Resenha: O Coração da Fera

25 junho 2018
Sinopse: Um erro de julgamento destruiu a carreira dela…A promissora jornalista investigativa, da cidade de Nova York, Savannah Carmichael, viu sua carreira ir por água abaixo quando foi enganada por alguém em quem confiava ao ser apresentada a uma fonte não fidedigna. Voltando à sua cidade natal, ela tem uma nova oportunidade quando um jornal de menor expressão lhe dá a chance de provar seu valor, escrevendo uma matéria especial para a edição de Quatro de Julho. Imediatamente, Savannah se lembra do "eremita" da cidade; um veterano ferido que retornou há oito anos e nunca mais foi visto. Ele seria seu passaporte para voltar à ativa.Um passo em falso destruiu a vida dele…Asher Lee quis fazer a diferença na vida dos outros, pelo seu país, e se alistou após o 11 de Setembro. Alguns anos depois, teve sua vida modificada quando uma mina no Afeganistão praticamente destruiu o lado direito de seu corpo. Agora, ele faz jus ao apelido que recebeu na cidade ao viver escondido em sua enorme casa; uma 'fera' vivendo uma semi-vida através dos romances que lê avidamente. Quando uma bela repórter aparece à sua porta, trazendo-lhe brownies e querendo fazer sua história conhecida, a princípio ele reluta, para mais adiante, não só aceitar, como se ver enredado em sentimentos que nunca ousou pensar que lhe seriam permitidos novamente. Ela era seu passaporte para a esperança.E juntos, tornaram suas cicatrizes uma ponte para o Amor.Savannah e Asher criaram um vínculo imediato, tocando o coração um do outro de formas que nem imaginavam ser possível. Mas um terrível erro ameaça distanciá-los, e terão que decidir se o amor que aprenderam a conhecer é forte o suficiente para lutarem por seu final feliz.
Hello pessoal, tudo certinho?! Hoje falaremos de O Coração da Fera, uma das melhores releituras atuais de A Bela e a Fera, em minha opinião. Lembrando que essa releitura é destinada a adultos.

Savannah sempre quis sair da cidadezinha do interior e ser uma jornalista consagrada e respeitada. Ela até conseguiu isso por um tempo, mas confiou na pessoa errada. Partiu seu coração e ruiu sua carreira. Para acalmar os ânimos e aplacar sua dor, ela retorna para sua cidade Natal e para casa de seus pais.

"Savannah dificlmente inveja sua irmã - elas haviam escolhido caminhos completamnete diferentes para suas vidas - mas, às vezes, ela gostaria de ter a obstinação de Scarlet."
Durante esse período, ela vai aproveitar para ajudar sua irmã, com os preparativos do casamento. Ela não contava com um telefonema que poderia ajudá-la a sair do limbo que se encontrava sua carreira. Para isso ela precisaria fazer uma reportagem e sua fonte seria o herói de guerra da Cidade. Um homem recluso, que ninguém via há anos, mas que todos sabiam que estava lá. Só que abandonado e esquecido com suas cicatrizes.

Há anos sem se relacionar com o mundo externo, ele surpreende a si mesmo quando concordar em dar a entrevista para Savannah. Ele só nao esperava que ela conseguisse mais dele. Ele não esperava ansiar por sua companhia. Por seus sorrisos e por sua irreverência. Quando se deu conta, já estava completamente envolvido e ansiando por coisas pelas quais já tinha desistido há tempos. E esse foi seu erro.
"O Maior problema da esperança é quando você se vê obrigado a reconhecer a possibilidade de não conseguir o que desesperadamente desejava."
Numa história completamente envolvente e bem escrita, e agora numa nova edição, ficamos o tempo inteiro ansiando por mais. Mais momentos de entrevista. Mais momentos de decisão. Mais momentos de planejamento. E quando damos por certa a história, vem a edição de um jornal e acaba com tudo. É tangível o sofrimento de Asher, e conseguimos sentir sua dor e sua angústia.
" E nós só mudamos por certas pessoas. Nós só queremos mudar para certas pessoas. Se valia a pena mudar por ela, provavelmente ela vale a pena para sentar e conversar."
Mas essa mesma dor, foi a que o fez ir atrás do que, nem ele sabia que queria e merecia. Uma das melhores releituras de A Bela e a Fera que li ultimamente, e não foram poucas. Katy Regnery nos leva a visitar o drama real dos veteranos de guerra e ainda nos deixa completamente envolvidos e com vontade de nos aprofundar mais em seus dilemas.
"E ele a amou. E ele a amaria. Para Sempre."
Cinco notas musicais e com certeza um dos favoritos do ano.

Ficha Técnica:
Autor: Katy Regnery
Páginas: 300
Editora: Bezz
Ano: 2018

Até mais!

Um comentário