Resenha: Poderoso Destino

11 dezembro 2019
Sinopse: Depois de ser publicamente humilhado pela alta sociedade de Londres, o Conde de Hawkstone precisará provar que é capaz de reerguer-se e ter de volta a fortuna de sua família, completamente arruinada pelo seu falecido pai. Com a chegada de Joaquim, seu primo português, Hawk vê a possibilidade de enriquecer novamente com um arriscado investimento: o café brasileiro. Com o sucesso dos negócios e sua volta ao topo da aristocracia, Hawkstone está pronto para reenvidicar o amor de Lady Gwendoline, que lhe fora negada no passado, porém, uma viagem ao Brasil faz com que ele conheça o verdadeiro amor nos braços da jovem e misteriosa garota de cabelos castanho-avermelhados.
Olá pessoal tudo certinho?! Então vamos falar do livro, um romance de época, que é bem o que todos gostamos e que com esses primeiros capítulos pude ver que tem tudo para emplacar. A escrita da autora é boa, e a história foi bem ambientada. Se passa no século XIX que é o período que eu particularmente mais curto.



Lily descobre que sua família está falida e precisa manter as rédeas curtas na mãe e na irmã, até o casamento de seu irmão e, obviamente, é o desgosto do falecido pai, por ser uma mulher com muitos talentos, o que é um desperdício, segundo o entendimento do falecido Conde. Espero que esse seja um dos pontos a ser discutido no livro, em três capítulos só serviu para me deixar ainda mais curiosa 😉.

Então me empolguei com a Lily, mas a história é de seu irmão o Conde Howkstone. Como eu disse anteriormente, a família está falida, ele está tentando contornar a situação de alguma forma, mas ainda assim, a alta sociedade londrina não perdoa os falidos. E num dos grandes bailes, jogam a situação de sua família na roda, fazendo com que além da humilhação,  ele perca a sua prometida noiva.

Mas as coisas parecem melhorar quando recebe uma proposta de seu primo, para um investimento ousado, em algo que eles não fazem ideia se dará certo, eu particularmente achei desde o primeiro momento que fosse golpe do primo, sim eu sou a pessoa que desconfia de todo mundo... mas para minha surpresa não foi bem isso que aconteceu.

A bem verdade é que Stephen, o conde em questão,  consegue reerguer sua família e vai atrás de reaver sua noiva, afinal ele agora além de Conde é um homem de negócios de sucesso. Mas o destino fez com que ele encontrasse em seu caminho Helena, alguém que o vai fazer repensar e questionar tudo pelo que estava lutando e ansiando.
" - Eu passaria por todos os momentos de angústia que passei ao estar na ruína,  se fosse o preço para te conhecer."
A mim foi uma leitura muito agradável, mesmo que a questão da escravidão abordada, eu acho que poderia ser exposta de forma diferente, mas sim, é um capítulo feio da nossa história e entendo que a autora precisava ambientar, mas ainda assim o assunto me incomoda, então é a única questão que eu não gostei. Fora isso, o livro é bem agradável e não deixa nada a desejar aos nomes em voga dos romances de época. 

Agradeço a Astral Cultural a oportunidade de poder ler a obra.

Nenhum comentário

Postar um comentário