Resenha: Piloto Playboy

10 junho 2019
Sinopse: Dinheiro ou amor? Qual você escolheria?

Você provavelmente acabou de responder a pergunta na sua mente pensando que é uma decisão fácil.

Para mim, não é. Eu já disse que é bastante dinheiro? Muito mesmo.
Eu precisava ir para longe para pensar nisso.
Quando embarquei em uma viagem impulsiva, mudei o rumo ao conhecer o sexy Carter no lounge do aeroporto. Nos envolvemos em uma conversa acalorada.
Depois, ele foi embora.
Pensei que nunca mais fosse vê-lo.
Mas o destino tinha outros planos.
Surpresa! Ele era o piloto do meu voo.
A surpresa maior foi a aventura que aconteceu depois que o avião pousou.
Carter era perigoso e estava sempre viajando.
Embora nossa conexão fosse magnética, eu sabia que era apenas temporária.
Ele me dava passagens, e eu o seguia pelo mundo para lugares exóticos.
Um bando de aeromoças ex dele e boatos sobre a reputação de Carter sempre estavam nos rodeando.
Eu não sabia no que acreditar.
Mas estava viciada. Nada mais importava. E eu ia me magoar. Porque parte de mim queria ser a garota que finalmente faria o piloto playboy se aquietar.
Pelo menos, ele estava me levando para um passeio emocionante.
Todas as coisas boas acabam, certo?
Só que não previ como seria o nosso final.
Hello pessoas, tudo certinho?!?! Hoje vamos bater um papinho sobre Piloto Playboy, o mais recente lançamento da editora Charme, escrito pela dupla nota dez Penelope Ward e Vi Keeland.

Nele conhecemos o triple C, nosso Capitão Carter Clynes, um piloto com todos os melhores atributos, o terror dos aeroportos que logo se encanta por Kendall, uma herdeira, quase rica, do Texas que se encontra em um grande dilema.
Os dois partem numa aventura muito louca após se conhecerem no bar do aeroporto, e é aí que reside toda a surpresa,  ou não dependendo do leitor que você é,  a primeira aventura deles é aqui no Rio de Janeiro. Isso mesmo, aqui nessa distopia louca chamada Rio de Janeiro.
"Que pena que não havia uma música dos Beatles chamada "Eu Quero Você Inteira". Teria sido uma forma muito mais adequada de expressar como eu me sentia no momento."
Apesar da química quase imediata entre eles, sim rola "saparada", mas estamos falando de Vi e Pen e elas são assim. E falando delas, os dois protagonistas guardam segredos sobre si e seus passados, que interferirão diretamente em seus presentes, inclusive em seus futuros.

Com uma pegada que te envolve e mesmo sendo o típico romance Clichê, é aquele livro que você não larga desde a primeira página, mas com essas duas não tem como ser diferente. Além da fissura de Carter por Beatles que torna a história muito mais interessante, encontramos aqui Chance e seu sexy sotaque australiano e seu bichinho de estimação peculiar no aeroporto. Se você não sabe de quem estou falando, leia Cretino Abusado, te garanto a mesma leitura maravilhosa desse livro.
"... peguei o comunicador para fazer o que sempre fazia quando estava me sentindo para baixo. Mas desta vez, era para ela."
Dito isso, é impossível não se emocionar com o verdadeiro Carter, com a personalidade da pessoa e não o piloto, e apesar de querer trucidar Kendall em um momento específico, consegui me conectar totalmente com ela. Uma leitura para ser concluída em algumas horas, Piloto Playboy veio para te mostrar que um piloto em nossas vidas faz toda diferença, principalmente se esse piloto for o "Trip".
"Às vezes, o amor dura um instante.Às vezes, o amor dura uma vida inteira.Asas duram a eternidade."
Cinco estrelas mais que merecidas.

Ficha Técnica:
Autor: Penelope Ward e Vi Keeland
Páginas: 273
Editora: Paralela
Ano: 2019

Até mais!

Nenhum comentário

Postar um comentário