Resenha III: Rainbow

03 janeiro 2019
Rainbow Walker sempre se sentiu diferente das garotas da sua idade. Com um nome peculiar e uma família estranha, ela nunca conseguiu estabelecer vínculos ou manter muitas amizades. Agora, em uma nova cidade, ela terá que se adaptar a uma nova escola e rotina, ao mesmo tempo em que precisa deixar sua introspecção de lado. Mas Rainbow não está sozinha nessa jornada, já que uma pessoa inesperada entra em seu caminho, fazendo com que ela precise rever todos os velhos preconceitos em relação aos outros, se obrigando a deixar as pessoas entrarem na sua vida. Reviravoltas, conflitos familiares e toda espécie de desventuras típicas de uma adolescente no Ensino Médio não podem competir com o que ela menos esperava encontrar: o amor e a autodescoberta.

Como você pode perceber, esta é a terceira resenha de Rainbow. Você pode conferir as outras resenhas clicando aqui e aqui, afinal são três opiniões diferentes, que poderão auxiliar você a conhecer mais esse doce de pessoa. 

Rainbow é uma leitura leve, deliciosa para uma tarde de férias. Eu li em dois dias! 
Rain é a primeira dos três filhos da família Walker, e seus pais seguem o estilo de vida hippie. Eles pregam liberdade e amor, e não param muito tempo em uma cidade. Sendo assim, para Rainbow, é um martírio trocar de escola várias vezes por ano, principalmente por conta de ser uma aluna nova com um nome pra lá de diferente. Por isso, ela prefere ser mais fechada e não fazer amizades, para não ser importunada e também pra não sofrer ao ter de mudar para uma nova cidade, e uma nova escola, em poucos meses.

Acontece que Rainbow não contava conhecer Thomas, um cara atlético, jogador do time de futebol americano da escola. Ele não a deixa em paz, insiste em sua amizade, e também em algo mais. Thomas ficou caidinho pela protagonista, e ela por ele, mas ele precisará enfrentar muitas dificuldades para derrubar as paredes que Rainbow criou para si.

Eu nunca tinha tido muito tempo para curtir essa onda de garotos bonitos e tal. Acho que porque sempre fui centrada nos estudos e tudo mais. A onda hormonal de assanhamento, eu havia deixado para minha irmã. Claro que eu sabia que não seria uma tia solteirona com vinte gatos perambulando pela casa, mas também não estava interessada em acelerar o processo de conhecer e me encantar com garotos, porque eu sabia que teria muito tempo pela frente. Thomas Reynard chegou em minha vida para jogar por terra toda essa minha filosofia arduamente conquistada.

Não é preciso ser gênio para entender que Thomas conseguirá derrubar as paredes erguidas por Rain, não é mesmo? Afinal, o cara é um gato, ele é superconvincente e não deixa a moça pensar muito. Ele a pega de surpresa e a faz feliz, mesmo sem ela perceber. Rainbow não tem opção a não ser cair de amores pelo jogador e se render a ele.

Mas que graça teria se tudo se acertasse assim, tão facilmente? Faltam dois meses para Rain se formar, e é claro, para ela se inscrever em faculdades, assim como Thomas. Já seria uma grande dificuldade, porque eles podem estudar em lugares longínquos, e você sabe que um namoro à  distância pode ser bem complicado. Porém, nossos pombinhos não contavam que os pais de Rain resolvessem, mais uma vez, seguir adiante.

- Não quero me mudar, mãe. - Sunny disse, categoricamente. - Agora que fiz novos amigos e consegui me enturmar. - E entrei no time de futebol - Storm completou. Eu segurei minha língua para não dizer: e eu me apaixonei por um cara maravilhoso. Ele é uma das razões de não querer sair desta cidade de jeito nenhum. 

Pois é, todos os irmãos Walker têm motivos para ficar na cidade atual, apesar de seus pais quererem o contrário. Só que eles são menores de idade, então podem perder o que conquistaram, se a mudança se concretizar. Problemas à vista para os garotos!

Não vou me estender mais no assunto, porque espero que você leia Rainbow e descubra como tudo se resolverá. Para finalizar, mais uma citação. Achei lindo o amor de Rain e Thomas, que é bem resumido a seguir:

Por que ter tanto trabalho assim, Thomas? - perguntei e tentei entender realmente. Trabalho de quê? - Em ficar comigo, mesmo sabendo que nosso relacionamento é limitado a momentos assim... Ouvi seu suspiro profundo. Porque você vale a pena, Rain. 

Cada irmão terá sua oportunidade de livro, e em breve resenharei Sunshine, o romance que explora a história da garota, irmã gêmea de Storm (cujo livro ainda não foi escrito).

Ficha técnica:
Autor: M. S. Fayes
Editora: Pandorga
Ano: 2017
Páginas: 288
Skoob: Rainbow

8 comentários

  1. Ah que lindo! Quero tanto conhecer esses irmãos! 💗

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a pena, foram duas leituras seguidas, onde fechei o ano muito bem! Agora ansiosa pela história do Storm!

      Excluir
  2. Parabéns pela linda resenha, Nanda. Quero muito ler esse livro e suas palavras me deixaram ainda mais empolgada. Um grande beijo!

    Cris
    @ficavaiterleitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo, Cris! Excelente notícia rsrs espero que leia mesmo, porque são histórias muito delicinhas!

      Excluir
  3. Esses irmãos Walker são demais, cada um tem uma historia super bacana e uma personalidade bem forte. Só os pais que são meio doidões, e nessa onda de ser hippie, acabam tomando umas atitudes meio drásticas. Gostei bastante de Rainbow, achei a história doce e muito romântica, mas meu favorito ainda é Sunshine, porque a Sunny e o Mike são ainda mais fofos. É uma série supergostosinha de ler, a M.S. Fayes certamente me conquistou novamente depois desses livros, pois ja quero ler mais obras dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Fer! Você falou tudo está

      Ainda não sei de qual irmã gisto mais, porque me idebtidentif com as duas, em fases diferentes da minha vida. Mas realmente são livros lindos, e eu soube que ontem a autora terminou o livro do Storm. Espero que seja publicado neste ano!

      Excluir
  4. Estou doida para ler esse livro, essa capa me deixa sempre curiosa, e essa resenha ganhou meu coração <3
    Beiiijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabi, leia Rainbow e também Sunshine, e eu recomendo que leia logo porque o livro do terceiro irmão já foi escrito, acredito que será lançado em breve. É uma família muito divertida, que aquece nosso coração. Obrigada pelo teu carinho! Beijos.

      Excluir