Resenha: Uma surpresa na primavera

02 julho 2020
Perder o controle nunca foi tão bom... O aguardado terceiro volume da série As irmãs Shakespeare. 
Lucy Shakespeare é uma advogada de sucesso e, além de ser a mais velha das quatro irmãs, está acostumada a controlar tudo e todos ao seu redor, principalmente a si mesma, isto é, até conhecer o lindo Lachlan MacLeish. Lachlan contratou Lucy porque ele precisava da melhor advogada para defender sua herança, a propriedade de Glencarraig, que está subitamente em risco graças ao meio-irmão desonesto. Glencarraig é o único lugar onde as lembranças da família de Lachlan são felizes, e ele não vai desistir disso tão facilmente. No meio de todo esse problema, a última coisa que ele quer é uma distração, mas, assim que vê Lucy, percebe que está em apuros. Apesar do esforço de ambos, não demora muito para que Lucy deseje quebrar todas as suas minuciosas regras. E, enquanto viajam da Escócia para Paris e Nova York, ela não pode deixar de se perguntar: Será que, às vezes, vale a pena arriscar tudo? Uma Surpresa Na Primavera é o penúltimo livro da deliciosa série As Irmãs Shakespeare. Quatro irmãs, quatro histórias... quatro maneiras de encontrar o amor verdadeiro.

Essa série me conquistou por conta das capas. São lindas, e suas histórias também aparentam ser. Eu gostei de Um Verão na Itália e de Um Amor de Inverno, então logo depois resolvi ler o terceiro volume de Irmãs Shakespeare, este livro que resenho hoje: Uma Surpresa na Primavera.


Acontece que a resenha de hoje será bem diferente, algo inédito em minhas publicações: um desabafo. Nada contra o livro, porque pretendo tentar novamente em outra oportunidade, mas eu o abandonei porque não estava em um momento legal.

Não sei você, mas estou com bastante dificuldade de concentração nas leituras ultimamente. Hoje estou trabalhando praticamente do mesmo modo que antes, mas achei que a pandemia me daria mais tempo para ler. 

Tempo eu tive, problema é que as leituras não costumam mais me prender tanto. E percebi que mais pessoas estão passando pelo mesmo problema, algumas somente relendo livros bons, então após postergar bastante eu resolvi falar sobre esse livro aqui.

Como citei, desde meados de março, quando começaram os decretos de isolamento social aqui em Santa Catarina, tive mais tempo para ler, porém menos concentração e vontade. Fui levando com a barriga, até que final de abril eu voltei a trabalhar em tempo parcial, apenas alguns dias por semana, quatro horas por dia, e tudo desandou. 

Perdi o sono de madrugada e pensei: vou ler Uma Surpresa na Primavera, livro que estava lendo e gostando um pouco, mas menos do que os outros. Só que não rolou mesmo, e achei melhor partir para outra leitura.

O que eu quero com essa resenha? Mostrar que se você está passando por isso, como vários colegas meus e eu, você não está sozinho. A pandemia mudou a nossa rotina drasticamente, nossos hábitos não são mais os mesmos e tudo está diferente. As leituras também sofreram alterações! 

Portanto, em vez de se preocupar com a leitura, não force. Faça o que tiver vontade, o que te dá prazer naquele momento. Eu não li nem trinta livros até agora, sendo que normalmente neste período já li uns cinquenta ou mais, e isso tem me incomodado. Mas procuro ler livros leves e divertidos, e é isso que recomendo a você.

E se não conseguir ler nem reler nada, depois você faz isso! Aproveite a sua vida ao lado das pessoas que você ama, viva sem culpas ou obrigações. A vida é curta demais para isso!

Semana que vem eu volto com resenha tradicional, ok? E desculpe o desabafo, mas acho que pode ajudar algumas pessoas. Vai ficar tudo bem! 

Sem avaliação, porque abandonei. Mas pretendo voltar a ler e, se der certo, sai resenha padrão. 

Ficha técnica: 
Autor: Carrie Elks
Editora: Verus
Ano: 2019
Páginas: 308

2 comentários

  1. Eu particularmente amei essa série e esse livro 3 é justamente meu favorito, pois adorei a história dos protagonistas. Mas concordo com você, temos que respeitar nosso momento e ler aquilo que nos traz sentimentos bons, especialmente nesses dias turbulentos. Sobre abandonar livros, eu tenho feito muito isso ultimamente, pois ando sem disposição para histórias que não me prendem desde o começo. Não digo que jamais voltarei a ler esses livros, mas vou esperar sentir que é o momento certo para eles. E se nunca acontecer, bola pra frente, tem mil histórias esperando a vez de nos encantar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, falou tudo! Eu ainda não tenho muita vontade de voltar a esse livro, mas é o favorito de várias pessoas. Também aconteceu de você abandonar favoritos meus, hahahaha, e a vida é assim. Tem muita coisa boa pra ler, esperando a sua vez.

      Excluir