Resenha: Amor Nas Entrelinhas

17 dezembro 2020

Prestes a ficar desempregada, Laura Horsley acha que o convite para ajudar na organização de um festival literário veio bem a calhar. Mas quando recebe a missão de convencer o famoso escritor Dermot Flynn a comparecer ao evento, ela é dominada pelo pânico. Dermot é temperamental, nunca sai de casa e enfrenta um bloqueio criativo. É também o escritor favorito de Laura, além de extremamente atraente e dono de uma longa lista de conquistas amorosas. Por isso, não é de surpreender quando ele diz que só vai participar do festival se ela concordar com uma única condição, que pode colocar em risco não só o sucesso do evento, mas também o coração de Laura.

Conheci a escrita de Katie Fforde em Uma Pitada de Amor, livro seu no gênero chick-lit e que fala sobre culinária. Foi uma experiência bastante boa, então fiquei com vontade de ler outros livros dela. Foi assim que li Amor Nas Entrelinhas.

Confesso a você que gostei bem mais do livro anterior, mas ambos me proporcionaram uma ótima experiência de leitura. Afinal, a escrita de Katie é bastante envolvente, e ela aborda temas que eu adoro! Dessa vez, como não gostar de um romance que fala sobre livros?


Laura é aquela típica leitora que adora ficar no seu cantinho em casa, lendo um livro, preferindo esse programa a muitos outros. Ela é bastante quieta, calada e tradicional, porém, quando a livraria em que ela trabalha faz um evento, Laura conhece alguém que irá mudar sua vida: uma agente literária. 

Apesar de todas as forças contrárias, a pacata vendedora de livros se mostra uma pessoa simpática e falante, chamando a atenção da extravagante agente de autores, que se veste de forma extravagante e tem muitos contatos.

Não havia um gênero ou autor literário que Eleonora questionasse e Laura não mostrasse algum conhecimento. Ainda no estado do espírito temerário motivado pela perda do emprego e encontrando em Eleonora alguém que gostava tanto de livros quanto ela, Laura se permitiu falar sinceramente, sem qualquer repressão. 

E é aqui que temos o pulo do gato: a livraria em que Laura trabalha está prestes a fechar, e ela recebe uma proposta para preencher seus dias seguintes: auxiliar em um festival literário. Ela hesita bastante, mas acaba topando. Afinal, sempre se pode fazer contatos, e ela não tem muito a perder. Aliás, nada a perder.

Mas a sua ajuda no festival acaba se tornando crucial, porque um patrocinador somente aceitará investir no projeto se o autor Dermot Flynn comparecer. Detalhe: ele é um cara totalmente recluso, que não publica nada há anos e não faz aparições há muito tempo. E mais: mora em outro país, apesar de ser possível chegar lá de carro.

Como eu disse, minha condição é a presença dele aqui - insistiu Jacob Stone, num tom de quem não aceitaria argumentos. - E sem querer ser cruel, se ele não vier, vocês terão que procurar outro patrocinador. 

É aí que Laura parte, juntamente a uma cantora responsável pela parte musical, para a Irlanda, com o objetivo de tentar arrastar Dermot para o festival. Só que ela não imaginava a proposta que ele fez como condição para sua participação. Foi algo ousado, mas nada páreo para a nova Laura!

Embarque nessa aventura literária e prepare-se para um excelente desfecho, o que mais valeu a pena nesse livro. Eu adorei a forma como tudo terminou! 

Ficha técnica:
Autor: Katie Fforde
Editora: Record
Ano: 2014
Páginas: 400
Skoob: Amor Nas Entrelinhas

Esta foi a última resenha. Semana que vem teremos os melhores livros do ano. Não perca! 

Nenhum comentário

Postar um comentário