Resenha: Loucamente Apaixonada na Livraria dos Corações Solitários

18 julho 2019
Novo romance da série A Livraria dos Corações Solitários, sobre a vida dos funcionários da livraria que por uma razão ou outra desistiram do amor e, ainda assim, o encontram quando menos esperam. Cheia de tatuagens e com o cabelo cor-de-rosa, a dublê de pinup Nina adora bad boys — quanto mais cara de mau, melhor. Apesar dos receios de seus amigos, ela acredita firmemente que o amor verdadeiro só tem uma forma: selvagem, intenso e pontuado por brigas tempestuosas — como na história de Heathcliff e Cathy, o casal angustiado de O Morro dos Ventos Uivantes. E ela não vai se contentar com nada menos que isso. Mas anos de encontros marcados por aplicativo não trouxeram nada além de caras esquisitos e paqueras banais, e Nina não está nem um pouco mais perto de encontrar o amor. Quando um homem de seu passado entra na livraria, Nina sabe que não tem nada a temer: o garoto mais nerd da escola se tornou um analista de negócios tedioso que combina o terno com a gravata, sem chance de fazer seu coração bater mais rápido. O que só mostra quão pouco Nina sabe sobre bad boys, analistas de negócios e o próprio coração.. Este é mais um romance delicioso da série A Livraria dos Corações Solitários, sobre a vida dos funcionários da livraria, um “alegre bando de desajustados”, que por uma razão ou outra desistiram do amor e, ainda assim, o encontram quando menos esperam.

Ao finalizar a resenha da semana passada (Dias Inesquecíveis), eu disse que a resenha desta semana seria o final da série A pequena Livraria dos Corações Solitários, mas depois eu fiquei pensando: será mesmo? E por que não teria um livro para o misterioso Tom, que está cada vez mais misterioso?

Na verdade, não quero que a série acabe, então torço para que o único funcionário da livraria Felizes Para Sempre, que atua em meio período, também tenha seu final feliz. Posy já teve, Verity também, e agora falaremos de Nina, então, por que Tom também não ter? Não que as pessoas precisem de um par para serem felizes, é só porque, como eu disse, quero mais da coleção (risos).



Nina é uma moça cheia de curvas, com corpo tatuado, cabelo colorido, e um coração que sonha ser preenchido por um homem como Heathcliff, de O Morro dos Ventos Uivantes. Contudo, não é o que ela encontra em seus frequentes encontros após o trabalho, a maioria marcados pelo aplicativo criado pelo marido de Posy.

A verdade é que a Garota Tatuada está cansada de ir dormir tarde, depois de encontrar homens que só querem sexo. Ela é bem decidida quando as amigas pegam no seu pé, pois quer um amor como o do romance, e não aceitará menos que isso. Se não for assim, prefere ficar sozinha.

- Já é hora de sossegar com um cara decente. Nina fez uma careta. - Eu não quero sossegar com um cara decente. Não quero nada menos que um amor louco e apaixonado com um homem que me daria o céu e as estrelas, se eu lhe pedisse. 

Agora, me conte, caro leitor: as suas vontades sempre são atendidas? Você sempre tem o que deseja? Nina terá, mas não da forma como desejou. Afinal, um analista de negócios nerd, sabe-tudo, que adora azul-marinho, que anda o dia  todo de terno e gravata, está longe de ser como Heathcliff.

E pior: o cara que aparentemente deixa Nina irritada na maior parte do dia é alguém do seu passado, uma pessoa que Nina poderia ter protegido, mas não protegeu. Alguém que sofreu muito e que carrega mágoas há anos, e é uma situação onde a garota está altamente envolvida. É, o segredo do passado pode afetar drasticamente o seu futuro, mesmo que ambos se sintam altamente atraídos.

Você reparou que eu não citei o nome do homem? Pois é, encontrei a sinopse ideal, depois de algum tempo, uma que não disse muito e nem pouco. E se o nome dele não foi citado, não sou em quem citará. Nada de mais, você poderá encontrar o nome em diversas resenhas na internet, mas prefiro preservar o que a sinopse falou.

E, quando Nina se lembrava dos  dias da escola, lembrava-se também do  terrível segredo que escondia dele, o que significava que ela e .... nunca poderiam ser nada. Talvez fosse melhor acabar com tudo de uma vez. Parar nos dois não encontros, antes que houvesse danos colaterais excessivos e, especialmente, antes que .... descobrisse que Nina era a última pessoa no mundo de quem ele ia querer gostar. 

Espero ter despertado seu interesse pela leitura, porque eu gostei muito deste livro. Além de mesclar meus dois gêneros literários preferidos (romance e chick-lit), ainda se passa em uma livraria. Tem como dar errado? Não!


Ainda não sei o nome do livro que vou resenhar na semana que vem, mas sugiro que acompanhe as postagens, porque toda quinta-feira tem uma nova! Até mais!


Ficha  técnica:
Autor: Annie Darling
Editora: Verus
Ano: 2019
Páginas: 322
Skoob: Loucamente Apaixonada na Livraria dos Corações Solitários

8 comentários

  1. Estou lendo esse livro também, junto com outros; cheguei na pag 150 mais ou menos, mas não estou conseguindo me envolver com a história. Não sei se é porque não gostei da Nina, nem do X ( ja que vc não falou o nome, também não vou falar 🤭🤭), mas estou achando o livro bem chatinho, totalmente diferente dos outros 2, que adorei. Espero que dê uma guinada a partir de agora, pois os dois estão começando a conversar mais, então talvez fique mais interessante. Mas até o momento sinto que o X caiu de paraquedas na historia, apenas pra fazer par com a Nina. Vamos ver o que vem pela frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não me envolvi muito com a Nina no começo, mas depois melhora e muito. E o X é superfofo, não hesita em agradá-la. Espero que melhore para você!

      Excluir
  2. Adorei a resenha. fiquei com gostinho de quero mais. preciso ler esse livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo! Recomendo que leia a série toda, que é incrível!

      Excluir
  3. Oi Fê! Adorei sua resenha! Morro de rir com seus comentários sobre as sinopses que quase contam o livro todo e também achei essa bem ideal (que não conta muito nem pouco). Também me interessei por mais esse livro da série pois adoro esse tipo de romance, ainda mais se passando em uma livraria. Beijos!!! Karla Samira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, menina, não tem como dar errado um romance que se passa em livraria, é uma série incrível!

      Que bom que acha engraçado meu drama com as sinopses. Às vezes me acho repetitiva, mas não nem sempre consigo resistir e não falar delas kkkk. Beijos.

      Excluir
  4. Oi Nanda! Aah, eu tenho o primeiro livro da série e nunca consegui evoluir a leitura, mas nossa que vontade que estou de ler este livro... Adoro romances carregados de mistérios, dramas do passado e tudo que tem direito rsrs. Estou bem intrigada com seu último quote, rs.
    Vou tentar retomar a leitura para poder chegar nele!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente o primeiro livro não nos mostra como esta coleção é maravilhosa! Mas se você insistir, garanto que termina a série, e que vai adorar o livro da Verity, principalmente.

      Excluir