Resenha: Um sedutor sem coração,@editoraarqueiro

02 março 2018
Sinopse:“Devon Ravenel, o libertino mais maliciosamente charmoso de Londres, acabou de herdar um condado. Só que a nova posição de poder traz muitas responsabilidades indesejadas – e algumas surpresas.
A propriedade está afundada em dívidas e as três inocentes irmãs mais novas do antigo conde ainda estão ocupando a casa. Junto com elas vive Kathleen, a bela e jovem viúva, dona de uma inteligência e uma determinação que só se comparam às do próprio Devon.
Assim que o conhece, Kathleen percebe que não deve confiar em um cafajeste como ele. Mas a ardente atração que logo nasce entre os dois é impossível de negar.
Ao perceber que está sucumbindo à sedução habilmente orquestrada por Devon, ela se vê diante de um dilema: será que deve entregar o coração ao homem mais perigoso que já conheceu?
Um sedutor sem coração inaugura a coleção Os Ravenels com uma narrativa elegante, romântica e voluptuosa que fará você prender o fôlego até o final.”

Olá amores, hoje venho falar do primeiro livro de uma nova série lançada pela Editora Arqueiro, eu sou apaixonada por livros de épocas, e tenho uma queridinha nesse gênero, já estava começando a me sentir órfã quando surge a Série Os Ravenels de Lisa Kleypas.

E claro me apaixonei por mais personagens e fiquei sedenta por mais, espero que os outros livros sejam lançados loguinho... diz que sim Arqueiro, please,rs.

Como sempre a capa é linda, e retrata bem a “mocinha” do livro, porque bem Kathleen é tudo menos uma mocinha indefesa, ela é a viúva que teme ser expulsa de sua casa, visto que seu – recente – marido Lorde Trenear morreu e o condado foi passado ao seu primo Devon Ravenel.

Devon é tudo de errado que um homem pode ser, charmoso, curte a libertinagem em Londres com seu irmão West, quando parte para Hampshire para conhecer a propriedade ele está decidido em se livrar de absolutamente tudo, a casa está caindo aos pedaços e seu primo Theo deixou o condado cheio de dívidas pendentes, aquele lugar não vale o trabalho e muito menos um título que para ele não tem significado algum.


Que loucura pensar que um homem como ele poderia ter responsabilidade de cuidar de um Priorado, de pessoas que trabalhavam naquele condado e viviam dele, das suas primas, irmãs de Theo, que agora não tinham mais família a não ser a Condessa, Lady Trenear, Kathleen.

Uma mulher impressionante mesmo em seu luto, capaz de fazer com que ele deseja-se ter aquela mulher e fazer coisas a ela e a sua boca impertinente, talvez ele afinal jogasse a razão de escanteio e não iria se desfazer do Priorado assim tão rápido.

Kathllen tivera um casamento rápido, era sabido que os Ravenels tinham fama de não ter vida longa, mas não se imaginava com um destino como aquele, criada por amigos de seus pais, ela tinha costumes e crenças rígidas, tivera uma boa educação e fizera um bom casamento, porém agora encontrava-se viúva e logo mais pelos planos do novo Lorde, sem casa.

Ela conseguiria pensar em um meio de viver, ela e as meninas, Pandora, Cassandra e Helen, agora elas eram sua responsabilidade e família, queria poder dizer que não reparara em como Devon Ravenel era charmoso e se não fosse um completo babaca, bem nada aconteceria, ela estava em luto por seu marido e aquele homem que agora tinha responsabilidades com elas, pouco se importava com o próximo.

Mas poderia existir uma forma de transformar um sedutor barato a ter um coração e assumir responsabilidade que nunca desejou ter? Poderia uma mulher com crenças tão rígidas se libertar das mesmas, e se render aos seus desejos?

Um sedutor sem coração nós apresenta Devon e Kathllen, mas traz os personagens secundários de maneira que já nos apaixonamos por eles, e esperemos por suas próprias histórias, as meninas Helen, Cassandra e Pandora são únicas e dão um toque de alegria ao enredo, e podemos conhecer um pouco da protagonista do próximo livro, Helen.

Temos a pitada exata de drama, romance e sensualidade, descritos de maneira que te cativam e te prendem na história deixando a gente com o coração quentinho.

Eu amei o primeiro livro e super recomendo essa nova série da Kleypas, vale a pena saber o que acontecerá com essa viúva e esse sedutor.

“Conheço muitos fatos científicos sobre o coração humano, e um deles é que é muito mais fácil fazer um coração parar de bater em definitivo do que evitar amar a pessoa errada. ”


Um grande beijo e até mais.

Ficha Técnica:Autora: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Ano: 2018
Páginas: 320
Skoob: Um sedutor sem coração – Série Ravenels 1 

Nenhum comentário

Postar um comentário