Resenha: Maior que Tudo, @AmazonBR

10 janeiro 2018

Aos 26 anos, brasileira e morando em Nova York, a sonhadora e romântica professora Anna já desistiu do príncipe encantado. Apaixonada por musicais da Broadway, vive através do teatro as emoções que acha que nunca terá na vida real. Sem se sentir atraente fisicamente, passa os dias entre o teatro e os alunos, sem nunca ter experimentado uma verdadeira paixão. Tudo muda ao conhecer o misterioso Joel. De uma beleza estonteante e com a sensualidade à flor da pele, ele tem o poder de tirar Anna da concha e mostrar que além de tudo o que tem para aprender, ela pode ter mais a ensinar do que imagina. Conhecer um homem como Joel, muda a forma como Anna encara a vida, os homens e a si mesma. Ele não oferecia nada além de prazer, mas seria possível que ele visse além da aparência física e se interessasse de verdade por ela? Ela sabia que era difícil acreditar nele, mas como questionar se ele era tão honesto ao afirmar que não poderia lhe oferecer nada além de prazer e cupcakes? Devia aceitar o que ele oferecia embora achasse que não era suficiente? Devia pular do precipício que era o relacionamento meramente sexual que ele propunha? Anna queria responder a essas perguntas de forma honesta e tomar uma decisão consciente, mas bastava que Joel a tocasse para que tivesse todas as suas respostas, físicas e mentais, a seu favor.... Estava perdida.

Não costumo reler livros e também não leio hot. Eu também não costumava ler autores nacionais, mas A. J. Ventura mudou tudo isso em mim. Não só Maior que Tudo foi minha primeira leitura do ano (releitura, porque já havia lido digitalmente há um tempo), como eu li todas as páginas de um romance  hot nacional. Poderosa, hein, amiga? 

Pois é, Maior que Tudo foi um livro que marcou a minha vida literária. Recebi o livro impresso como um presente da autora, com uma linda dedicatória. Merece ou não uma releitura? Mas não é por isso: Maior que Tudo é um lindo romance, de superação, de aceitação. As cenas eróticas têm conteúdo, acontecem de forma natural dentro do enredo, não teria como deixar de ser. E não tem nada demais: já li coisa mais hot em livros de romance de época. Afinal, não tem como descrever o romance de Anna e Joel sem essas cenas, muito menos sem pensar em cupcakes.


Anna é uma brasileira que mora em Nova York, e ela é apaixonada por musicais. Certa noite, no intervalo de uma apresentação, a morena vai ao banheiro e se depara com um cara lindo. Ele pede a ela uma informação e é só. Para ela, não tinha como ser diferente. Afinal, por que um gato daqueles iria se interessar por uma gordinha?

Não que tivesse algum tipo de sentimento de oportunidade perdida, afinal, um homem como ele nunca olharia para uma mulher como ela, mas sem dúvida aquele velho sentimento de que as coisas nunca aconteciam para ela, voltou. Óbvio que um homem daqueles nunca olharia para ela com intenção de fazer qualquer coisa que não fosse uma pergunta impessoal ou pedir informação. Estava acostumada com o sentimento, mas ele sempre vinha acompanhado de uma pontadinha de dor.
Só que Anna teve um novo encontro com Joel e não demorou nadinha para eles se encontrarem, foi logo no dia seguinte. Os dois começam uma amizade repleta de sedução, de indiretas, e Joel descobre que Anna é virgem, apesar de já ter 26 anos. Resultado: ele diz que gosta de estar com ela, que os dois podem ficar juntos, mas sem compromisso algum, que ele não quer se comprometer com ninguém. E a partir do momento em que isso não funcionar mais, qualquer um dos dois pode pedir o fim dessa história, sem cobranças ou explicações.

Os encontros de Anna e Joel duram alguns meses, sempre na casa dela (tirando o primeiro que foi na casa de praia dele). Ao que parece, as coisas estão funcionando muito bem pra ele, mas Anna se percebe a cada dia mais apaixonada. Ela desabafa com sua melhor amiga, Pat - uma brasileira muito doida e querida, cozinheira de mão cheia, que terá seu final feliz no próximo volume da série - e é aconselhada a contar os seus sentimentos. Vai que Joel também gosta dela e os dois podem engatar um namoro? Quem sabe, né?

Bastaria uma conversa para a situação mudar, se ambos quisessem. Mas, ao que tudo indica, Joel não é totalmente honesto com Anna. Acima eu citei que ele sempre ia na casa dela. Mesmo depois de um tempo, Anna ainda não conhece o apartamento de Joel na cidade. Portanto, ela não hesita em aceitar o convite para conhecer sua residência, onde finalmente ela poderá descobrir alguns segredos. Só que Joel pode ser casado.

Três pessoas sorriam na foto. Duas olhavam para ela. Uma mulher jovem de cabelos louros e olhos claros com potencial para ser modelo abria o mais perfeito sorriso. No seu colo estava uma fiel cópia em miniatura do homem que dormia no quarto ao lado. A criança, que sorria como se tivesse ouvido a melhor das piadas, com a cabeça ligeiramente para trás, tinha os cabelos despenteados como o pai ficava às vezes e jamais precisaria de um teste de DNA para comprovar que era seu filho. Único na foto a não olhar para ela, Joel olhava embevecido e com ar de total adoração para a mulher ao seu lado enquanto o braço pousava carinhoso na barriga do filho. 
Leia Maior que Tudo para conhecer o final dessa história. Eu não somente recomendo que você leia este romance quanto espero que continue e leia a série toda, que por enquanto tem Mais Forte que Tudo e Melhor que Tudo. Vamos fazer coro e pedir para Anna Júlia completar logo essa coleção? 

Ficha técnica: 
Autor: A. J. Ventura
Editora: Amazon
Ano: 2014
Páginas: 297


2 comentários

  1. Olá Fernanda!!!
    Adorei a resenha!!!
    Vc começa citando tudo q Amo... reler livros q gosto, livro hot e autor nacional <3 <3 <3
    Gosto de livros, q abordem temas de "mulheres fora do padrão"...todos os tipos: gordinha/magrela/negra/alta/baixinha...enfim, Todas as q não são muito "destaque", digamos assim ;-)
    E vc me deixou curiosa pra saber a história do Joel!!! Já vou anotar aqui na minha imensa lista ;-)
    Bjs :-*

    ResponderExcluir
  2. Ah, fiquei muito feliz com o seu comentário! Dica: então coloque também em sua lista de leitura As Grandes Aventuras de Daniela. Você vai gostar!

    ResponderExcluir