Resenha: O segredo de Helena, @editoraarqueiro

18 abril 2018
As obras de Lucinda Riley já venderam mais de 12 milhões de exemplares em todo o mundo. Ela está na lista de autores mais vendidos do The Sunday Times e do The New York Times. Quanta verdade o amor é capaz de suportar? Helena nunca esqueceu o verão que passou na mágica Pandora, a casa de seu padrinho no Chipre, onde, cercada por oliveiras e pelo verde-esmeralda do Mediterrâneo, ela se apaixonou pela primeira vez, aos 15 anos. Mais de duas décadas depois, tendo herdado a antiga propriedade, ela retorna a Pandora para mais um verão, dessa vez em companhia do marido e dos filhos. No entanto, Helena sabe que voltar àquele lugar pode trazer à tona segredos que ela preferia esconder. Um desses segredos envolve Alex, seu filho mais velho, fruto de uma relação anterior a seu casamento. Com uma inteligência acima da média, ele vive a difícil transição para a vida adulta e está determinado a descobrir a identidade de seu verdadeiro pai. Enquanto o verão avança e pessoas do passado de Helena reaparecem, Pandora parece pronta a revelar os mistérios que ocultou por tantos anos e que, uma vez descobertos, farão com que a vida de Helena, e de sua família, nunca mais seja a mesma.

Se você acompanha minhas resenhas, sabe que Lucinda Riley é a minha autora favorita. Eu adoro suas capas, mas também a sua escrita, que sempre remete ao passado e o une ao presente. Afinal, na vida tudo são escolhas e consequências, não é mesmo?

Mas em O segredo de Helena, não é bem assim que acontece. E eu amei! No começo nós temos Alex, um homem de 23 anos que está de volta à casa que sua mãe herdou há mais de uma década, do padrinho dela. A história volta ao passado, como era de se esperar, mas há outro passado mesclando-se a isso, ou seja: primeiro há uma década, quando Alex era um garoto de 13 anos, e depois há 24 anos, quando sua mãe possuía apenas 15 e passou uma temporada de verão inesquecível. 


O livro gira em torno de Alex, mas também de sua mãe, Helena, que possui um segredo (isso é óbvio!). Esse segredo, ao que tudo indica, é sobre o pai biológico de Alex, que é criado pelo padrasto desde os três anos. Esse é um segredo que nem a melhor amiga de Helena e seu próprio marido sabem. Será o pai de Alex um homem chamado Alexis, o primeiro amor de Helena?

Mas lá estava ele, exatamente como Helena se lembrava, parado quase no mesmo lugar em que ela o vira pela primeira vez, 24 anos antes. 
Alex sempre quis saber quem era seu pai. Mas quando eles foram passar as férias de verão no Chipre, na casa que sua mãe herdou e onde ela passou suas férias de verão, ele deseja mais do que nunca descobrir suas origens. Afinal, ele acredita que seja Alexis, o amigo de sua mãe que sempre arruma um jeito de estar presente e ajudar, nas ausências de seu padrasto. O marido de Helena também fica pra lá de incomodado com isso, é claro.

Como ela dissera, com justa razão, o que quer que houvesse acontecido quase um quarto de século antes não tinha a menor relevância agora. Só que o jeito como Alexis olhara para ela na taberna, mais cedo...Willian soube instintivamente que aquele era o olhar de um homem ainda apaixonado.
É claro que faz todo o sentido, mas veja bem: Helena não vê Alexis desde aquela época. São 24 anos de distância, sendo que Alex tem apenas 13. A conta não fecha e o segredo de Helena continua! Junte a isso uma amiga com o coração partido, uma família de amigos problemática, uma filha que há tempos não aparecia e é praticamente uma estranha para Willian, e temos férias nada perfeitas no Chipre. 

Ficamos às voltas com esse segredo durante muito tempo, gerando grande ansiedade, e só vamos saber quem realmente é o pai de Alex quase no final, depois da metade do livro. Lucinda nos judiou, mas o segredo é realmente grande e pode acabar com a vida conjugal de Helena e Willian. 

Eu inclusive comentei com meu marido e com umas amigas sobre este livro, sobre sua trama ser muito bem feita, com tudo muito bem amarrado. Dessa vez, Lucinda se superou! Agora, basta saber se o amor de Willian e de Alex por sua esposa e mãe, respectivamente, é maior do que o segredo que Helena guardou por muitos anos. Ela teve seus motivos para isso, como você perceberá, mas poderão Alex e Willian confiar em Helena novamente?

Não admira que você nunca tenha me contado quem é o pai de Alex. Só posso desejar que Deus ajude o menino, quando ele souber de tudo isso, Helena. Deus abençoe o seu pobre filho. Caramba!
A diva nunca escreveu um livro tão bom, e olha que eu adoro os livros dela. Lucinda, sem sombra de dúvidas, é a minha autora favorita, e O segredo de Helena entrou para os meus favoritos ever. Não tinha como ser diferente! O que você está esperando para descobrir o que Helena esconde? Você verá que não é somente ela que guarda segredos!

Ficha técnica:
Autor: Lucinda Riley
Editora: Arqueiro
Ano: 2018
Páginas: 464

Nenhum comentário

Postar um comentário