Resenha: Coragem, @HarperCollinsBR

20 março 2018
ROSE McGOWAN nasceu em um culto e o trocou por outro, mais visível: Hollywood. Rose McGowan se tornou uma das atrizes mais desejadas de Hollywood da noite para o dia quando foi "descoberta" nas ruas de Los Angeles. O estrelato logo se tornou um pesadelo de exposição constante e sexualização. Todos os detalhes de sua vida pessoal se tornaram públicos, e as realidades de uma indústria inerentemente machista emergiam a cada roteiro, papel, aparição pública e capa de revista. Hollywood esperava que Rose ficasse quieta e cooperasse. Em vez disso, ela se rebelou e impôs sua verdadeira identidade e voz.Ela reemergiu sem roteiros nem desculpas, corajosa, controversa e sempre verdadeira. Liderando o movimento de denúncias de assédio sexual na indústria de entretenimento ao expor os crimes de Harvey Weinstein, Rose é hoje um dos rostos do movimento feminista e não hesita ao disparar verdades inconvenientes e exigir mudanças. CORAGEM é seu livro de memórias em forma de manifesto - um relato sem censura nem piedade da ascensão de um ícone millennial, uma ativista sem medo e uma força de mudança imparável determinada a expor a verdade sobre a indústria do entretenimento, trazer à luz uma indústria multibilionária construída sobre a misoginia sistêmica e empoderar pessoas ao redor do mundo a acordarem e terem CORAGEM.
“À liberdade, sua e minha.Agora, vamos tacar fogo.”
Hello pessoal, tudo certinho?! Vamos bater um papo super legal sobre uma das biografias mais legais que já li. Biografia não é minha leitura preferida, normalmente eu leio de músicos, adoro os bastidores das bandas e saber como é que funciona toda a máquina que faz girar o som. Mas de atrizes, eu acho que nunca tinha lido, e só posso dizer que fiquei bem impressionada.

Meu contato com Rose foi no seriado Charmed, ou Jovens Bruxas, como se chamava por aqui. Ela entrou no lugar de Shannen Doherty,que interpretava Prue, a irmã mais velha, que acabou morrendo na série. Mas todos sabemos a fama de encrenqueira que ela tinha, não é mesmo, pois desde Beverly Hills, 90210, aqui Barrados no Baile, que ela não era muito bem vista. Mas isso é detalhe e foi só para contextualizar e relembrar duas séries que eu amava em minha adolescência.

Rose é uma atriz muito bonita, e uma de suas grandes características físicas que sempre chamaram a atenção, era uma das coisas que mais a incomodavam no fato de ser atriz. A superexposição de sua vida e a dissecação de todos os seus passos pela imprensa, sempre foram um problema que ela fingia entender e aturar até o dia que tudo foi demais e ela simplesmente desistiu de todo o Glamour da vida Hollywoodiana.
“Rompi com você. O você coletivo, o você social. Rompi com ideal de Hollywood, aquele do qual eu havia participado. [...]
Eu rompi com alguém? Sim, rompi com o mundo. E você também pode.”
Cada relato da atriz sobre seu tempo na grande máquina de sonhos chamada Hollywood nos faz questionar toda e qualquer produção. Não que eu nunca tenha imaginado que seja um preço muito alto ter que ser linda e perfeita em todo o momento da sua vida. Não poder simplesmente ser quem você é, porque não é isso que a indústria do entretenimento quer. A indústria cria os mitos, vende a imagem para a massa consumir e depois você vira escrava de toda essa necessidade de ser perfeita.
“Ironicamente, o perfeccionismo que tinha sido incutido em mim pela seita à qual ele havia me forçado a participar me salvou de passar a vida na prisão por assassinato. ”
Rose nos mostra o quanto era sofrido e custoso estar ali. E aí nesse momento você deve estar fazendo a mesma pergunta que eu mesma fiz enquanto eu lia a história: porque permanecer, não é mesmo? E ela nos responde isso. Ela nos faz mergulhar em sua alma e em suas lembranças e eu posso garantir a você, que não é um lugar bonito de se estar. E não estou nem me referindo aos casos de abuso e assédio. Estou falando da constante competição, da constante necessidade de se provar e da insistente necessidade de ser cada dia melhor que o anterior.
“Por que eu deveria proteger aqueles fofoqueiros acéfalos com meu silêncio? Eles me humilhavam, me desvalorizavam e me maltratavam. [...]Hollywood vive sob um véu de mistérios, mas eu nunca disse que guardaria segredos.”
Num livro intenso e quase devastador, Rose McGowan nos mostra os bastidores de Hollywood sem censura, sem cortes e sem maquiagem. Com a alma ferida e se reerguendo, Coragem não é só um livro de memórias, é um alerta a todas nós, mulheres, que almejamos ser aquelas que aparecem em nossas telas, mas que não fazemos ideia do preço que se paga para ser aquela pessoa.

Recomendo essa leitura a todas as pessoas, pelo simples fato dele ser um alerta e quase um pedido que você endeuse menos as pessoas e seja mais aquilo que sua essência pede a você para ser. Mire-se no espelho e tenha orgulho de ser quem você é, como você é.
“Não colabore com a degradação que sempre nos impõem. [..] Seja melhor. Pense de modo diferente. [...] Sei que pode mudar o mundo, começando pelo seu, tendo coragem.”

Cinco notas musicais para esse emocionante relato.

Ficha Técnica:
Autor: Rose McGowan
Páginas: 288
Editora: HarperCollins Brasil
Ano: 2018
Skoob: Coragem 

Até mais!!

4 comentários

  1. Não é o tipo de livro que costumo ler, ainda mais quando é de alguém que eu não faço ideia de quem seja, acredito que seja uma obra para público especifico. Por outro lado, acho interessante mostrar os bastidores de um mundo tão mágico ao olho de muitos, sem contar que a mensagem que ele parece passar é muito válida. Gostei.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Nunca li uma biografia, mas tenho vontade de conhecer esse gênero, principalmente quando é uma biografia de uma grande personalidade.
    Esse tipo de leitura acaba fazendo com que o leitor reflita e perceba que nem tudo são flores, nem mesmo em Hollywood. É uma boa forma de sabermos o que de fato acontece nos bastidores dessa indústria.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Ah, por favor, não fale assim da Shanen.

    A Rose é uma mulher muito forte, eu a acompanho também desde Charmed.
    Esse livro deve ser incrível.

    ResponderExcluir
  4. Olá!!!
    Nunca li biografia mas conheço a atriz porque assistia a Charmed!!!
    E através da sua resenha fiquei sabendo um pouquinho mais sobre o que se passa em Hollywood!!
    Acho que vou dar uma chance ao livro.
    Bjks

    ResponderExcluir