Resenha: Undefeated

29 janeiro 2018
Sinopse em tradução livre: Quando seu mundo desabar...Quando todos falarem que você está fora...Quando seu corpo estiver quebrado...Eu ascenderei.Eu voltarei.E serei invicto.Nick Renshaw é o menino de ouro do Rugby britânico. Quando uma lesão grave ameaça sua carreira, ele começa a cair cada vez mais, um homem quebrado.Sentindo-se abandonado e traído pelos mais próximos, ele luta para recomeçar sua vida. Talvez haja alguém lá fora que possa ajudá-lo. Talvez ele possa encontrar o caminho de volta para a luz. Talvez... não.A Dra. Anna Scott pode ser a única pessoa que pode ajudar Nick, mas ela tem seus próprios segredos. E quando o passado de Nick volta para assombrá-los, a médica enigmática está mais vulnerável do que aparenta. Quebrado e traído, a luta para sobreviver parece intolerável. Quem cederá, e quem se levantará, invicto?

Hello pessoas, a resenha de hoje é muito especial. Vamos conversar sobre o mais novo queridinho do momento, Undefeated. Queridinho meu e das minhas amigas, com certeza. Recebemos o ARC dos autores em parceria com a Ardet Prose PR. Então vamos conferir!

Nick é um atleta de Rugby, vamos lá você sabe o que é Rugby?? Eu não sabia, mas em termos gerais é o seguinte: é um esporte coletivo de intenso contato físico. É originário da Inglaterra. Por ter sido, inicialmente, concebido como uma variação do futebol. Com dois tempos de 40 minutos e muito contato corporal. Depois de entender isso, dê ênfase ao contato corporal, pois é aí que tudo se inicia.

Aqui na ficção, assim como na vida real, se você está por cima, você é rei. Aí um atleta de alta performance se lesiona e fica sem previsão de retorno e o que acontece? Todos os seus amigos, e as mulheres, no caso dele uma em especial, somem. E aí entra a Dra Anna.

A relação deles é intensa desde o início. Intensa de profundidade mesmo, onde a médica está interessada e envolvida em ajudar, e ele estando ali porque é obrigado. Ele está ficando deprimido e ela está focada em ajuda-lo. E o faz com maestria. O envolvimento deles vai acontecendo de forma gradual e nem por isso perde o encanto.
Anna smiled as Nick’s reply dropped into her inbox four minutes after she’d sent hers. She pictured him googling the Hogwarts’ houses and typing on his phone. In any case, he was wrong about her reasons for choosing Ravenclaw, but it was sweet of him to look it up. The truth was, she identified with Luna ‘Looney’ Lovegood—she’d always felt like the outsider.
Anna sorriu quando a resposta de Nick chegou em sua caixa de entrada quatro minutos depois que ela enviou a dela. Ela o imaginava procurando no google as casas do Hogwarts e digitando em seu telefone. Em qualquer caso, ele estava errado sobre suas razões para escolher Corvinal, mas era doce dele procurar isso. A verdade era que ela se identificava com Luna Lovegood - ela sempre se sentia uma estranha.

Muito se engana quem acha que esse é só mais um romance erótico sobre um atleta bonitão, ok! O atleta é bonitão, mas a história é um pouco mais profunda que isso. Anna apesar de se mostrar uma fortaleza, e o ser para Nick, ela também guarda seus segredos. Mas antes de qualquer coisa, ela é uma médica e não deveria e nem poderia se envolver com um paciente e aí, minha gente vem as grandes questões.

Apesar de ter adorado o livro, acredito que a primeira parte, com muita ênfase no Rugby poderia ser menos extensa e a segunda parte, com ênfase no imbróglio real, e no grande Plot Twist do livro, poderia ter se estendido um pouco mais, e confesso que fui surpreendida, pois imaginei algo totalmente diferente. Não tirou o brilho da história, mas acredito que essa foi a parte boa da história em todos os sentidos.

Adorei poder ter conhecido essa história e sim já quero minha edição em português, que sairá pela editora Record, quero ver exatamente como eles adaptarão a questão do jogo e a grande questão do livro, que apesar de não dizer exatamente o que é, rola um processo e quero saber como será feita essa transcrição para a nossa realidade.
His moment.His day.His life.His eyes searched for Anna’s in the crowd, and his heart filled with a fierce joy. Today he’d made her proud and made his country proud. And most of all, he’d made himself proud.Today, he’d won.Today, he was undefeated.
Seu momento.Seu dia.A vida dele.Seus olhos procuraram por Anna na multidão, e seu coração se encheu de uma alegria feroz. Hoje ele a fez orgulhosa e deixou seu país orgulhoso. E acima de tudo, ele se orgulhou.Hoje, ele ganhou.Hoje, ele estava invicto.
Já sabemos que teremos uma sequência ainda em 2018 e estou muito ansiosa por ela!!!
Quatro notas para Undefeated já querendo mais e já aguardando ambos em junho aqui no Rio para o The Gift Day Love!

With his hand over his heart, he said the words she’d taught him so long ago:When your world crashes down . . .When they all say you’re out . . .When your body is broken . . .I will rise . . .I will return . . .And I will be undefeated.
Com a mão sobre o coração, ele disse as palavras que ela lhe ensinara há muito tempo: quando seu mundo falha. Quando todos dizem que você está fora. Quando seu corpo está quebrado. . .Eu vou ascender . . . Eu retornarei. . . E eu ficarei invicto.

Ficha Técnica:
Autor: Jane Harvey-Berrick e Stuart Reardon
Páginas: 379
Editora: Independente
Ano: 2016
Skoob: Undefeated 
GoodReads: Undefeated

Até mais

16 comentários

  1. Uauuuu! Adorei a resenha!!!
    Parece ser mto bom!!!
    Já conhecia o rugby,e por ser escrito com a ajuda de um atleta (gaaaaato), tinha certeza que abordaria bastante o esporte.
    Já estou ansiosa pela versão brasileira pra descobrir o segredo da Dra.Anna (adorei, posso ser?!)

    p.s.: adorei a foto!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Anastacia! Olha, assim como você, eu também me surpreendi muito com o livro, esperava aquela coisa bem clichê quando é referente à romances com esporte, mas definitivamente não estava esperando por esse bombardeio... Foi tiro atrás de tiro! Adorei esse livro, estou louca para ter a versão em português na minha estante! <3

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Lendo sua resenha, em alguns momentos me fez lembrar a série "Lucifer", acho que foi envolvimento do atleta com a Dra.Anna. rsrs
    Ainda não conhecia esse livro, mas a obra têm personagens bem marcantes.
    Imagino o quanto deve ter sido duro para Nick ser abandonado por todos logo quando ele mais precisou.
    Fiquei curiosa para saber mais da história e ler a obra futuramente.

    =**

    ResponderExcluir
  4. Oi Anastacia!

    Eu tenho uma queda por séries/trilogias, mas não me interessei muito por esse livro.
    Vale muito a leitura?
    Parece que vai "chover no molhado" e vou acabar lendo um livro como tantos outros.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oieeee!
    Ok, se eu já queria ler esse livro, bem, por questões óbvias que vc, minha amiga bem sabe rsrs, agora eu quero ler mais ainda pra saber de todos os segredos, mistérios e afins. Quero conhecer Nick e a Dra Anna.
    Quanto a parte sobre o rugby ter sido extensa, talvez eles tenham detalhado por não ser um esporte assim tão comum e conhecido, acredito eu.
    Adorei a resenha. ;)

    ResponderExcluir
  6. Estou evitando livros em série porque eu estou metida em vários, mas cada dia que passa, Javé me prova mais colocando séries para eu querer ler! huauhauha
    Adorei a resenha. Não conhecia a obra, mas quero já conhecer! Essa capa é muuuito agradável, não é mesmo?! :D
    Vou anotar a dica com certeza!!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Não sou muito fã de romances, já cheguei a ler romances com esporte na minha adolescência, mas hoje parece consigo aceitar e me emocionar mais vendo um filme que lendo.
    Mas parece uma leitura bem agradável para quem gosta do gênero

    ResponderExcluir
  8. Olá Ana!!!
    Adorei a resenha!!!
    Quero esse livro, primeiro pela capa (com todo respeito kkkkkkk), depois pq a história me interessou, o jogador gostoso, com a médica, sempre a química é interessante ;-) e saber sobre Rugby vai ser legal tb...mas se vai ter sequência, vou querer saber direitinhos serão, pra estar preparada, pra quando lançar em português ;-)
    Bjs :-*

    ResponderExcluir
  9. Com um paciente desse é impossível não se envolver, menina do céu... que capa, já quero. Só vou torcer por aqui para editora Arqueiro não mudar a arte né?! Terei que esperar as cenas dos próximos capítulos.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Anastácia!
    Meu primeiro pensamento: Jesus que capa é essa? Me abana nossa Sra das periguetes literárias! Voltando ao foco kkkk adorei a resenha, a premissa do livro, o enredo e principalmente saber que tem drama no meio sexo!!! Amo romances onde os personagens possuem demônios para enfrentar, isso me encanta! Mega ansiosa pela leitura!!!

    Beijokas

    ResponderExcluir
  11. Oi Anastasia.

    Essa história deve ser ótima de acompanhar, pena que não leio inglês. Mas estou bem empolgada com a noticia que a editora Record, vai publicar a história. Tomará que seja com a mesma capa porque está maravilhosa. Vamos aguardar. Parabéns pela resenha.

    Bjos

    ResponderExcluir
  12. Oiiii, parabéns pela sua resenha! eu praticava rugby a um tempo atras parei devido a universidade, me chamou bastante atenção, irei anotar a dica.

    abraços, José Marcos.

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Eu não conhecia o livro ainda, mas fiquei bastante animada com a sinopse e pelo fato de ele estar escrito em inglês.
    Dica anotada!

    ResponderExcluir
  14. OOOiiiii, estou mega curiosa para conhecer o livro e terei que esperar a publicação no Brasil, já que eu e o inglês temos dificuldade de relacionamento hahahahahaha Amei a sua resenha, como sempre, trazendo os melhores pontos da história!!

    ResponderExcluir
  15. boa tarde
    Apesar da proposta interessante (e de poder entender o rugby um pouco mais, já q não compreendo o jogo), não é bem o meu tipo de leitura. Bom saber q tem uma reviravolta no fim, mas passo a dica.

    ResponderExcluir
  16. Oii. Não conhecia o livro, mas não é do gênero que me atrai. Adorei sua resenha, super completinha. Parabéns :)
    by: atravesdaescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir