Resenha: Cabeça de Vento, @galerarecord

21 fevereiro 2018
Emerson Watts odeia seu nome, tem problemas com quase todo mundo na escola e seu melhor amigo parece nem desconfiar de sua paixão por ele. Parece que ela tem problemas? Pois um acidente num shopping aproxima Em e a famosa modelo Nikki Howard muito mais do que deveria, e é aqui que os problemas começam de verdade.

Este livro estava há muito tempo no meu Kindle, mas sempre surgia outro e eu adiava a leitura. Aí, chegou um dia que eu disse: vou ler Cabeça de Vento. Só que eu não sabia que era uma trilogia, então eu não li apenas um, mas os três, um atrás do outro. Isto porque esta coleção (chamada Cabeça de Vento) é incrível, não tem como ler um e não ler os outros em seguida. Em tempo: livro 2 se chama Sendo Nikki, e livro três tem nome Na Passarela.

Emerson é uma garota, apesar de ter nome masculino. Agora, imagine que ela é uma adolescente nada ligada em sua aparência, muito mais preocupada com o intelectual e principalmente em chamar a atenção do seu melhor amigo, por quem tem uma paixonite. Difícil? Que nada! Os problemas de Em estão só começando! 



Tudo piora quando ela e o amigo Christopher vão acompanhar a irmã de Em (Frida) na inauguração de uma megastore em seu bairro. 

Corri naquela direção para tentar salvá-la, bem na hora que o último cabo que segurava a gigantesca TV se soltou com um estalido audível apesar da música ressoando nos alto-falantes da Stark Megastore. E então tudo desmoronou. Em cima de mim.

O que dizer de agora em diante, para não revelar de mais? É praticamente impossível! Na verdade, tudo só vai se resolver no final do terceiro livro, mas as surpresas não param de surgir, desde que o acidente acima acontece.

Aparentemente é um caso de perda de memória, conforme você verá na próxima citação que escolhi, mas é muito pior do que isso. Em está completamente ferrada! 

- Não acredito que você não se lembra. O seu quarto é lá - mostrou ela, indicando uma porta ao lado da cozinha. - A comida deve estar pronta quando você terminar de se arrumar.

O que também posso dizer é que Meg como sempre se superou. Mesmo sendo uma história young adult, a autora traz suspense para todas as idades. É uma trilogia incrível, que li em menos de uma semana.

Preciso encerrar esta resenha por aqui, porque senão revelarei o que acontece com Em em Cabeça de Vento, mas espero ter convencido você a ler esta coleção. 

Ficha técnica:
Autor: Meg Cabot
Editora: Galera Record
Ano: 2010
Páginas: 320
Skoob: Cabeça de Vento

Nenhum comentário

Postar um comentário