Resenha: A verdade sobre amores e duques @harlequinbrasil

25 março 2018
Henry Cavanaugh, duque de Torquil, anseia por uma vida ordenada e previsível. A única que o ajuda com isso era a mãe... até ela se apaixonar por um artista e decidir seguir o conselho amoroso de Lady Truelove, largando tudo para seguir os desejos do coração. Agora Henry vai exigir que a mulher mexeriqueira que deu aquele conselho imprudente o ajude a impedir que o nome da sua família acabe na lama.
Irene Deverill é o que a sociedade londrina considera uma ovelha negra: dirige o jornal da família, é uma solteirona e tem orgulho disso! Mas ninguém sabe que ela possui um grande problema nas mãos: o duque de Torquil demanda que ela o ajude a resolver os problemas da sua família. Esse relacionamento forçado fará despertar nela sentimentos que nunca pensou possuir.

Irene Deverill, uma solteirona convicta, sufragista, orgulhosa. Editora de um periódico
de fofocas sobre a sociedade e a corte de Londres, além de escrever uma coluna de conselhos amorosos com o pseudônimo de Lady Truelove.


Henry Cavanaugh, duque de Torquil, um super protetor da família, dos valores morais e dos bons costumes. Faz sempre tudo de acordo com sua posição na sociedade, exatamente como seu pai lhe ensinou.

Agora imaginem esses dois juntos!

Imaginou certo, sai faísca!

Essa história é um pouco diferente do que estamos acostumados a ler, onde os protagonistas se amam desde o início. 
Não, aqui eles tem muito ódio no coração.(rsrsrsrs)

O duque de Torquil está em sua residência Ducal num café da manhã típico com seus sobrinhos correndo e gritando, o resto da família comendo e conversando sobre moda e fofocas, mas de repente sua irmã começa  a ler a coluna de Lady Truelove e ficam escandalizados com a semelhança da história. Teria a duquesa enviado uma carta para essa colunista falando de sua vida? Mas não, ela não faria isso! Porém a governanta chega desolada a porta e dá a notícia que eles não queriam ouvir: a Duquesa se foi!
_ Amamos quem amamos, Henry. O amor não pode se curvar a vontade pessoal.

E é aí meus amigos que a história começa a pegar fogo, sim as coisas vão começar a ficar mais interessantes. A duquesa se apaixonou e fugiu para se casar com um pintor mulherengo e oportunista aconselhada pela colunista Lady Truelove. Mas o conde não deixa isso barato não, ele vai até o jornal e exige que Irene volte atrás no seu absurdo conselho, fazendo com que a duquesa desista de se casar, mas para isso ela tem que passar duas semanas na residência Ducal participando dos eventos, jantares, e bailes da temporada.
 _ A duquesa se sentiu atraída por ele e quis ter um caso, você quer dizer?. - Irene riu. - Que atrevimento maravilhoso da parte dela. Ah, duque eu gosto muito da sua mãe!
E não vou falar mais nada para não dar spoiler.
A história é bem boa, vale a pena.
Esses dois pegam fogo!!!







 Ficha técnica: 
Autor: Laura Lee Guhrke
Páginas: 320
Editora: Harlequin
Ano: 2018
Skoob: A verdade sobre amores e duques

3 comentários

  1. Uau!!! Fiquei com a sensação que muita coisa acontece na história né, parece mesmo interessante. E eu adoro essa coisa do casal se odiar primeiro pra depois se amar, muito mais legal! rsrs

    ResponderExcluir
  2. Essa é minha leitura do momento, e só possi dizer que estou adotando cada página.

    Adorei a resenha
    Parabéns
    ❤️

    ResponderExcluir
  3. Olá Marli!!!
    Ameiii a resenha!!!
    Adoro esses livros, q fogem do padrão, mas q acaba acontecendo exatamente o q amamos, romance 😍 <3
    Não conheço a autora, mas já quero muito...Já vai pra imensa lista sim/com certeza ;-)
    Bjs :-*

    ResponderExcluir