Resenha: Lady Daphne

21 março 2019
Recém saída de um relacionamento longo com o sócio num restaurante de sucesso, a chef Daphne vê na convenção de romance de época do Hotel Eden a chance de se reaproximar das amigas e esquecer que está solteira e desempregada pela primeira vez em anos.

 Anna Julia é minha amiga, e ela me pede para ser imparcial nas resenhas. Eu sempre sou, e já começo minha explanação com uma bronca. Isso é sinopse que se apresente? Não gosto de contar demais e geralmente me atenho à sinopse, mas como fazer isso? Aí você ferrou! Risos.

Brincadeiras à parte, vai ser difícil contar a vocês a história do livro sem falar demais. Vou ter que me prolongar ao que foi dito, obviamente, mas prometo não estragar a surpresa. Vamos lá!

Lady Daphne é o terceiro livro da série Single Ladies. Já conhecemos as belas histórias de Lauren e Anne, agora é a vez de Daphne e em seguida teremos o final feliz de Yasmin. A autora me contou uma coisa bem interessante, que eu não havia reparado. Os nomes das protagonistas fecham a palavra LADY. Uma pena, porque estou doida, desde o primeiro livro, para conhecer o segredo de Yasmin. E vai ficar por último!

Bem, para você que não conhece a série, vou falar dela. São quatro amigas solteiras, de profissões diferentes, mas com uma paixão em comum: os livros. Elas se hospedam em um hotel para uma convenção de romance de época e prometem se divertir muito, mas se comportando como ladies. Ah, tá! Se você leu os outros livros, sabe que os planos foram por água abaixo.



E bem que Daphne tentou, mas não é sempre que um Paul aparece na vida dela.

Ele estava a trabalho e nem sempre era possível dar atenção a outras coisas. Mesmo assim, conseguiu tempo para observá-la, admirá-la e se aproximar quando o ritmo de trabalho diminuiu. Por sorte, isso aconteceu justo no momento em que ela elogiava seu vinho. Não tinha como ignorar isso também. De perto, com os olhos verdes expressivos, ela era linda e fascinante e se oferecer para mostrar a garrafa era o mínimo que poderia fazer. 
Após sair de um relacionamento de vários anos, com sociedade no restaurante que tinha com ele, a moça planeja ficar um bom tempo sozinha. Assim, a convenção de romance de época surgiu em boa hora, para ela curtir com as amigas um final de semana com sua autoras favoritas, pegando autógrafos de todas elas.

O plano de Daphne até dá certo, em partes, como você verá se ler o romance.  Porque ela não terá muito tempo para curtir com as amigas e nem com as autoras. Tudo por conta de uma proposta de Paul, para a moça salvar a pele dele e do irmão. Daphne até tenta recusar, mas é mais forte do que ela.

E agora, o que dizer? Até aqui, acredito que estou indo bem (risos). Daphne, assim como suas amigas dos romances anteriores, terá que pensar muito em suas atitudes, porque sua vida poderá mudar totalmente em pouco tempo. Ela terá problemas com o ex, e também que repensar suas metas de relacionamento. Vou ficar por aqui porque está ficando difícil não contar mais.

Para finalizar, digo que Lady Daphne é excelente, como os outros, mas eu gostei mais desse porque são poucas partes hot, bem poucas mesmo, ao contrário da maioria dos livros da Anna. O casal até que foi mais contido, as cenas quentes demoraram a aparecer, e não foram tão detalhadas assim.

Agora, estou ansiosamente à espera do desfecho da coleção, o livro de Yasmin, porque a moça, pelo jeito, tem muita história para contar!

Anna, brincadeiras e broncas à parte, você arrasou. Como sempre!


Ficha técnica:
Autor: A J Ventura
Editora: Amazon
Ano: 2019
Páginas: 179
Skoob: Lady Daphne

6 comentários

  1. Nanda, escrever sinopses é mais doloroso que extrair dentes. Obrigada pelo cuidado, mesmo assim. Obrigada também pelo carinho, sempre! ❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha imagino que deve ser bastante difícil mesmo! Não precisa agradecer, estou aqui sempre! Beijão.

      Excluir
  2. Fernanda, adorei sua resenha, como sempre leal à sinopse e ao propósito de não dar spoilers. Amo esse tipo de série e achei o enredo interessante (que leitora de romances não ama uma convenção para falar de romances de época?). Também achei interessante a sacada dos nomes das personagens formarem a palavra LADY e agora até eu estou curiosa pelo último livro, da Yasmin, mesmo sem ter lido toda a série! O jeito é incluir em minha lista, ainda mais por saber que tem bastante hot nos primeiros livros! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os livros da Anna são hot, mas tudo com muito conteúdo. Por isto, leio sempre, leio tudo o que ela publica, porque as cenas são naturais, fazem parte da história. Os livros dela são excelentes, todos eles! Beijos.

      Excluir
  3. Ler um livro cheio de cenas hots é um caminho sem volta na vida do leitor, rsrs. Mas adoro quando o autor sabe dosar isso para o conteúdo não ficar forçado e a trama das "moças solteiras" me chamou bastante atenção, já quero conhecer!
    Beijos.

    ResponderExcluir