Resenha: De Repente Uma Noite de Paixão

19 março 2020

Não há espaço para romance na vida da escritora Amanda Briars. Reconhecida no meio literário londrino, ela realiza as próprias fantasias através das personagens que cria em suas histórias de amor. Em nome da liberdade, está satisfeita em viver na solidão. Amanda só não quer completar 30 anos sem nunca ter experimentado o prazer, e a solução mais discreta é contratar os serviços de um profissional. Quando o homem aparece à sua porta, a atração entre os dois é evidente, mas, para frustração dela, ele interrompe a noite de paixão no meio e vai embora. Uma semana depois, ela o reencontra em um jantar e descobre que Jack Devlin é, na verdade, seu novo editor. Amanda fica mortificada. Porém, as lembranças daquela noite permanecem vivas na mente dos dois, e basta uma centelha para que o fogo entre eles se reacenda. Só que Jack, filho rejeitado do nobre mais notório de Londres, tem o coração endurecido e não acredita no amor, enquanto Amanda resiste ao desejo crescente em nome de sua independência. Quando o destino entrelaça suas vidas, suas convicções mais profundas entram em choque. Agora os dois precisam decidir se, depois de conhecerem a verdadeira paixão, conseguirão voltar a se satisfazer com menos que isso.

Uma combinação envolvendo romance de época de Lisa Kleypas, uma escritora e um editor de livros tem como dar errado? NÃO! Acho que foi por isso que fui com expectativas bem altas quanto ao novo romance de Lisa, porque conheço os seus outros livros de época e adorei todos. Assim, esperava mais desse! 

Como citei, não tem como uma combinação dessas dar errado, mas não foi tão bom quanto Lisa costuma ser. Claro que se tivesse uma continuação eu leria, mas não vai ganhar notas musicais máximas (risos). 


Amanda Briars está prestes a completar 30 anos. A escritora de sucesso é independente e feliz, e acredita firmemente que está melhor do que suas irmãs, que estão cercadas de filhos e possuem um marido insosso. Porém, ela quer conhecer o prazer, sendo assim, procura os serviços profissionais de um homem.

O que ela não imaginava é que uma conspiração seria feita, e que Amanda e Jack se encontrariam na noite do seu aniversário de 30 anos, para a realização dessa fantasia, que ficou em meio. E haveria outros encontros também, já que os dois trabalham no mesmo segmento, e o editor faz uma proposta irresistível à escritora. Ele a quer, pessoal e profissionalmente.

- Sr. Devlin, disse ela, com esforço, a mão ainda presa à dele -, por que insiste em publicar meu romance como um folhetim? - Porque o acesso aos livros não deve ser privilégio dos ricos. Quero imprimir bons livros de modo que as massas possam se permitir comprá-los. Um homem pobre precisa muito mais de uma fuga do que um rico.

Um caso se inicia, e aí começa a parte hot. Aliás, várias partes hot! Se você acompanha minhas resenhas, sabe que não gosto de cenas de sexo, mas entendo que fazem parte do roteiro, e tudo bem se não forem excessivas. Os romances de Lisa possuem poucas cenas hot, mas esse foi exceção. Tantas cenas que acabei virando muitas páginas, para chegar a outras partes do romance.

Aí chega uma hora que Amanda precisa tomar uma decisão: a calmaria ou a tempestade? A tempestade se chama Jack Devlin, uma atração irresistível. Na sinopse, fazem com que a calmaria seja menos, e é algo com que não concordo. Aliás, eu teria preferido a calmaria!

Aprovo inteiramente a sua escolha, e não consigo disfarçar meu enorme prazer por você ter escutado o meu conselho, escrevera Sophia. Por tudo o que se sabe, o Sr. Hartley é um cavalheiro decente, de vida tranquila, de linhagem estimada e com uma fortuna sólida. Não tenho dúvidas de que esse casamento será muito benéfico para todos. 

Enfim, talvez sejam esses os dois motivos que me fizeram avaliar o livro um pouco abaixo do que gostaria. É bom, mas poderia ser melhor! 


Ficha técnica:
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Ano: 2020
Páginas: 272

Na quinta que vem, temos um compromisso marcado. Venha conferir mais uma resenha minha! 

Nenhum comentário

Postar um comentário