Resenha: Perdidos

11 janeiro 2018
Sinopse: Meu nome é Melodi White. Como toda garota, sempre tive sonhos, mas os meus foram destruídos pelo cruel namorado da minha irmã. Já faz três anos que Abby foi arrancada da minha vida. Para mim, Abby não era apenas uma irmã; era minha gêmea, minha melhor amiga.Decidida a seguir nosso sonho de infância de nos mudarmos para Nova Iorque, vou em busca de uma vida de aventura e diversão. Em uma noite, vejo-me nos braços de Corban, um homem lindo e sexy, capaz de me deixar fora de órbita e roubar meu ar com apenas um beijo, fazendo com que deseje muito mais.Corban Andrews, CEO da Case Construction, é rico, sexy e fascinante, e está prestes a colocar meu mundo de pernas para o ar. Hesitante, decido confiar nele, mas será que suas regras e minha insegurança permitirão que exploremos o que poderíamos viver juntos?E quando um rosto familiar do meu passado reaparece, me levando de volta à escuridão, será que Corban e eu conseguiremos sobreviver?
Hello pessoal, tudo certinho?!? Hoje vamos bater um papinho sobre esse livro, que é uma excelente pedida para aqueles momentos de ressaca de leituras intensas. Apesar de algum drama, ele ainda consegue nos prender pela leveza, acompanha comigo.

Melodi depois de viver o trauma de perder sua irmã e ainda passar por um julgamento traumático e ter de conviver com uma suposta culpa em seu coração, a fez sofre demais. Depois de um tempo decidiu que precisava dar vazão aos seus sonhos, então foi em busca daquilo que elas um dia combinaram, e foi para Nova York.
Em algumas noites eu ainda acordo chorando. A lembrança dessa parte da minha vida está sempre fresca em minha mente; um lembrete constante de que nunca devo confiar em um cara, não importa o quão fantástico ele possa parecer

Então quando ela decide seguir adiante com sua vida, conhece um cara lindo em uma boate e tem a grande surpresa de descobrir que ele é seu novo chefe... Mas aquilo que poderia ser mais do mesmo se mostra completamente diferente, pois o interesse deles é tangível e correspondido. Mas nem só de coisas boas vive essa relação né?!
Tenho certeza de que tenho o sorriso mais orgulhoso no meu rosto, mas não consigo evitá-lo. Ele acabou de me fazer me sentir completa. Não me sinto mais perdida e sozinha, eu o tenho em minha vida.
Mas Melodi tinha uma convicção, homens não são confiáveis, a vida já mostrou isso a ela e por conta disso ela se afasta, ou melhor, tenta se afastar para que não sofra mais no futuro. Só que o futuro colide com o passado e ela precisa decidir o que fazer: se joga e dá uma chance a essa relação, ou foge completamente e vive o resto de sua vida com medo.
O medo lentamente se manifesta. Corban aparece atrás de mim, envolvendo seus braços musculosos ao meu redor, passando-me segurança. Posso esquecer as diferenças sociais e continuar a amar esse homem?
Como eu disse esse é um livro para você sair daquelas ressacas dramáticas, uma leitura que cumpre o seu propósito de entreter em doses suaves e deliciosas de amor e expectativa. E nos deixa enlouquecidas, ênfase aqui no enlouquecidas, porque quando achamos que nada mais vai acontecer, acaba com um baita cliffhanger para o próximo livro... E eu estou como aqui??? Em cólicas, obviamente.

Quatro notas musicais para Perdidos.
Ficha Técnica:
Autor: Liz Lovelock
Páginas: 275
Editora: Reviere Books
Ano: 2017
Skoob: Perdidos 

Até mais


Um comentário

  1. Olá Ana!!!
    Ameiii a resenha!!!
    Adoro esses romances "complicados", mas se te deixou em cólicas pro próximo...só posso começar a ler, se tiver a sequência, pq a curiosidade/ansiedade, não vão me deixar em paz, até descobrir o q acontece kkkkkkkk
    Não sei quantos livros são...mas vou anotas todos, na imensa lista ;-)
    Bjs :-*

    ResponderExcluir