Um Beijo de Inverno na Livraria dos Corações Solitários

20 agosto 2020

Um Beijo de Inverno Na Livraria dos Corações Solitários é o livro final da série A Livraria dos Corações Solitários, sobre a vida dos funcionários da livraria, um “alegre bando de desajustados”, que por uma razão ou outra desistiram do amor e, ainda assim, o encontram quando menos esperam. O Natal é a ocasião perfeita para espalhar amor e alegria... Porém, na livraria Felizes para Sempre, um improvável casal luta para encontrar o espírito natalino. Mattie, uma confeiteira brilhante, detesta a comemoração desde que teve o coração partido na véspera de um Natal. A única coisa que ela odeia mais que essa data é o insuportável Tom, que a irrita desde que ela começou a administrar o salão de chá ao lado da livraria. Mas, após uma coincidência, os dois passam a conhecer detalhes da vida um do outro que sequer imaginavam, o que faz com que alguns pontos de vista se alterem. Assim, quando Mattie e Tom são deixados no comando nos frenéticos dias antes do Natal, mesmo estando no inverno, as coisas certamente vão esquentar. Será que uma livraria cheia de romances, com uma rena em tamanho real e uma barraca de beijos, pode convencer dois ranzinzas a se apaixonar pelo Natal... e, quem sabe, um pelo outro?

Pois é, chegamos ao final de uma série maravilhosa, com capas lindíssimas, que já deixou saudades. Eu queria muito o livro do Tom, achava que ele também merecia seu final feliz, e agora que li seu livro eu fiquei querendo mais. Sempre quero mais quando a série é boa, e acho que daria para a autora fazer mais livros desse universo, apesar de que terminou bem terminadinho. E aqueceu o coração!

Quem diria que Mattie e Tom combinavam? Então, nem eles achavam isso, já que os dois se odiavam. A moça aluga o salão de chá anexo à livraria, então eles se veem todos os dias, já que Tom trabalha há cinco anos nesse comércio de livros. Só que se odeiam, como eu disse, então não conseguem ficar juntos nem por alguns minutos sem brigar.

Eu adoraria falar mais sobre essa parte, mas a sinopse não falou, então não serei eu quem vai falar. Como foi citado, uma coincidência faz com que alguns pontos de vista se alterem. Eu prefiro chamar de mistura de oportunidade, teimosia, egoísmo e falta de gentileza, mas algo acontece e os dois têm uma chance de se conhecerem melhor.

Caberia uma cama de solteiro aí - ela decidiu, o que não era nenhum problema, porque ela não compartilhava uma cama com ninguém desde... Enfim, não tinha nenhum plano de compartilhar sua cama com ninguém. Nunca. - E uma arara de roupas. Talvez até uma prateleira na parede. 
Aí você pode dizer: ah, então eles vão se apaixonar rapidinho! Aqui vai um spoiler, mas eu preciso falar porque me incomodou. Então, se você não quiser ler, passe para a parte abaixo do vermelho, depois da citação, ok? 

Quanto mais Mattie e Tom se conhecem, mais eles se odeiam! Os títulos são nomeados em contagem regressiva para o Natal, e a data se aproxima sem que o casal seja sequer bons amigos. Aliás, em algumas vezes parece que isso vai acontecer, mas logo eles voltam a não se suportar. Eles adoram se provocar, e as discussões chegam a envolver até mesmo os outros funcionários da livraria e do salão de chá.

Chega a irritar um pouquinho essa inimizade, que só terá fim aos 45 minutos do segundo tempo. Eu até pensei que eles não iam ficar juntos, porque não ia ter páginas suficientes para o casal se acertar, mas Anne Darling realmente é muito boa e ela deu um jeitinho maravilhoso para o final feliz de Mattie e Tom.

Eles rodeavam um ao outro agora, como dois animais selvagens tentando encontrar uma fraqueza no oponente para atacar. A multidão da véspera de Natal, seus colegas, tudo havia evaporado. Mattie só conseguia enxergar Tom e a cara insuportável e arrogante dele. 
Já estou terminando, porque eu costumo falar demais. Só preciso dizer que, além de delícias de um salão de chá, de uma livraria e da preparação para o Natal, teremos várias confusões, além de temas delicados. Afinal, não é por acaso que Mattie odeia o Natal. Eu gosto muito quando abordam esse tema. 

Último parágrafo, prometo! Uma recomendação: antes de começar a leitura, prepare um café com leite bem quentinho e tenha um salgado assado para comer, especialmente se for de massa folhada. Você vai precisar, desesperadamente, de um rolinho de carne de porco! 

Ficha técnica:
Autor: Anne Darling
Editora: Verus
Ano: 2020
Páginas: 350
Skoob: Um Beijo de Inverno na Livraria dos Corações Solitários

Ainda não sei o que vou resenhar na semana que vem, mas temos um encontro marcado às quintas-feiras! 

Nenhum comentário

Postar um comentário