[Tag Ele me faz chorar] O guardião

22 novembro 2017
A postagem de hoje é um pouco diferente das que costumo fazer, ou seja, não é uma resenha, mas fala de livros, obviamente. 

Nicholas Sparks é o meu autor favorito, mas, como você já deve saber, ele é o rei do drama. Eu não entendia por que Nich escreve livros com finais infelizes, sempre matando ou o protagonista ou alguém importante da trama, até ler Três Semanas com meu Irmão e conhecer sua trágica história de família. É de sua vida que ele traz inspiração para seus romances. 

Não sei o que aconteceu que o inspirou a escrever O Guardião, mas esse livro foi o único do Nicholas que me fez chorar. Agora vem o spoiler, que é a explicação, então, se você não leu esse belo romance, é hora de dar tchau. Obrigada por sua visita!



Se você já leu ou não se importa em saber de mais, quem morre em O Guardião é o cachorro. Julie, a protagonista, o ganhou em uma lindíssima homenagem de seu falecido marido, para que ela não se sentisse sozinha.

Os personagens de Nicholas sempre morrem de forma heroica, e Singer não poderia morrer de forma diferente: perdeu sua vida ao defender sua dona, que corria risco de morte por conta de um psicopata. 

Você pode até me chamar de coração de pedra, porque eu não chorei com a morte de nenhum dos outros personagens (isso quase aconteceu em A Última Música), mas eu sou coração mole de mais quando se refere a cachorro. E achei muito triste e injusto o mais leal dos companheiros ter um final triste. Isso não poderia ter acontecido!

E olhem que coincidência incrível: o Facebook me enviou uma lembrança hoje, que era o meu desabafo quanto a essa morte. Ou seja, há exatamente quatro anos eu soube que Singer ia morrer! E eu fiquei tão triste que tive que parar a leitura no começo da tarde, para digerir a morte do cachorro e continuar a leitura horas depois. 

Então é isso: Nicholas Sparks não poderia ter matado Singer. Eu fiquei triste e aceitei todas as outras mortes, mas não a dele! Por esse motivo, eu te odeio, mas por todos os outros, você mora no meu coração!

Para finalizar, mais uma vez agradeço à amiga e colega daqui do Notas, Fabiana, que passou um dia inteiro no evento para conseguir um autógrafo do meu autor favorito, e fez a gentileza de enviá-lo por correio. Valeu, Fabi, você é demais!

E você, qual autor te fez chorar? Conta pra mim?! 

2 comentários

  1. menina só dá Nicholas nessa tag!! Adorei a sua escolha, apesar de não ser a minha. O livro que mais chorei, atualmente, foi Caçadora de Estrelas, meu Deus quase desidratei!

    Beijinhos da Paty :)

    ResponderExcluir
  2. Eu devo ser coração de pedra mesmo, porque nem cheguei perto de chorar nesse haha

    Fiquei triste, claro, mas só.

    Beijos!

    ResponderExcluir