Resenha: The Fallen Genesis

28 maio 2019
Sinopse: NO INÍCIO…
Eles disseram que eram maus.Eles disseram que estavam possuídos por demônios.Eles disseram que a escuridão corria em suas veias.
Holy Innocents Home for Children  é um paraíso para meninos órfãos que não têm nada nem ninguém. Os sacerdotes cuidam deles, os educando, os criando na família da igreja.
Exceto por alguns.
Sete dos órfãos não são garotos comuns. Eles atraem a atenção dos sacerdotes por seus atos de violência, de sede de sangue. Os sacerdotes percebem que esses meninos são atraídos para a escuridão.
E os sacerdotes não são padres comuns. Eles são os irmãos, uma seita secreta que acredita em uma missão divina para procurar o mal nos meninos sob seus cuidados. Procure, e depois expulse.
Os sete caíram da graça de Deus. E os irmãos limparão suas almas enegrecidas …
Um romance dark contemporâneo. Contém situações sexuais, violência, assuntos sensíveis e tabus, linguagem ofensiva e tópicos que alguns podem sentir como gatilhos. Recomendado para maiores de 18 anos.
Hello pessoas tudo certinho?? A resenha de hoje é de uma obra muito especial e que está dando o que falar. The Fallen: Gênesis é o Prequel da série Deadly Virtues da autora Tillie Cole, uma série Dark raiz, ou seja, muita violência e muito derramamento de sangue nos porões de uma casa de acolhimento. Recebemos o ARC da obra e agradecemos imensamente a autora e a assessoria, pela oportunidade!

Holy Innocents Home for Children é um orfanato criado com base no sacerdócio do cristianismo, um lugar que deveria ser repleto de amor e acolhimento, mas que só ensinou a Joseph e James, o quanto os padres podem ser maus e perversos, independente da vocação escolhida.
“The Brethren would no longer rule their lives. The Fallen were brothers reborn. Baptized anew”
Aqui Tillie nos introduz na seita The Brethren, uma prelazia da Igreja católica, reside aqui a polêmica da história, que ao invés de fazer sua parte em proteger os órfãos e cuidar de seu bem-estar, usa de seu poder físico e psicológico para moldar a vida dessas crianças como eles bem querem.
"Gabriel would protect the Fallen from the Brethren. He would trust in God to help him find a way."
Não é uma leitura fácil e se você tem gatilhos recomendo passar longe, mas não se compara ao Sick Fux. Pelo menos no prequel apesar de muito descritivo, consegue deixar o pai e os “tios” de Doll ainda com o status de piores pessoas da existência. E esse é o estilo que Tillie mostra sua referência escolar, fala como ninguém sobre valores religiosos, ou seria a falta deles??? Fica aí o questionamento.
“Boys with the names of angels but the thirst of demons in their blood.”
Prepare-se para mergulhar no mundo de Gabriel e seus seis irmãos caídos e esteja pronta para ser surpreendida para o bem e para o mal. Bem do jeitinho que só a autora sabe fazer. É uma ótima introdução a esse mundo que ainda vai nos deixar loucas por mais 07 livros.

Cinco estrelas bem merecida, mas confesso que o terror psicológico feito pela autora, me colocou num nível de expectativa tão absurda que confesso que o choque não foi tanto. Já aguardando Raphael!

Ficha técnica:
Autor: Tillie Cole
Editora: Independente
Ano: 2019
Páginas: 140

Até mais!!!

Nenhum comentário

Postar um comentário