Resenha: Anne de Green Gables

23 julho 2020
Tudo parecia confortável demais na vida dos irmãos Matthew e Marilla Cuthbert, proprietários da fazenda Green Gables, mas o coração de Matthew começou a dar sinais de que a idade havia chegado. Em razão disso, decidiram, após muita ponderação, adotar um menino de uns onze anos, para que pudesse ajudar Matthew nos afazeres diários e receber uma educação apropriada. No entanto, a mão da Providência já havia agido em suas vidas e, por um erro de comunicação, uma menina ruiva, sardenta e tagarela chamada Anne foi enviada no lugar do desejado menino. Tão logo chegou a Green Gables, Anne soube do engano, mas com sua imaginação fértil e conversa afiada já havia conquistado a afeição de Matthew. E assim começa a história de suas aventuras pelas fascinantes paisagens de Avonlea, com sua “amiga do peito”, Diana, e o desafio da competição intelectual com o inteligente Gilbert Blythe. À medida que Anne é aceita em Green Gables, ela conquista também a admiração de toda a cidade de Avonlea; e o encanto do seu rico mundo de sonhos vai conquistar você também.

Não sei se você sabe, mas eu sou revisora. Neste ano, tive a oportunidade, o prazer e o orgulho de revisar os dois últimos livros da série da Anne, nos quais ela já é casada e mãe de vários filhos. Por querer conhecer mais sobre a história, resolvi assistir os episódios da série na Netflix, e foi aí que me apaixonei pela ruivinha. 

A série foi cancelada, infelizmente, mas é claro que no livro é sempre muito melhor, então eu comentei com meu marido que tinha vontade de ler os volumes desde o início, para acompanhar a vida e amadurecimento dessa menina tão doce. Foi aí que ele me presentou com os primeiros cinco volumes, no meu aniversário.

Minha atual leitura é o quarto livro, Anne de Windy Poplars, então em breve você conhecerá minha opinião também sobre os outros volumes. Vamos falar da Anne de Green Gables?


Como você pôde ler na sinopse, Anne não foi escolhida por Marilla e Matthew. Porém, ela conquistou o coração dos irmãos e de toda Avonlea, com seu jeito tagarela e sonhador, além de suas histórias de sofrimento. Anne foi contratada para ajudar algumas famílias, principalmente para cuidar de seus filhos, e desde muito cedo conheceu as amarguras da vida. 

Não é esplêndido pensar em todas as coisas que existem para serem descobertas? Isso me faz sentir alegria em estar viva; é um mundo tão interessante! Não seria a metade interessante se soubéssemos tudo sobre todas as coisas, seria? Não haveria nenhum escopo para a imaginação então, haveria? Mas eu estou falando demais? As pessoas sempre estão dizendo que sim. O senhor preferiria que eu não falasse? Se disser que sim, eu irei parar. Eu posso parar quando decido fazê-lo, ainda que seja difícil. 

Porém, em Green Gables ela finalmente terá seu final feliz. Aliás, seu início feliz. Não será fácil, porque os irmãos Cuthbert não sabem ser amorosos, e ela não terá dias felizes na escola, local onde sofrerá bullying com Gilbert Blythe, o garoto mais inteligente da escola, e também do professor daquele ano. 

Contudo, com o passar dos anos, a nossa protagonista vai ganhando cada vez mais espaço, vai amadurecendo e se tornando uma jovem responsável, ajuizada e até mesmo menos sonhadora. O livro termina com Anne tendo a oportunidade de frequentar a universidade em uma cidade bastante longe de Avonlea, mas ela precisa decidir entre os estudos e ajudar alguém que ela ama muito. 

Oh, tenho dúzias de planos, Marilla! Estive pensando neles durante uma semana. Vou dar o meu melhor para a vida aqui, e creio que a vida me dará o melhor como recompensa. Quando saí da Queen's, o meu futuro parecia se estender à minha frente como uma estrada reta. Parecia que eu podia ver no horizonte muitos marcos na milha. De repente, apareceu uma curva. Eu não sei o que me aguarda nesta curva, mas vou acreditar que será o melhor. A tal curva tem uma fascinação própria, Marilla. 

Eu amei conhecer mais sobre a Anne, sobre seus amigos, suas histórias e seus sonhos. É tudo muito melhor do que na série, claro, mas tem apenas um porém no livro, que felizmente não teve nos episódios: uma morte de cortar o coração. 

Quanto mais leio sobre Anne, mais quero saber sobre ela. A linguagem de Maud ajuda muito, já que a leitura se torna fluida, além de que os capítulos são curtinhos. Recomendo para todas as idades! 

Você já leu esse livro? Assistiu à série? Vem conversar comigo sobre a Anne! 

Ficha técnica: 
Autor: Lucy Maud Montgomery
Editora: Pedrazul
Ano: 2020
Páginas: 236

Quinta que vem temos novamente um encontro marcado. Até lá! 

6 comentários

  1. Essa série é um amorzinho, também me apaixonei pela Anne . Ja li os cinco primeiros livros e assisti toda a série; apesar de ter curtido muito a série, prefiro a história dos livros, que é mais delicada e mais focada na vida pessoal da Anne. Amo a forma como ela enxerga a vida e toda sua alegria e energia de viver. É uma história leve e divertida, impossível não se emocionar e dar boas risadas com as tagarelices da Anne. Faz tempo que tenho os livros 6 e 7 na estante, mas tenho enrolado pra ler, pois sinto que vou ter que reler o livro 5 antes de me aventurar novamente no universo de Green Gables. É realmente uma linda história, torço para que a Netflix resolva produzir mais temporadas, pois seria ótimo ver o restante da jornada da Anne e do Gilbert retratada nas telinhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu penso que não vai continuar na Netflix, até porque parece que os figurinos e cenários até foram vendidos, mas sorte nossa que temos esses livros tão ricos de detalhes, que nos fazem sonhar junto com a Anne. Também prefiro os livros e mal posso esperar para ler Anne e a Casa dos Sonhos. Acho que será um dos melhores!

      Excluir
  2. Estou lendo o oito e sinceramente a série não diz nada parecido com os livros, vi, gostei mas os livros são sempre melhores. Muito apaixonada pela história dela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! O pessoal cobrando continuação da série, mas se lessem os livros seria muito melhor!

      Excluir
    2. Sabe me dizer se no livro conta a vida dela na faculdade? Eu assistir a serie de cara, sem pesquisar que tinha livros, agora quero saber se o livro termina do mesmo modo que a historia termina na netflix.

      Excluir
  3. A graça de ler os livros é que continua muito depois que a série termina! Não sei se você sabe, mas são oito livros ao todo, então conta a história da série e muito mais. Você conhecerá a trajetória de Anne em seus estudos, seu casamento, o nascimento dos filhos...é fantástico!

    ResponderExcluir