Resenha: Em Pedaços

05 outubro 2018
Sinopse: Uma garota com segredos corrosivos. Um ex-soldado com cicatrizes externas e internas. Um amor que pode salvar ambos... ou destrui-los de vez.
Aos vinte e dois anos, Olivia Middleton tem Nova York aos seus pés. Por fora, ela é a garota perfeita — linda, inteligente e caridosa — mas, por dentro, guarda um segredo terrível: um erro que a afastou das duas únicas pessoas que realmente importavam na sua vida. Determinada a esquecer o passado, ela deixa Manhattan e vai trabalhar como cuidadora de um soldado recém-saído da guerra. O que ela não esperava era que seu paciente seria um jovem enigmático de vinte e quatro anos tão amargurado quanto atraente.
Paul Langdon está furioso — com o mundo, com a vida, com o seu pai e, principalmente, consigo mesmo. Depois de sofrer na pele os horrores da Guerra do Afeganistão, a última coisa que ele quer é a companhia de uma princesinha nova-iorquina linda, mimada e irritante. A presença de Olivia parece tóxica para Paul: ela o incomoda, mas ele não consegue afastá-la, por mais que tente. 
Nessa recontagem moderna de A Bela e a Fera, Lauren Layne nos traz uma história irresistível de perdão, cura e, acima de tudo, amor.
Hello pessoal tudo certinho?!?! Vamos bater um papo sobre Em Pedaços, da autora Lauren Layne, a mesma autora de Mais que Amigos, tem resenha AQUI.

Quando Olivia comete o maior erro de sua vida ela decide que se afastar de Nova Iorque é a melhor e única opção. Ela só não sabia que assumir o compromisso de ajudar um veterano de guerra, faria com que seus paus surtassem de formas inimagináveis, a última era dando uma festa de despedida e, imaginá-la quem sabe, ganhando um nobel da paz.... sabe no melhor estilo #patricinha.

"Para mim, cuidar de um veterano de guerra não é filantropia. É uma forma de penitência."
Paul passou pelos terrores de lutar em uma guerra, apesar da relutância de seu pai quando de seu alistamento, ele considerou estar fazendo a coisa certa. Ele só não esperava passar pela experiência traumática que o mandou de volta para casa sem os amigos e com a alma e o corpo partidos. Até hoje ele não conseguiu se recuperar e seu pai está desistindo dele, e se isso acontecer, sua nobre causa, sustentada pela mesada paga por seu pai ficará ameaçada.
"Não gasto nem um centavo comigo, a não ser pelos livros."
Então vocês já perceberam, ou para quem não, temos aqui uma releitura de A Bela e a Fera com algumas licenças poéticas admiráveis, sendo a principal, o apaixonado por livros é ele. E apaixonado por edições especiais. Já queremos ser melhores amigos de Paul, certo?! Errado! Ele tem um temperamento horrível e não faz questão de se controlar e nem de se desculpar. Olívia apesar de sim, ser uma rica filhinha de papai, se mostra muito mais madura que nosso fuzileiro.
"Eu deveria estar feliz. Conquistei a distância almejada. Deveria ser como um prêmio. Mas parece muito mais uma punição. Sinto sua falta."
Numa história com personagens amargurados, cada um a seu modo, cheios de segredos do passado, que perseguem ou não seus sonhos, e que podem reaparecer sem serem convidados, a autora criou uma história boa, fluida e muito atrativa. Apesar de alguns furos na história, na realidade faltou algumas conclusões, mas parece que esse tem se tornado o padrão das histórias de agora.
"Sei que em algum momento, ela vai embora, e pretendo fazer tudo em meu poder para atrasar isso. Porque depois que ela se mandar, vou ficar pior do que antes. Nao vou ser só problemático. Vou estar vazio."
Preparem-se para mergulhar no mundo louco de Paul em comapnhia de Olívia, aprender mais sobre posturas durante a corrida e ter certeza que o amor cura as feridas do corpo e da alma, pode levar tempo, mas sempre cura. 

Quatro notas musicais para essa história fofinha!

Ficha Técnica:
Autor: Lauren Layne
Páginas: 248
Editora: Paralela
Ano: 2018
Skoob: Em Pedaços

Nenhum comentário

Postar um comentário