel vem visitá-la no início do recesso. Tenta convencê-la a voltar no Natal para perto dos que a amam, mas isso significa ter que enfrentar toda uma vida de loucura e mentiras que abalou profundamente sua alma.
Não demorou para só estar ele no mar, e todos nós enfileirados, olhando. Ficamos assim por muito tempo. Não lembro quanto, mas até ele terminar. Então ele voltou, pôs a prancha embaixo do braço e passou direto. Como se fôssemos invisíveis. Nem sei se ele reparou que a gente estava lá.
Achei o livro meio confuso no início, mas logo percebi a beleza da narrativa empregada, percebi que aquela confusão era necessária para entendermos a personagem, para entendermos seu isolamento e sua dor. Um livro tocante e simplesmente emocionante, mesmo que seja carregado de dor. E com um final lindamente surpreendente.
Aquela garota teria consolado Mabel. Teria tocado nela, como se fosse simples. Levanto a mão e procuro um lugar seguro em seu corpo. O ombro. Eu a toco lá, e antes de ter tempo de pensar se é indesejado, a mão de Mabel cobre a minha, segurando-a.
Vocês precisam conhecer estamos bem. Precisam conhecer Marin e Mabel e ver que as descobertas e o amor de uma pela outra não precisa mudar por não estarem mais tão perto. Que a amizade acima de tudo é entender que a dor do outro precisa ser compreendida e acima de tudo respeitada.
Eu Estava com medo da minha solidão.

De como havia sido enganada. [...]

Eu tinha medo do homem que amara e do fato que ele era um estranho. [...]
Tenho medo dele nunca ter me amado.
Quatro notas para Estamos Bem!

Ficha Técnica:
Autor: Nina LaCour
Paginas: 224
Editora: Plataforma 21
Ano: 2017
Skoob: Estamos Bem

Até mais


15 comentários

  1. Olá Ana!

    Estou com esse livro no meu Kindle para realizar a leitura em breve. Gostei bastante da forma como você ressaltou os temas que a autora aborda nessa trama. Sempre que leio histórias que mostram a relação entre amigos e/ou familiares tento encaixar de alguma forma no que vivemos dia a dia e tirar uns momentos para reflexão.
    Fiquei animada para embarcar nessa leitura emotiva.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. A capa do livro é linda, assim como a premissa dele parece ser. Gosto deste choque de realidade que a leitura parece proporcionar, então é claro que quero saber o desfecho da amizade de Marin e Mabel.
    Dica anotada.


    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Eu comprei esse livro pela capa e a história me surpreendeu muito a forma como a escritora tratou dos temas familiares

    Beijos
    https://florescendolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ola, eu amei essa capa, mais não tenho vontade de ler essa historia por isso eu passo essa dica. Mais é importante o livro me parece ser muito emocionante por tratar do envolvimento e do amor entre as protagonista

    ResponderExcluir
  5. Anas e a bligueirinha que você respeita mano, ela tem o dom de resenhar e logo em seguida tu queres pegar o livro para ler, eu amo a abordagem familiar e de amizades em livros esse vai para fila do inss da leitura.
    Beijos
    Anne

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Primeiramente, que capa linda essa! Estou vendo falarem bastante deste livro ultimamente, e cada vez minha curiosidade aumenta mais. Parece ser um livro encantador e emocionante. Adorei tua resenha!

    Beijos,
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Fiquei encantada com a sua resenha, seu mode de falar do livro me deu muita vontade de conferir a história, muito mais que a sinopse. Fiquei muito curiosa para desvendar esse segredo e me envolver na vida das personagens. Obrigada pela dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?

    comprei esse livro agora na Black Friday e estou bem ansiosa para iniciar a leitura. Adorei a escrita da Nina depois que li "À primeira vista", livro dela com o David Levithan. Pelo o que andei lendo sobre a obra, ela parece ser bem legal. Será uma das minhas primeiras leituras de 2018.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. oieee
    sempre vejo essa obra e acho a capa maravilhosa mas não sabia do que se tratava, e adorei sua resenha, me deixou bem curiosa, espero conseguir ler em breve

    ResponderExcluir
  10. Oi, Tudo bom?
    Já vi esse livro e sempre acho a capa dele lindinha, mas não sabia do que se tratava a sua narrativa, pareceu-me em interessante.
    beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia o livro, mas achei interessante ao ler sua resenha. A capa me deixou intrigada e curiosa. Não costumo ler dramas, mas pelo que pude entender com suas palavras ele não chegar a ser tão pesado apesar de sofrido. Enfim, valeu pela sugestão de leitura. Beijos e parabéns pela leitura e resenha!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  12. Olá
    Que capa linda, me lembrou até uma Grafic Novel. Amo histórias de amizade, de fuga e retorno ao lar, então acho que posso gostar muito do livro, a história parece realmente linda.

    ResponderExcluir
  13. Também achei o início confuso, na verdade, até a metade, a narrativa é meio estranha não linear. Eu tinha expectativas altas pro livro, mas não foi essa leitura fantástica que estavam comentando. Foi boa. E a reviravolta realmente eu não esperava.

    ResponderExcluir
  14. olá!
    Ganhei esse livro de Amigo Secreto e estou bem ansiosa para fazer essa leitura. Fiquei muito feliz por você ter lido e ter curtido, apesar de o começo confuso. Eu acho a leitura dolorosa só de ler resenhas, sabe?
    Espero curtir o livro!
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi! Não conhecia a obra e adorei essa capa.
    Só a história em si não faz muito meu estilo de leitura. Até gosto de leituras sobre autodescobertas, mas não me senti muito atraída. Indicarei a uma amiga, porque parece ser bem a carinha dela rsrs...
    Beijos!

    ResponderExcluir