Resenha: Ghosts

29 agosto 2018
Sinopse: Aos 23 anos, e depois de muitas tormentas e conflitos familiares, Ailleen Anderson tinha se tornado uma pessoa completamente diferente. Ela havia sido criada para ser uma dama da sociedade: casar com um homem rico e de futuro promissor. Mas nada a preparara para quando em uma única noite, aos 18 anos, ter seus sonhos completamente esfacelados.Disposta a não se tornar amarga, Ailleen deu um novo rumo ao seu destino ao entrar para a Marinha Americana.Justin “Ghost” Bradshaw era arrogante e cínico. Não acreditava na doçura da vida, pois em mais de uma década como Fuzileiro Naval, o que viu não foi nada bonito. Aos 32 anos de idade e sendo o melhor no que fazia, Justin não esperava encontrar, em meio ao ambiente inóspito e masculino de seu trabalho, alguém que o faria enxergar a vida de forma diferente. Em meio aos riscos impostos pela carreira militar, o amor entre eles floresce de maneira arrebatadora, mostrando que obstáculo nenhum pode se interpor ao destino. Mesmo as sombras e os fantasmas do passado.
"Quando fantasmas são os únicos capazes de lidar com as sombras do passado..."

Hello pessoas, tudo certinho?! Pois hoje eu falarei de um livro que eu amei!! Primeiro, todo mundo sabe que eu amo os livros da Fayes, certo?!?! Mas esse é completamente fora do que conhecemos da autora. Ela ousou, e eu direi o que eu achei dele agora.

Ailleen Anderson é uma fuzileira aplicada que, viu no serviço militar um propósito para seguir em frente e fugir do passado que a assombra. Agora sua vida está no porta aviões onde está servindo, com suas outras duas amigas. Até que chega o momento de ter que lidar com um major, com uma fama que o precede e, uma beleza de deixar as militares babando. Ela só não espera pelo teor da conversa que teve com ele.
“Só não entendia porque meu coração estava tão frenético e errático. Esperava que não tivesse nada a ver com o Oficial que deixei para trás.”
Justin Bradshaw está no corpo de fuzileiros tempo suficiente para saber que, alguns estão mais bem preparados que outros, para enfrentar algumas situações. É com isso em mente que, após o chamado de emergência, ele pensa em Ailleen. Não que ele já não tenha pensado nela, mas como sua opção para uma missão de resgate é a primeira vez. E eis que ele a recruta para tal, ele só não esperava o desfecho da situação.

A Missão em si foi bem sucedida, ela conseguiu executar com sucesso o que precisava ser feito, mostrou seu valor e deixou a equipe orgulhosa de ver uma novata se sair tão bem, numa missão perigosa e de resgate. E é nessa que o que não poderia dar errado, acaba dando e tudo o que não devia acontecer, aconteceu. Agora o Major precisa assumir uma nova missão de resgate. Ele só não fazia ideia que essa missão não se encerraria ao retornar ao porta aviões.

E é nesse retorno, que Ailleen precisa enfrentar alguns de seus maiores medos: rejeição da força, fragilidade e apesar da negação, o medo de não pertencer a lugar algum. Abandonar sua antiga vida lhe custou muita coisa, mas fazer parte dela era inconcebível, diante das coisas que sofreu com o aval de quem deveria protegê-la. O retorno para sua cidade seria rápido e sem surpresas, mas foi surpreendida ao saber que Justin foi ao seu encontro. Só que ele não conhece os terrores de seu passado. Ele não faz ideia do quão nas sombras está sua alma e seu coração. A única coisa que ela não levou em consideração, é que, ele é conhecido como Ghost, e como tal, ele vai entrar em ambos, sem dar margem para ela desistir.
"Por que isso? Por que agora? [...]- Nem eu sei, Ailleen. Só sei que, nesse momento, você é uma presença que consegue me colocar no eixo."
Ele tinha certeza que tinha algo de muito errado no passado dela, ele reconheceria os sinais, mesmo se estivesse olhando de longe. Mas ele nunca conseguiu não observá-la, ele nunca conseguiu ignorá-la. Ele só não imaginava que a extensão das feridas de sua alma fossem tão graves e tão sérias. Mas ele tornou sua meta de vida trazer paz para sua vida, nem que para isso, ele tenha que ser o “ghost” em uma missão interna e pessoal.
"Você violou meu corpo. Tomou algo que não foi oferecido. Era meu corpo. Meu coração. Nunca seria seu. Nunca."
Se você já leu algum livro da Fayes, você sabe o quanto seus romances são fofos, sejam eles adultos, como na Trilogia da Lei e Apenas um Toque, seja mais juvenil como em Rainbow e Dangerock. Mas aqui vocês conhecerão uma faceta totalmente nova dela, uma faceta adulta e permeada por uma tênue linha dark. Digo tênue, porque alguns dos elementos assustadores não estão presentes, mas a tensão e a violência estão implícitas e explicitas para que sua experiência com esse livro seja o mais real e crua possível.
"- E se você perceber que sou muito  mais complicada do que imaginou... que sou apenas a ilusão de algo belo e fluido, mas na verdade sou quebrada e destituída de sentimentos a serem compartilhados, porque algo aqui dentro - coloquei a sua mão no meu peito - já não existe como deveria existir.
Para mim foi uma grata surpresa ler essa história, foi um sopro refrescante ver uma autora que tanto admiro saindo de sua zona de conforto e nos apresentando uma história completamente nova em seu repertório e nos permitindo assim ler algo que, talvez, ainda não seja parte de nosso cotidiano. Com sua escrita característica e com momentos de muita tensão e de verdadeiro horror, Ghosts traz a tona alguns fantasmas da vida real que se disfarçam de pessoas de bem por seu status social e financeiro.
"Abaixei a cabeça, pois sabia que aquela parte do meu passado teria que ser revelada em algum momento. Ainda mais porque Teagan e Scott estariam arriscando suas carreiras, se não suas vidas, por minha causa. Aquele rolo épico era porque eu os envolvi mesmo sem que eles estivessem sabendo."
Foi sem dúvidas uma das melhores leituras que tive em 2018 por me apresentar uma nova face da autora, por me proporcionar extravasar e por não vir com o politicamente correto, afinal já estamos fartos disso. Sem dúvidas cinco notas.
"Forjei meu espírito na Marinha. Fortaleci minhas seguranças e moral na corporação. Eu havia crescido em um lar constituído de dinheiro, mas destituído de amor."
 Ficha Técnica:
Autor: M. S. Fayes
Páginas: 240
Editora: Pandorga
Ano: 2018
Skoob: Ghosts

Até mais!


Nenhum comentário

Postar um comentário