Resenha: A Tentação de Levi

10 janeiro 2020
Sinopse: O proibido nunca pareceu tão tentador.
A carreira de Levi Cade como bombeiro terminou após um acidente no trabalho. Depois, seu pai morreu e o deixou encarregado do resort multimilionário da família. Agora, ele é forçado a trabalhar com consultores financeiros lhe dizendo o que fazer e precisa de alguém em quem possa confiar ao seu lado.
A candidata perfeita entra pela porta usando saia lápis, blusa branca justa e tem cabelos loiros ondulados que tenta controlar.
O único problema? Ela é a irmã mais nova da sua ex-namorada traidora.
De jeito nenhum. A última coisa que Levi precisa é de outra Wright na sua vida.
Por outro lado, ele sempre gostou de brincar com fogo.

Hello pessoas, tudo certinho?!?! Hoje falaremos sobre o primeiro lançamento da editora Bookmarks, A Tentação de Levi da autora Jules Barnard.

"O proibido nunca pareceu tão tentador." Assim eu já queria ler o livro. Estava c saudade de pegar uma saga de família e destrinchar, amoooo essas histórias de família que sempre são recheadas de tiro, porrada e bomba... ops nada disso, são recheadas de segredos, mentiras e muita treta. E aqui não é diferente.

Levi sempre sonhou em ser bombeiro, ele sempre quis poder ajudar e salvar pessoas, mesmo que isso nem sempre seja possível, mas seu sonho foi encerrado mais cedo do que o esperado, e se não bastasse isso, ele teve que assumir o negócio da família,  apos o falecimento de seu pai. E para piorar ele não faz a menor ideia de como administrar um resort de luxo.

Emily Wright sempre teve uma paixonite por Levi. Mas sendo sua irmã noiva do cara, tudo ficou no platônico. Sete anos depois ela é uma profissional de alta performance e acaba por trabalhar no resort da família Cade. Ela foi a última contratação do Patriarca da família. Ela achou que estaria imune ao Cade mais velho, mas na realidade nada mudou.

Ahhh gente é refrescante pegar um livro fofo, despretensioso e chegar ao final com sorrisinho bobo porque o livro é fofo demais. Apesar disso, até esse momento é muita treta para resolver, é fazer Levi descer do pedestal de "sou melhor que os outros", pois ele tem uma necessidade de sentir e se mostrar superior aos irmãos, que nem Freud explica.
"Aquilo não era uma comédia romântica em que o mocinho bonito ansiava secretamente pela nerd desajeitada."
Já Emily desempenha seu trabalho com muita competência, apesar ser um tantinho sem jeito, e só cresce a paixão e a admiração pelo chefe, mas ela também sabe que não pode querer um cara que já foi noivo de sua irmã,  mesmo que tudo tenha acabado da forma como acabou.

O pior é depois descobrir que até existe uma atração mútua, mas que ele não está disponível emocionalmente. Diante disso começa o impasse se ela deve ou não insistir. O desistir vem acompanhado de revelações que fazem com que Levi precise tomar sua decisão, mesmo que isso signifique não ter controle.
"No fundo, nada havia mudado. Ainda estava atraída por Levi Cade. E continuava sem ter chance com ele."
Eu já estava com saudade de uma boa saga de família, e esse livro veio para compensar isso. Preparem seus corações para ser abalado por Levi Cade, e já fiquem de sobreaviso, assim como estou,  aguardando Wes Cade, próximo irmão a nos contar sua história.

Leitura mais que recomendada!!

Ficha Técnica
Autor: Julles Barnard
Editora: Bookmarks
Ano: 2020
Páginas: 230

Nenhum comentário

Postar um comentário