Resenha: Uma Dama Fora dos Padrões

17 agosto 2018

Primeiro livro da nova série de Julia Quinn, Os Rokesbys. Julia Quinn já vendeu mais de 850 mil livros pela Editora Arqueiro. Às vezes você encontra o amor nos lugares mais inesperados...Esta não é uma dessas vezes. Todos esperam que Billie Bridgerton se case com um dos irmãos Rokesbys. As duas famílias são vizinhas há séculos e, quando criança, a levada Billie adorava brincar com Edward e Andrew. Qualquer um deles seria um marido perfeito... algum dia. Às vezes você se apaixona exatamente pela pessoa que acha que deveria...Ou não. Há apenas um irmão Rokesby que Billie simplesmente não suporta: George. Ele até pode ser o mais velho e herdeiro do condado, mas é arrogante e irritante. Billie tem certeza de que ele também não gosta nem um pouco dela, o que é perfeitamente conveniente. Mas às vezes o destino tem um senso de humor perverso...Porque quando Billie e George são obrigados a ficar juntos num lugar inusitado, um novo tipo de faísca começa a surgir. E no momento em que esses adversários da vida inteira finalmente se beijam, descobrem que a pessoa que detestam talvez seja a mesma sem a qual não conseguem viver.

Lançamento de Julia Quinn são consideradas palavras mágicas, você sabia disso? Eu, assim como muitas pessoas, sou daquelas que brilham os olhos quando leem essas quatro palavrinhas. Então, é claro que não poderia deixar de ler o primeiro livro da série Os Rokesbys. Principalmente porque eles são vizinhos e muito amigos de uma família muito querida nossa, os Bridgertons!

Mas antes que você pense que lerá sobre Benedict, Colin, Eloise, etc., Julia nos conta uma história dos ancestrais desses protagonistas. O romance se passa em 1779, várias décadas antes. Só por isto já vale a leitura, se não fosse uma mocinha pra lá de rebelde, que adora usar calças e administra a propriedade do pai, mesmo que não vá herdá-la por ser mulher. Mundo injusto, não?


Billie, cujo verdadeiro nome é Sybilla, está em apuros. Ela está em um telhado, com o tornozelo torcido, por conta de um gato malcriado. Seu anjo da guarda nada mais é do que George, o filho mais velho dos seus vizinhos Rokesbys. Aquele de quem ela não gosta e com quem vive se alfinetando. Poderia ser Andrew ou Edward, seus queridos amigos e candidatos à sua mão, mas não, o destino não faria tudo parecer tão fácil.

Após o resgate, em um jantar onde estão reunidos os Bridgertons e os Rokesbys, a mãe de Billie decide dar uma recepção de alguns dias em sua casa. Com uma condição: que os Rokesbys, mesmo sendo vizinhos, também pernoitem lá.

Então, junte algumas situações: Billie tem um tornozelo machucado, sendo cortês que seu vizinho a visite para saber de sua saúde e fazer companhia. Agora temos um evento grande, onde eles passarão vários dias juntos. Já imaginou que tudo vai mudar entre Billie e George, não?

Eles tinham um longo histórico de implicâncias, de procurarem o pior ponto fraco um do outro, pequeno e indefeso. Mas isso estava mudando. Tinha mudado ao longo da última semana. Ele não sabia por quê; nenhum dos dois havia mudado. Seu respeito por ela já não era tão dúbio. Ah, ele ainda a achava mais do que cabeça-dura e imprudente ao extremo, mas, sob tudo isso, havia um coração sincero. George achava que sabia disso desde sempre. Só estava ocupado demais sendo provocado por ela para perceber. 

Não precisa ser gênio para saber que estamos diante de um clichê. Mas é um clichê de Julia, então é um clichê de qualidade, fofo, gostoso de ler. O único ponto negativo, para mim, foi o excesso de diálogos. Foi necessário, especialmente porque os comentários entre eles eram ácidos e deram todo sentido à trama (palavras de Anastacia Cabo, que faço minhas porque concordo), mas para mim foi excessivo, causa distração.

Mas ainda não terminei a resenha, só fiz um adendo (risos) e agora vou finalizar, prometo. Um incidente grave levará George, sua mãe e ninguém mais, ninguém menos que Billie, a Londres. Ela terá direito a bailes, vestidos, e claro, pretendentes. Leia Uma Dama Fora dos Padrões para saber como tudo se desenrolará.

E eu adorei que Julia deu uma bela introdução para o próximo volume. Com apenas três palavras, que não posso citar aqui, ela aliviou nosso coração de leitor e preparou grandes emoções para o livro dois. Genial! 

                                                                          

Ficha técnica:
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Ano: 2018
Páginas: 272

4 comentários

  1. Adorei o enredo, como sempre acontece nos livros da Julia. E amei saber que tem muitos diálogos; sou uma leitora fã deles, não gosto muito de narrativas, prefiro as conversas. Já estou louca pra ler esse também, mesmo tendo outros dela, de outras duas séries ( duologias, na verdade), pra ler ainda. Vamos ver qdo vou conseguir encaixar esse; a fila só aumenta!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que eu sei que sou responsável por aumentar essa lista também hahahhaha
      Então vai fundo, porque esse é cheio de diálogos.

      Excluir
  2. Pois é, quando penso que já sei todos os livros que pretendo ler, eis que surgem indicações maravilhosas, que me fazem questionar o motivo de nunca ter lido esses livros antes. Mas, faz parte, fico feliz com cada indicação que recebo, pois até agora todas foram certeiras. A Júlia dispensa qualquer indicação, pois foram pouquíssimos os que não gostei. Esse novo título já começou arrasando na capa, que está linda demais. Não vejo a hora de começar a ler!! ( talvez esse mês ainda 😉😙)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma responsabilidade e tanto indicar hahahaha
      Leia sim, porque decerto logo publicam a continuação.

      Excluir