Resenha: A Perdição do Barão

07 novembro 2018
Novo livro de Lucy Vargas, autora de Um Acordo de Cavalheiros. A família de Patrick, como muitas da aristocracia inglesa, foi marcada por escândalos amorosos e sofrimentos. Não é à toa que ele acredita estar amaldiçoado pelo “mal do amor”. Quando se apaixona por Hannah, cuja família também esconde segredos, Patrick não consegue confiar nela e muito menos acreditar que um dia seu amor será correspondido. Ele parte decidido a esquecê-la, mas incapaz de conter o amor que sente, ele aceita: Hannah é a sua perdição. Se permitir que fantasmas do passado continuem a assombrá-los, Hannah pode escapar por entre seus dedos, pondo em risco seus votos e seu elo inquebrável. Quanto mais esse elo é capaz de resistir? Até onde Patrick é capaz de ir por sua baronesa?

Eu nunca tinha lido nada de Lucy, mas a avaliação de seu livro anterior, Um Acordo de Cavalheiros, é muito boa. Acho que foi meu primeiro nacional de época também. Vamos à história?

Patrick não era acostumado com arroubos de amor, ele sempre foi uma pessoa mais contida. Isso talvez se deva ao fato de que ele sempre teve escândalos na família. A mãe foi embora com seu amante, deixando duas crianças pequenas, e o pai virou companheiro da amante, tendo vários filhos bastardos com ela.



Hannah, a neta da duquesa, também teve sua cota de escândalos entre os familiares. Ela vai acabar descobrindo que sua mãe teve casos e que seu pai não é seu pai biológico, além de sua irmã que, após se casar, irá se envolver com vários homens, para envergonhar sua avó, uma tirana.

Mas nada disso impediu Patrick de se apaixonar por Hannah. Nem mesmo sua paixão por outro homem, que não a correspondia como uma dama merece. São várias infelicidades para ambos, mas ultimamente, mais para ela. 

Eu não parava de encontrar Hannah nos piores momentos de sua vida adulta. Mesmo indo e voltando, mesmo me distanciando. E, mesmo após tantos meses, nós nos reencontramos em mais um momento ruim. E eu não conseguia parar de pensar que deveria tirá-la de perto de todas aquelas pessoas. Eram péssimas para ela, e não havia mais ninguém ali para confortá-la. 

Pois bem, as circunstâncias farão com que um elo seja formado entre Hannah e Patrick, como você pode imaginar. Mas nada será tão fácil para o barão, mesmo depois que ele assume que a dama é a sua perdição, pois ela não facilita as coisas.

Minha linda esposa não confessava ou me deixava chegar perto o suficiente para compreender seus sentimentos, por mais que se entregasse com fervor quando estávamos juntos. E, ainda assim, se preocupava com o que eu sentia por ela?

Pois é, as coisas não estão sendo nada fáceis para o casal. E se você quiser descobrir o desfecho desta parte da sinopse: "Se permitir que fantasmas do passado continuem a assombrá-los, Hannah pode escapar por entre seus dedos, pondo em risco seus votos e seu elo inquebrável. Quanto mais esse elo é capaz de resistir? Até onde Patrick é capaz de ir por sua baronesa?" você terá de ler A Perdição do Barão.

Infelizmente não poderei me prolongar na resenha, já que a sinopse não permite, mas espero ter contado um pouco da história, para você saber do que se trata esse romance nacional de época de capa belíssima. 

                                                

Ficha técnica:
Autor: Lucy Vargas
Editora: Bertrand Brasil
Ano: 2018
Páginas: 378

Nenhum comentário

Postar um comentário