Resenha: Amor em Manhattan,@harlequinbrasil

31 março 2018
Sinopse:
“Um romance brilhante sobre três amigas que decidem abraçar a vida – e o amor – em Nova York. Calma, competente e organizada, Paige Walker adora um desafio. Depois de passar a infância em hospitais, ela quer mais do que tudo provar seu valor – e que lugar pode ser melhor para começar sua grande aventura do que Nova York? Mas quando ela perde seu emprego dos sonhos, Paige vai descobrir que o maior desafio será ser sua própria chefe! Só que abrir sua própria empresa de organização de eventos e concierge não é nada comparado a esconder sua paixonite por Jake Romano, o melhor amigo do seu irmão e o solteiro mais cobiçado de Manhattan. Mas quando Jake faz uma excelente proposta para a empresa de Paige, a química entre eles acaba se tornando incontrolável. Será que é possível convencer o homem que não confia em ninguém a apostar em um feliz para sempre? O primeiro livro da série para 'Nova York, com amor' traz um enredo empolgante e divertido, com personagens superando situações inusitadas em busca do seu final feliz.”

Olá queridos, hoje venho falar um pouquinho desse livro que é uma leitura simplesmente deliciosa, Amor em Manhattan é um típico Chick Lit Clichê e eu simplesmente adoro livros assim.

Conhecemos a protagonista da história Paige Walker, uma profissional única, bem organizada, dedicada a seu trabalho, e suas amigas Eva e Frankie, as três trabalham juntas em uma empresa de eventos na tão movimentada Manhattan, o sonho delas se tornando real, vinda de uma cidadezinha do interior ela ama respirar o novo ar, e sente que sua sorte está cada vez melhor.

Após ter passado uma infância e adolescência complicada por um problema cardíaco, ela se viu livre da proteção excessiva dos pais, mesmo ainda tendo o irmão – Matt -  morando com ela e cuidando dela como se ainda fosse uma menininha debilitada. Ela sabia que era capaz de coisas incríveis, por este motivo estava tão feliz junto com suas amigas, ela estava certa de que a empresa que trabalhava finalmente reconheceria seu trabalho e a promoveria.

Porém não é bem isso que acontece a nenhuma das três garotas, invés da promoção elas são simplesmente demitidas, e aquela paisagem de Manhattan começa a ficar meio conturbada e elas precisam urgentemente de uma solução para este problema que acabou de surgir. Paige sendo a mais centrada e organizada do trio, começa a maquinar formas de as três terem um emprego e logo.

Jake Romano é melhor amigo do irmão de Paige, teve uma infância que lhe deixou marcado a ponto de não conseguir confiar em nenhuma mulher, nem mesmo na garota que certa vez conheceu em uma cama de hospital e foi capaz de faze lo abrir seu coração, sua inteligência o fez ser bem-sucedido, porém as suas experiências um tanto superficiais no quesito mulheres apontam que sua vida não é tão completa.

Ele gostaria de poder confiar em uma mulher, mas ele sabe que precisa fazer o que for necessário para se proteger, se preservar, então em suas horas vagas enquanto não mantinha mulheres diferentes na cama de algum hotel, sempre estava na companhia de seu melhor amigo e as três amigas, incluindo Paige, a garota que um dia havia declarado seu amor e sido simplesmente rejeitada por ele, agora a relação deles consistia numa troca de farpas constantes.

Agora Paige estava desesperada por ter perdido seu emprego e a maneira como ele tenta ajuda-la e incentivando ela e as amigas a abrirem seu próprio negócio, Paige fica com medo de início, mas a ideia começa a se fixar em sua mente e ela vê isto acontecendo, a sua própria empresa de eventos, que ajudariam a vida das pessoas trazendo facilidades com um serviço de concierge, e assim nasce a ideia que é colocada em prática.

Porém o que Jake não imaginava que ao ajudar a plantar essa semente, estaria de certa forma ligado a Paige, a ajudando em diversos momentos, no andamento de sua nova empreitada, essa aproximação causa entre os dois um novo nível de uma relação que ele nunca desejou desenvolver, ele prometera ao amigo que nunca brincaria com a irmã dele.

Paige que sempre teve uma paixão por Jake se joga nessa relação sem pesar as consequências do que poderá acontecer, visto que Jake não tem a pretensão de ser namorado de ninguém.

E assim entre as loucuras vividas com suas amigas no dia a dia da empresa e sexo para descontração com Jake, Paige vai se envolvendo em uma situação que só poderá ter um único resultado, um coração partido. Ou poderá o coração de Jake também bater acelerado por Paige?

O livro de Sarah Morgan é simplesmente delicioso, você devora as páginas e não consegue deixar de sorrir a cada nova cena envolvendo Paige e suas amigas, que são personagens secundários importantíssimos para a trama ser deliciosa como o é, e mesmo sendo um desses livros que a gente já imagina a cena final,não deixa de sorrir e vibrar quando chega  nela.

Recomendo a leitura de Amor em Manhattan, e que você mergulhe nessa história que faz o coração ficar aquecido.


Beijos e até mais!


Ficha Técnica:Autor: Sarah Morgan
Ano:2018
Páginas:384
Editora: Harlequin
Skoob: Amor em Manhattan – Para Nova York, com amor #1  

Nenhum comentário

Postar um comentário