Resenha: O Que Acontece em Londres

09 abril 2020

Boatos e Fofocas ... A VIDA DE LONDRES! Quando dizem a Olivia Bevelstoke que seu novo vizinho pode ter matado sua noiva, ela não acredita nem por um segundo, mas, ainda assim, como ela pode ajudar a espioná-lo, só para ter certeza? Então, ela ocupa um lugar perto da janela do quarto, escondida de maneira inteligente por cortinas, relógios e espera ... e descobre um homem muito intrigante, que definitivamente está tramando algo. Sir Harry Valentine trabalha para o ramo chato do Departamento de Guerra, traduzindo documentos vitais para a segurança nacional. Ele não é um espião, mas já recebeu todo o treinamento e, quando uma loira linda começa a observá-lo pela janela, ele imediatamente suspeita. Mas justamente quando ele decide que ela não passa de uma debutante irritantemente intrometida, ele descobre que ela pode estar noiva de um príncipe estrangeiro, que pode estar conspirando contra a Inglaterra. E quando Harry é espionado por Olivia, ele descobre que pode estar se apaixonando por ela ...

Para contar minha opinião sobre O Que Acontece em Londres, vou fazer uma pequena introdução do que achei de outros livros da Julia. 

Em Mais Lindo que a Lua, achei bastante sem sal, um casal que só fazia joguinhos e que enrolou muito tempo para ficar juntos. Porém, a continuação, Mais Forte Que o Sol, foi um livro que adorei, que nos mostrou a Julia Quinn que amamos em Os Bridgertons.

O mesmo praticamente aconteceu com esta série. Afinal, eu gostei de História de um Grande Amor, só que teve partes maçantes, em que eu queria dar uns tapas em Olívia por fazer joguinhos com Nigel, o grande amor de sua vida, que estava aos pés dela. Agora, adorei O Que Acontece em Londres! É leve e divertido e também nos mostra a Julia que escreveu a adorada série. 

A sinopse contou demais, contudo, nos deu uma ideia bastante engraçada e atraente deste romance. E é por esse caminho que eu vou desenvolver a resenha. Prometo não passar do que foi contado, como sempre!


Olivia é uma moça linda, uma das mais belas de Londres, e já recusou diversos pretendentes. Sendo assim, quando Harry se muda para a casa em frente, ela está solteira, e ele também. 

Como não poderia deixar de ser, um homem solteiro e bonito chama a atenção das moças solteiras da região. Só que Harry Valentine foi motivo de conversas pela razão errada. 

- Dizem que ele matou a noiva. Foi o suficiente para fazer lady Olivia parar de mexer o chá. - Quem? - perguntou ela, pois, na verdade, não vinha prestando a menor atenção na conversa. - Sir Harry Valentine. Seu novo vizinho. 

Olivia, como quem não quer nada, resolve espioná-lo. Não custa nada, afinal, seu quarto dá de frente para o escritório do moço, onde ele passa horas e horas estranhamente debruçado sobre documentos. Mas é claro que uma moça tão linda como ela não passaria despercebida, não é mesmo? Essa parte é bastante divertida, já que eles fazem um jogo de gato e rato.

A primeira conversa acontece em um evento bastante conhecido nosso, uma sacada genial de Julia: um concerto do Quarteto Smythe-Smith! 

Adoro essa conexão com outras histórias, e tem mais, porque Os Bridgertons também são citados brevemente no romance. E ainda: um livro envolve bastante o casal Harry e Olivia, e adivinhe? Srta. Butterworth e o Barão Louco, lido em Os Bridgertons por Hyacinth para Lady Danbury. 

Voltando: porém, as interações entre eles não são promissoras, e logo o casal descobre que um não vai com a cara do outro.

Só que tenho um segredinho, lady Olivia - sussurrou ele, aproximando-se dela tanto quanto os bons costumes permitiam. - Eu também não gosto da senhorita. 

Tudo bem para Harry, apesar da atração que ele sente por ela. A linha entre o amor e o ódio é bastante tênue, não é mesmo? Só que o Departamento de Guerra o convoca para investigar um príncipe russo que está passando um tempo na Inglaterra e, claro, cortejando Olivia. Outra parte bastante divertida, uma briga silenciosa para ver quem será o escolhido da bela. 

Para finalizar minha resenha, cito que o clímax da história acontecerá em um baile na Embaixada Russa, e que nossos personagens passarão por situações de perigo. 

A ausência do príncipe também já foi notada - prosseguiu Vladimir. - Os pais dela estão com medo de que os dois estejam juntos. 

É realmente uma bela história, que me fez cair novamente nas graças de Julia Quinn!

Ficha técnica:
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Ano: 2020
Páginas: 288

Semana que vem estarei aqui novamente para falar mais sobre o que amamos: livros! 

Nenhum comentário

Postar um comentário